• Financeiro: Mozilla Depende 90 Por Cento do Google

    No dia 21 de Novembro de 2013, quinta-feira, a Fundação Mozilla liberou seu relatório financeiro anual referente ao ano de 2012. Enquanto a receita da empresa tem se mostrado substancialmente significativa, a dependência da organização ao Google continua a crescer. EM 2011, 85 por cento da receita da Mozilla vinha da Gigante da internet. Em 2012 esse valor cresceu para 90 por cento.


    Vale ressaltar que o contrato prévio da Mozilla com o Google expirou em Novembro de 2011, mas foi renovado até Novembro de 2014. A cada vez que o contrato está disponível para renovação, os defensores da organização se preocupam se o Google vai dar às costas para a Mozilla, o que consequentemente não iria conseguir cumprir com suas metas financeiras. Como mostra a tabela abaixo, a receita total da Fundação Mozilla e suas subsidiárias, no ano de 2011, renderam um total de US$ 163 milhões. Se você incluir todos os seis dígitos fornecidos, isso significa um valor de 90,2 por cento dos US$ 311 milhões para 2012.


    Receita da Mozilla para o ano fiscal de 2012.

    Utilizando matemática simples, nós podemos ver que o contrato da Mozilla com o Google rendeu praticamente um total de US$ 139 milhões em 2011. Neste último ano (o ano fiscal de 2013 para as empresas já terminou), esse número foi de praticamente US$ 280 milhões. Isso significa mais que o dobro do respectivo valor para o ano de 2012. Enquanto a Mozilla tem assinado contratos com outros motores de busca - incluindo o Microsoft Bing - os usuários do Firefox claramente preferem utilizar o Google nas suas buscas-padrão.

    A boa notícia para a Mozilla é que suas despesas não cresceram comparativamente a sua receita. Em 2011, seus gastos circulavam em torno de US$ 145 milhões, e em 2012 esse valor cresceu 43,4 por cento, para US$ 208 milhões. Como uma tradição realizada todos os anos, o Diretor Mitchell Baker da Mozilla se pronuncia sobre o estado da companhia. Para o ano de 2013 não foi diferente. Segue abaixo parte de seu discurso:

    Nós somos uma comunidade global com um propósito único: o de construir a Internet que o mundo precisa.

    Nós fazemos isso através da criação de produtos, capacitação da comunidade, do ensino e aprendizado, e da modelagem de ambientes. Nós fazemos nosso melhor quando essas coisas se entrelaçam em um único caminho. Ninguém mais possui tanto a viso quanto a oportunidade de tornar isso real.

    Nós podemos tornar a internet cognoscível, interoperável, sua. Nós podemos ser campeões da Web onde as pessoas sabem mais, fazem mais, e fazem melhor. Isso omos nós. Isso é a Mozilla.
    Se desejar assistir todo o discurso, veja o vídeo abaixo:



    Tudo isso proferido em pleno discurso pode até ser verdade, mas somente enquanto o Google estiver financiando (literalmente). Caso algo de ruim aconteça com essa relação entre as duas companhias, é bom que a Mozilla tenha um plano B na manga. A todo mês de Novembro a Mozilla libera seu relatório financeiro do ano anterior. Você pode ler o relatório na íntegra aqui (em formato PDF).


    Fonte:

    - The Next Web: Mozilla’s reliance on Google is increasing: 90% of 2012 revenue came from that one source (em Inglês)

    Sobre o Autor: saryshagan


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L