• Um Terço dos Ataques de Phishing tem como Alvo Instituições Financeiras

    Um novo estudo feito pela Kaspersky Lab descobriu que cerca de um terço (31,45 por cento) dos ataques de phishing são direcionados a instituições financeiras on-line, incluindo, bancos, lojas online e sistemas de pagamento eletrônico. Desses ataques de phishing, 70,6 por cento usaram páginas bancárias falsas para adquirir informações confidenciais do usuário e roubar dinheiro de contas bancárias, mostrando a forte tendência de criminosos cibernéticos para explorar serviços financeiros online. O phishing, como é de conhecimento geral, é um esquema fraudulento utilizado por cybercriminosos para obter dados confidenciais do consumidor, com a ajuda de páginas falsas que imitam recursos da Internet.


    Os sites de phishing destinados a roubar dados financeiros pessoais dos consumidores, utilizam principalmente as marcas de serviços bancários populares. Em 2013, os ataques de phishing mais populares usaram ​​sites bancários falsos, que foram envolvidos no dobro de ataques em 2013 da mesma forma como era em 2012. Dentro dos 70,6 por cento dos ataques de phishing usando bancos em 2013, cerca de 60 por cento deles explorou os nomes de apenas 25 organizações.

    Além disso, os cybercriminosos usam os nomes de marcas de grandes empresas com grandes bases de dados de clientes, como forma de atrair os consumidores facilmente a um site falso. Entre os ataques a sistemas de pagamento eletrônico, quase 90 por cento dos ataques de phishing nessa categoria atingiu uma das cinco marcas internacionais: PayPal, American Express, MasterCard International, Visa ou Western Union. O PayPal foi a marca líder explorada, devido a quantidade de ataques a este sistema que atingiu 44,12 por cento.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/secworld.php?id=16626

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L