• Segurança Máxima: Organizações Priorizam Compreensão dos Riscos

    O maior desafio que as organizações da atualidade estão priorizando, é compreender e abordar vulnerabilidades em um contexto de negócios, de acordo com uma pesquisa realizada pela AlgoSec durante a RSA Conference 2014. Quase todos os entrevistados acreditam que os acionistas das empresas devem compreender o risco de suas aplicações críticas. Há ainda processos de segurança muito complicados, que ameaçam a produtividade e levam a ocorrência de falhas.


    Falhas nas Políticas de Gerenciamento

    Além disso, quase dois terços dos entrevistados relataram que os processos manuais, visibilidade limitada em políticas de segurança e práticas escassas de gerenciamento de mudança representavam o maior desafio na gestão de dispositivos de segurança de rede. Quase 20 por cento dos entrevistados, levantou a questão da falta de comunicação entre os principais interessados ​​nos grupos de desenvolvimento, segurança e operações, registrando um aumento de 80% desde o ano passado.

    Os erros inevitáveis ​​que surgem neste ambiente, acabam criando conseqüências para um número crescente de organizações: mais de 80 por cento de rede ou de aplicações, apresentam falhas como resultado de mudanças em modo out-of-process, contra pouco mais de metade em 2012. Além disso, os insiders continuam a representar o maior risco, mas a segurança fornecida por terceiros suscita preocupações significativas.

    Há ainda quase três quartos das organizações classificadas, envolvidas em situações de vazamento de dados acidentais ou comportamento malicioso por insiders como um fator de risco, em comparação com menos de dois terços do ano passado. Além disso, metade dos entrevistados que terceirizam o gerenciamento de controles de segurança ou informações sensíveis eram menos confiantes na capacidade de seu fornecedor em relação aos serviços de proteção que o mesmo oferece.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/secworld.php?id=16712

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L