• Criador do Java, James Gosling Deixa Oracle

    James Gosling, considerado o Pai da linguagem de programação Java, acaba de deixar a Oracle, empresa que adquiriu a Sun Microsystems, onde Gosling trabalhou por anos. Ele pediu demissão da Oracle apenas alguns meses após a aquisição de Sun. Para alguns, uma surpresa, para outros, um ato inevitável. Em um post de Blog realizado nesta sexta-feira dia 9 de abril de 2010, Gosling escreveu que havia pedido demissão da Oracle no dia 2 deste mês e concluiu: "O motivo de eu ter saído, é difícil de responder: quase tudo o que eu precisaria dizer, que seria acurado e honesto, faria mais mal do que bem".


    Gosling, atualmente com 54 anos, é um cientista de computação popular e respeitado. E para muitos, ele é um ícone de liberdade nos primeiros dias do Silicon Valley. Barbudo e cabeludo, Gosling sempre preferiu t-shirts e jeans, e sempre se divertiu nas conferências anuais da Sun, a Java One. Pelo menos ele ficava na abertura tradicional do evento ajudando a distribuir camisas como brindes para a multidão.

    "O motivo de eu ter saído, é difícil de responder: quase tudo o que eu precisaria dizer, que seria acurado e honesto, faria mais mal do que bem."
    No ano passado, quando a Sun estava em negociação para ser adquirida pela IBM, Gosling falou a Jason Stamper de que poderia haver algumas coisas interessantes sobre como a IBM tentaria integrar a cultura livre da Sun a sua própria. "Nós somos definitivamente mais estranhos do que eles", chegou a afirmar.

    Após a infrutífera tentativa de aquisição por parte da IBM, a Oracle entrou nas negociações. Muitos se perguntaram se poderia haver um choque cultural, quando os mais velhos da Sun se vissem trabalhando para uma empresa como a Oracle. Gosling não disse muito sobre o assunto. Ao invés disso ele escreveu: "A parte mais difícil é deixar de estar junto a pessoas maravilhosas com quem tive privilégio de trabalhar por todos esses anos. Eu não sei o que vou fazer a seguir, que não seja tirar um temp para descansar, e depois recomeçar a caçada a um emprego".

    Para quem não sabe, Gosling ajudou na criação da linguagem de programação Java, enquanto trabalhava para a Sun, no início da década de 1990. Em 1991, ele juntou um pequeno grupo de engenheiros em um projeto, que chamou de Oak, para construir uma linguagem de programação orientada a objeto que pudesse ser executada em uma máquina virtual, o que permitiria que os programas pudessem executar em múltiplas plataformas. Esse trabalho evoluiu até o java que conhecemos hoje, que decolou junto com o constante crescimento da própria Internet, graças em parte, a inclusão do navegador Netscape.

    "A parte mais difícil é deixar de estar junto a pessoas maravilhosas com quem tive privilégio de trabalhar por todos esses anos. Eu não sei o que vou fazer a seguir, que não seja tirar um temp para descansar, e depois recomeçar a caçada a um emprego."
    A Oracle anunciou a compra da Sun Microsystems em abril de 2009, a exatos 1 ano, pelo valor de US$ 7,4 bilhões. Porém, a aquisição foi constantemente atrasada, aguardando por aprovação reguladora. A oracle afirmou que a aquisição estava finalmente completa ao final de janeiro de 2010. Em meses recentes, outras figuras ilustres da Sun já haviam anunciado seus desligamentos da empresa, como o Co-Fundador e por muito tempo CEO da Sun, Scott McNealy, se despediu da empresa com um memorando em janeiro de 2010, e Jonathan Schwartz, que ocupou o cargo de CEO desde 2006, anunciou sua partida via Twitter em fevereiro deste ano. Tim Bray, co-inventor do XML também se desligou da empresa no mesmo mês que Schwartz.

    A menos de um mês atrás, Gosling havia sublinhado a importância do Java para a Oracle. Ele chegou a afirmar que "A Oracle tem estado extremamente empenhada em manter o java e todo o seu ecossistema, tão forte e tão saudável quanto o mesmo pode ser". Essa afirmação foi proferida em uma palestra em um simpósio sobre java em Las Vegas. porém, em muito poco tempo depois, Gosling expressava desânimo sobre a politização crescente do Java Community Process. O próprio Bray enviou um Twitter sobre o assunto, dizendo o quanto ele estava "estupefato pelo fato de Gosling ter demorado tanto tempo".


    Links de Interesse:

    - Java guru Gosling leaves Oracle
    - Java co-creator James Gosling leaves Oracle
    - Java founder James Gosling leaves Oracle

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L