• Início de 2014 com Registro Recorde de Malware

    A AppRiver divulgou uma análise detalhada das ameaças da Web e aquelas que são propagadas por e-mail, além das tendências de malware traçadas entre janeiro e março de 2014. Durante o primeiro trimestre de 2014, a AppRiver analisou mais de 14 bilhões de mensagens, sendo quase 10,9 bilhões das quais eram spam e outras 490 milhões que continham malware. Mais uma vez, os Estados Unidos foi o principal país de origem das mensagens de e-mail de spam, e a Europa registrou o segundo maior total com a Espanha, Alemanha e Itália, tornando-se os três primeiros países em detecção e identificação de tais pragas.


    Dessa forma, foi possível analisar e constatar que janeiro foi um mês recorde para o tráfego de malware desde 2008, com um em cada 10 peças de e-mail sendo identificadas como maliciosas. Imediatamente, logo no início do ano, novas variantes do CryptoLocker começaram aparecendo em fóruns clandestinos e na natureza também. Estes novos copycats incluíram CryptoClone e CryptoLocker 2.0, que adicionaram uma funcionalidade para torná-lo um worm auto-replicante, com a intenção de provocar os maiores danos possíveis oficialmente.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/malware_news.php?id=2760

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L