• Android 4.2: Detecção de Apenas 15% das Ocorrências de Malware na Plataforma

    Uma das grandes melhorias implementadas no Android 4.2, foi um serviço de verificação que testou aplicativos que estão sendo instalados em um serviço do Google na nuvem. A intenção é saber se a aplicação contém malware ou não. Se os resultados da pesquisa feita pelo especialista Xuxian Jiang estiverem corretos, o Google terá que fazer um trabalho muito mais aprofundado sobre o recurso para torná-lo realmente útil, já que apenas 15 por cento das amostras de malware conhecidas testadas no serviço foram detectadas.


    Detecção de malware em dispositivos Android "Jelly Bean" é baixa, embora as ocorrências da praga na plataforma móvel do Google sejam cada vez maiores


    Jiang, professor associado da NC State University, testou 10 tablets Nexus rodando o Android 4.2 e, utilizando instalações semi-automatizadas, carregou 1260 amostras de malware a partir do Android Malware Genome Project, que foi desenvolvido para os dispositivos. Das 1.260 amostras avaliadas, apenas 193 foram detectadas como malware. O pesquisador também realizou um teste de comparação de verificação do Google, contra uma gama de 10 diferentes aplicativos anti-vírus através VirusTotal, levando em consideração amostras de malware selecionadas aleatoriamente em cada família de malware.


    Saiba Mais:

    [1] Heise On-line http://www.h-online.com/open/news/it...r-1765724.html

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L