• Setor de Energia: Ataques Cibernéticos em Ascensão

    Alert Logic examinou o aumento dos ataques cibernéticos, tendo como alvo o setor de energia; a indústria achava-se particularmente em risco devido a informações altamente confidenciais e de propriedade que possuem, bem como a prevalência de práticas de BYOD e elementos afins. "O setor de energia é uma grande parte da economia global e, portanto, apresenta grandes riscos de segurança high-stakes em comparação com outros setores", disse Stephen Coty, diretor de pesquisa de segurança da Alert Logic.


    "Sobrevivência diária da população e as empresas dependem da disponibilidade de recursos energéticos, fazendo com que as empresas de energia seja um potencial alvo para crackers. Este boletim de segurança faz uma referência às ameaças específicas para empresas de energia e fornece recomendações para que sejam feitos ajustes necessários nos já existentes mecanismos de defesa de segurança da informação", acrescentou Coty.

    O setor de energia apresenta um risco elevado de sofrer ataques de força bruta e malware / botnet:

    67 por cento das empresas de energia sofreu ataques de força bruta, contra 34% de todo o conjunto de clientes. Os atacantes procuram pontos oportunistas de vulnerabilidade em redes de habitação além de informações comerciais confidenciais. Quebras de dados geofísicos, em particular, têm a intenção de danificar ou destruir os dados utilizados na exploração de recursos energéticos. Além disso, os ataques de força bruta também são usados ​​para roubar a propriedade intelectual de uma empresa com a finalidade de espionagem industrial.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/secworld.php?id=15816

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L