• Linguagem de Programação R 3.0 com Suporte para Vetores Longos

    A versão 3.0 da linguagem de programação R, o ambiente de software projetado especificamente para criação de gráficos e cálculo estatístico, acaba de ser lançada. Com o codinome Masked Marvel a versão 3.0 é o primeiro grande lançamento em 8 anos e meio. Nesse meio tempo apenas pequenas versões foram lançadas dessa ferramenta de software livre, como o suporte para codificação UTF-8, suporte para versão 64-bit Windows, compilação de byte-code, processamento paralelo e funções de load balancing.

    A principal novidade para essa nova versão é o suporte para valores inteiros 64-bit para todas as plataformas R. Isso significa em particular a introdução de vetores longos com mais de 231-1 (2 elevado a 31 menos 1) elementos em sistemas 64-bit. Vale destacar que até pouco tempo em sistemas 64-bit essas funcionalidades precisavam de soluções alternativas (workaround) desenvolvidas em sua grande maioria como parte do programa Google Summer of Code.


    Dentre outras mudanças destacamos a nova funcionalidade provida pelo pacote que permite o cálculo paralelo em sistemas com mais de uma CPU. Isso permite ao R trabalhar com recursos como affinity mask e indexação de Matriz, através de índices numéricos de duas colunas que funcionam tanto para substituição quanto para extração. Se você desejar saber mais sobre as novidades da versão 3.0 do R, o anúncio de lançamento lista mais de 200 itens, separados por categorias como mudanças fundamentais, novas funcionalidades, melhorias de performance e correção de bugs.

    Sobre o R

    O R é uma ferramenta de código aberto largamente utilizada por estatísticos e analistas de dados, por ser poderosa e fácil de aprender mesmo por não-programadores. O R inclui uma faixa de mecanismos para organização de dados, geração de cálculos e para o preparo de apresentações visuais de coleções de dados. Também existem cerca de 5000 pacotes de terceiros para a extensão de suas funcionalidades, voltados para as mais específicas das funcionalidades.

    A linguagem, que foi desenvolvida sobre a égide do projeto GNU e licenciada sob a GPL (General Public Licence), surgiu no início dos anos 90 como um desdobramento da linguagem s criada pela Bell Laboratories. Assim sendo, muitos programas escritos em S também pode ser executados no R. A linguagem tem ganhado elogios significativos em tempos recentes, como resultado de empresas como a SAP e a Oracle, no suporte de produtos como o HANA, a própria base de dados Oracle e o TimesTen. O R também é utilizado pelo Google para análise de dados.


    Saiba Mais:

    Heise Online: Programming language R 3.0 gets long vectors (em Inglês)

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L