• Disponível PyPy 2.0

    Os desenvolvedores do PyPy lançaram uma versão alpha do PyPy 2.0, criada para processadores ARM. Parte do trabalho foi patrocinada pela Raspberry Pi Foundation, por isso não é surpreendente encontrar o Raspberry Pi listado como uma das plataformas suportadas. O alfa também deverá rodar em ARMv6 ou ARMv7 com suporte a VFPv3 e compilações estão disponíveis para alguns sistemas hard-float e soft-float, o que significa que a BeagleBoard, Chromebook e Cubieboard (entre outros), devem trabalhar com o interpreter.



    Este é apenas o início do desenvolvimento, o que significa que seja inadequado o uso em ambientes de produção. Além disso, os desenvolvedores também alertam que o código assembler produzido pode não mostrar precisão o tempo inteiro, mas eles estão relativamente confiantes em progressos futuros, uma vez que exista a necessidade de executar uma enorme quantidade de benchmarks em todo a sua extensão.


    Rapidez do PyPy em ARM

    Esse último benchmark mostrou PyPy em ARM (Cortex A9 com 4MB de cache), funcionando 46 vezes mais rápido do que CPython em ARM, embora alguns benchmarks tenham sido aproximados em velocidade. A análise comparativa mostrou que um grande interpreter (como CPython), estava sujeito a lentidão maior do que um compilador JIT (como PyPy), em chips ARM. Os desenvolvedores foram surpreendidos com isso, porque a "generation assembler ARM" não é tão polida quanto a "assembler x86" - a busca para a verdadeira razão para essas diferenças ainda está em curso.


    Saiba Mais:

    [1] Heise On-line http://www.h-online.com/open/news/it...t-1859871.html

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L