• FBI não Pode Invadir Computador de Suspeito de Crime

    Um juiz do Tribunal dos EUA para o Tribunal Distrital Sul do Texas, negou um pedido feito pelo FBI para instalação de software de espionagem e utilização de câmera embutida no computador de um suspeito não identificado, a fim de descobrir sua identidade e reunir provas de um cibercrime que ele teria cometido. De acordo com informações divulgadas, o suspeito tentou roubar dinheiro da conta bancária on-line de um residente no Texas, e o FBI descobriu o seu endereço IP. Porém, foi descoberta a identidade mas não a localização física do atacante.


    O Magistrado dos EUA, Stephen Smith, rejeitou o pedido do FBI em várias instâncias. Por um lado, o endereço IP poderia ter sido falsificado (o que é muito provável), para que o FBI acabasse espionando um usuário inocente. O mesmo resultado indesejado poderia acontecer se um computador estivesse em uso por várias pessoas, especialmente acessível ao público em geral ou se fosse um computador de trabalho.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/secworld.php?id=14830

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L