• Violações de Dados e Vulnerabilidades de Alto Risco Continuam a Dominar

    De acordo com análises feitas pelos especialistas em segurança da informação, as ameaças cibernéticas, violações de dados e vulnerabilidades de alto risco continuaram a dominar o primeiro semestre de 2014. A gravidade destes ataques foi intensificada contra instituições financeiras e bancárias, bem como lojas de varejo, de acordo com um estudo feito pela especialista Trend Micro. Dessa forma, o total de ataques expõs mais de 10 milhões de registros pessoais a partir de julho de 2014, o que indica, fortemente, a necessidade das organizações virem a adotar uma abordagem mais estratégica da proteção da informação digital.


    Estes ataques, que geram incidentes e transtornos em informações pessoais afetando o consumidor, incluíram o roubo de dados, tais como nomes de clientes, senhas, endereços de email, endereços residenciais, números de telefone e data de nascimento. Estes tipos de violações de privacidade pessoal afetaram as vendas da organização e seus ganhos, deixando os clientes incapacitados de acessar as suas contas e até mesmo de lidar com a interrupção do serviço. Como resultado, muitos países começaram a desenvolver políticas de privacidade e coleta de dados mais rigorosas, para começar a lidar com este problema.

    A partir de 15 de julho de 2014, mais de 400 incidentes de violação de dados foram relatados, criando a necessidade das organizações a identificar e compreender seus dados básicos, a fim de proteger e desenvolver uma estratégia de defesa eficaz para mantê-los seguros. A mudança de mentalidade a partir dos ambientes organizacionais, inicialmente precisará determinar quais as informações que consideram "dados básicos", antes de elaborar um plano sobre como melhor se proteger contras as investidas maliciosas.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/secworld.php?id=17248

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L