• Exploração de Vulnerabilidades em Media Players para Propagação de Malware

    Uma pesquisa realizada pelos profissionais de segurança da Trusteer, mostrou que os players multimedia vulneráveis ​​são, constantemente, alvos de investidas maliciosos. Uma vez que na maioria dos ambientes existem players de mídia nos desktops dos usuários para seu uso pessoal, a área de TI e administradores de segurança ignoram esses aplicativos, assim como os arquivos de conteúdo que eles usam. Afinal, você quer manter seus funcionários produtivos e felizes, e permitir-lhes ouvir a sua música, enquanto trabalham.


    No entanto, devido a esses aplicativos não serem controlados e os usuários não estarem tão empenhados para corrigir esses aplicativos, a maioria das instalações são vulneráveis ​​a ataques. O Media Player é um programa de software projetado para reproduzir conteúdo multimídia, uma vez que flui a partir de um site ou do armazenamento local, ou mesmo a partir de outros recursos.

    Alguns funcionários usam os media players que chega com o sistema operacional - como o Windows Media Player, enquanto outros preferem baixar um player de mídia diferente e instalá-lo no seu ambiente de trabalho. Mas em qualquer que seja o sistema operacional, há a probabilidade de haver essas vulnerabilidades, que podem ser exploradas para propagar malware e infectar a máquina do usuário. De acordo com o Banco de Dados Nacional de Vulnerabilidades (NVD), mais de 1.200 vulnerabilidades foram descobertas em media players desde 2000. A maioria dessas vulnerabilidades, foram descobertas em players populares como a Apple Quicktime, iTunes, RealPlayer e Adobe Shockwave.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/malware_news.php?id=2732

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L