• Comércio Paralelo do iPad

    Para quem achava que espertinhos só residiam no Brasil, ledo engano. Eles estão espalhados por todo o mundo. Afinal... somos todos seres humanos... Pois bem, os oportunistas estão a solta. Também conhecidos como "revendedores", estão criando um verdadeiro comércio paralelo de iPad, em todo o mundo, se aproveitando principalmente da ansiedade das pessoas, e do comunicado da própria Apple de que iria atrasar a comercialização do produto no exterior devido a necessidade de manter abastecido o comércio interno norte-americano.

    Os oportunistas sempre agem da mesma forma: escolhem os produtos mais "quentes" e os vendem a preços exorbitantes via Web. Recentemente eles tiveram a chance de ter um alvo tentador e lucrativo, o iPad. O mesmo já foi encontrado a venda em sites como eBay e Craigslist por preços muito superiores aos US$ 500,00 a que está sendo comercializado nas principais lojas dos Estados Unidos. Como sabemos, as vendas do iPad começaram pelos Estados Unidos, e somente depois de estabelecida as vendas no mercado interno é que a Apple iniciaria suas vendas para o público internacional.


    E eles poderão aumentar ainda mais os preços do iPad. Tudo graças ao recente anúncio da Apple que, devido a espectativa de venda no mercado interno ter superado todas as espectativas da empresa, eles teriam de adiar o inicio das vendas para o público internacional por pelo menos 1 mês. Isso significa que o iPad só estará no mercado exterior, pelo menos para o final do mês de maio. Até lá, os interessados em adquirir um iPad e não querem aguardar seu lançamento internacional, terão algumas opções de adquirir o produto, mas o preço será bastante salgado.

    E o que não falta é gente interessada. Todd Davis, proprietário do ToddsToyz.com diz que "A demanda deste produto é enorme, eu estou comprando tantos quanto eu posso". Para quem não sabe a ToddsToyz.com é uma loja Web presente no mercado de varejo com sede em boston, que se especializou na venda de eletrônicos de consumo em todo o planeta. A empresa acrescenta de 100 a 150 dólares o preço original do iPad, á venda em seu site. Mas esse acréscimo de preço nem se compara a alguns revendedores no eBay, que estão pedindo quantias de US$ 1.200,00 ou mais para cada modelo topo de linha que a própria Apple vende a US$699,00.

    E mesmo para os interessados nesse lucrativo mercado de revenda, não está sendo fácil encontrar os produtos nas lojas do próprio país. Davis afirma que conseguiu colocar suas mãos em apenas cinco unidades antes que o produto fosse dado como esgotado. E ele ainda planeja circular por toda Boston para tentar angariar mais algumas unidades em lojas da própria Apple, ou na best Buy Co.

    Um revendedor online britânico, o PurelyGadgets.co.uk, está vendendo o pequeno possante entre £590 (US$ 914,00) e £790 (US$ 1.223), um lucro muito acima do normal, para um produto que custa nas lojas, entre US$ 499,00 e US$ 699,00.

    Quanto ao mercado exterior, a Apple ainda nem anunciou os preços de venda para outros países. Entretanto, as forças de mercado irão determinar o quanto os consumidores pagam pelo produto. Steve Baker, um analista de mercado da NPD afirma que "O mercado paralelo é a forma mais pura de oferta e demanda. Se você definir a oferta e a procura não reduzir, então os preços vão subir".


    Notícias Relacionadas:

    - iPad Atrasado no Mercado Global
    - Google Android Tablet
    - Novos MacBook Pro à Venda


    Links de Interesse:

    - Psst, hey, want an iPad? Apple fans hit gray market
    Comentários 2 Comentários
    1. Avatar de paulocwb2003
      paulocwb2003 -
      Por mim, os americanos podem ficar com todos os iPads. Não tenho o menor desejo de ter um...
    1. Avatar de osmano807
      osmano807 -
      Citação Postado originalmente por paulocwb2003 Ver Post
      Por mim, os americanos podem ficar com todos os iPads. Não tenho o menor desejo de ter um...
      Isso é muito pessoal... Eu adoraria ter um, mas esperaria que chegasse no PY... Digo, Brasil, com um preço mais em conta
    + Enviar Comentário


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L