• Europa Lança European Cybercrime Centre

    O novo Centro Europeu de Cibercrime (EC3) com base na Europol que tem sua sede em Haia, será lançada oficialmente nesta sexta-feira, 11 de janeiro, e será o ponto focal na luta da União Europeia contra a cibercriminalidade, preconizando a proteção dos cidadãos e empresas contra as ameaças do cibercrime. De acordo com um estudo recente feito pelo Eurobarometer, os usuários de Internet continuam preocupados com a segurança cibernética. 89% deles evita a divulgação de informações pessoais online e 74% deles concordam que o risco de se tornar uma vítima do cibercrime aumentou no ano passado.


    Na verdade, cerca de um milhão de pessoas no mundo são vítimas de algum tipo de cibercrime a cada dia. Alguns estimam que as vítimas perdem cerca de 290.000.000.000 de euros a cada ano em todo o mundo, como resultado das atividades de cibercriminosos. "Os cidadãos e empresas da UE exigem um ciberespaço aberto, livre e transparente, de modo que precisamos proteger o mundo on-line, tal como fazemos no mundo off-line.

    Dessa forma, a EC3 será uma ferramenta importante para a UE e os seus Estados-Membros, com a intenção de ajudar a coordenar e apoiar os esforços que mantêm relacionados ao combate das ações dos criminosos", diz Troels Oerting, Chefe do EC3.

    As investigações sobre fraudes online, abuso infantil online e outros cibercrimes regularmente envolvem centenas de vítimas e suspeitos em diferentes partes do mundo. Porém, as operações desta magnitude não podem ser concluídas com sucesso pelas forças policiais nacionais por si só, pois elas precisam de reforços e uma extensa rede de colaboração.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/secworld.php?id=14217

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L