• Crianças Online: Rigor na Privacidade e na Segurança

    A cada ano que passa, é maior o número de crianças e adolescentes que passa a ingressar no universo cibernético, ou seja, até mesmo os pré-escolares, estão cada vez mais ávidos pelas descobertas relacionadas à Internet. Muitos pais estão bastante conscientes sobre os perigos (que não são poucos), que espreitam online e deviso a isso, querem proteger seus filhos de conteúdos nocivos, tais como imagens pornográficas ou violentas, sites que promovem o uso de drogas e outras atividades ilegais. Mas, como é que eles poderiam fazer isto?


    Software de Segurança

    Para ajudar os pais que estão preocupados com a segurança de seus filhos on-line, os desenvolvedores de software de segurança oferecem soluções dedicadas de controle parental. Os programas atuais de controle dos pais são hábeis em filtrar o conteúdo por categoria, e pode ser de até 99,9% de eficácia. Dessa forma, os pais podem ainda escolher a categoria de sites que eles não querem que seus filhos acessem.

    No entanto, nem todos os pais sabe que tipos de sites indesejáveis ​​seus filhos visitam ou com que freqüência eles fazem isso. Nesse contexto, Módulo de Controle Parental da Kaspersky Lab verifica o conteúdo da página Web que uma criança está tentando acessar. Se o site pertence a uma das 14 categorias do módulo, ele envia uma notificação para KSN (lembrando que os dados pessoais do usuário não são afetados e seu/ sua privacidade não será violada). O acesso ao recurso só é bloqueado, se os pais assinalarem a categoria relevante como "indesejada".

    De acordo com as estatísticas do KSN, todas elas com base em notificações do módulo de Controle Parental, é perfeitamente possível determinar quais as categorias de sites com conteúdo inadequado as crianças visitam com mais freqüência. Essas informações são coletadas anonimamente, a partir de computadores com o módulo de Controle Parental habilitado, independentemente se a categoria é selecionada pelos pais como indesejável ​​(ou seja, se está bloqueado pelo controle parental) ou não.

    Para os fins de análise dos pesquisadores da Kaspersky, foram selecionadas as seguintes 10 categorias:


    • Pornografia, materiais eróticos
    • Software ilegal
    • Drogas
    • Violência
    • Linguagem explícita
    • Armas
    • Gambling
    • Servidores proxy anônimos
    • Sistemas de pagamento
    • Jogos Online


    Ao comparar a frequência de visitas a locais nestas 10 categorias, foram utilizados dados de vários países da Europa Ocidental, dos EUA, México, Austrália, Japão, China e da Rússia. As percentagens utilizadas nesse levantamento, correspondem à proporção de visitas a uma categoria de sites, em comparação com o número total de visitas feitas aos locais em todas as 10 categorias selecionadas em cada país.

    As 10 categorias: Variações Regionais

    Abaixo está um gráfico, que mostra a distribuição das visitas em países da Europa Ocidental às 10 categorias selecionadas de sites que contenham conteúdo impróprio para crianças:



    Proporção de visitas a sites que contenham conteúdo impróprio, Europa Ocidental, de janeiro a maio 2014;

    Proporção de visitas a sites que contenham conteúdo impróprio, Europa Ocidental, de janeiro a maio 2014;

    O gráfico acima mostra a situação na região como um todo; no entanto, cada país da região tem as suas especificidades.

    Os dados para o Reino Unido são os mais próximos das estatísticas globais. De todos os países da Europa Ocidental, no Reino Unido (e Espanha) apresentaram a maior porcentagem de visitas a sites na categoria "Violência" (4,8%).



    Proporção de visitas a sites que contenham conteúdo impróprio, Reino Unido, janeiro-maio 2014;

    Proporção de visitas a sites que contenham conteúdo impróprio, Reino Unido, janeiro-maio 2014;

    Na Alemanha, a popularidade da categoria Jogos Online (41,1%) é a mais alta da região, terminando em primeiro lugar em termos de número de visitas.


    Proporção de visitas a sites que contenham conteúdo impróprio, Alemanha, janeiro-maio 2014;

    Proporção de visitas a sites que contenham conteúdo impróprio, Alemanha, janeiro-maio 2014;

    Na França, a figura para a "Pornografia", categoria materiais eróticos (68,9%) apresenta números percentuais superiores à média regional.




    A Espanha mostrou a maior porcentagem de visitas a sites na categoria "Software ilegal" (24%) na Europa Ocidental. Além disso, a Espanha e o Reino Unido aparecem no topo da classificação européia, na categoria "Violência" (4,8%).


    Proporção de visitas a sites que contenham conteúdo impróprio, Espanha, janeiro-maio 2014;

    Proporção de visitas a sites que contenham conteúdo impróprio, Espanha, janeiro-maio 2014;

    Já a Itália, lidera nas categorias "Jogos Online" (15,7%), "Armas" (13,7%) e "Sistemas de pagamento" (5,1%).




    Proporção de visitas a sites que contenham conteúdo impróprio, Itália, janeiro-maio 2014;

    Proporção de visitas a sites que contenham conteúdo impróprio, Itália, janeiro-maio 2014;

    No geral, as estatísticas dos Estados Unidos não diferem muito dos valores europeus, embora a porcentagem de visitas a sites na categoria Violência (7%) seja maior do que nos países da Europa Ocidental.




    Proporção de visitas a sites com conteúdo impróprio, EUA, janeiro-maio 2014;

    Proporção de visitas a sites com conteúdo impróprio, EUA, janeiro-maio 2014;

    No México, a participação na categoria "Violência" (8,6%) é ainda maior, terminando em segundo lugar na classificação para este país.





    Entre todos os países analisados​​, o México é o líder na categoria "Drogas" (2,1%) e "Servidores proxy anônimos" (1,8%).


    Forbidden Knowledge

    Tradicionalmente, as categorias que são consideradas as mais indesejáveis ​​para crianças têm sido Pornografia, Violência e Drogas.


    Imagens de Conteúdo Adulto

    Pornografia é a mais óbvia de todas as categorias de sites indesejáveis, e além disso, é a mais freqüentemente assinalada pelos pais como proibida. Ao mesmo tempo, em quase todos os países esta categoria geralmente está no topo da classificação de notificações a partir do módulo de controle parental, com as outras categorias ficando com um percentual bem abaixo desta.

    A porcentagem de visitas a sites de pornografia, categoria materiais eróticos;

    Os países com maior número de visitas para sites com conteúdo pornográfico e erótico são o Japão e a França. Conteúdo erótico e pornográfico na Web está bastante concentrado, principalmente, em sites especializados que alertam os visitantes sobre o seu conteúdo "adulto". No entanto, imagens e textos deste tipo podem ser vistos em sites de namoro, em fóruns públicos e em quase qualquer site de rede social, de uma forma ou de outra.



    Até mesmo os sites mais inocentes, podem conter um banner pornô que acabou sendo veiculado através de uma rede de publicidade. Além do mais, locais educativos e enciclopédias podem até conter conteúdo indesejado. Por exemplo, em páginas da Wikipédia dedicados a diferentes práticas sexuais isso não é difícil de encontrar, incluindo ainda atos sexuais ou obscenos, particularmente.

    Portanto, não é difícil proteger as crianças da exposição acidental a conteúdo pornográfico, pelo fato desse tipo de conteúdo malicioso ser facilmente reconhecido por sistemas de controlo parental. Quanto aos banners pornográficos em sites públicos, eles podem ser bloqueados usando módulos anti-banners, que podem ser instalados separadamente ou estão incluídos no pacote de antivírus.


    Violência

    No entanto, uma outra categoria de sites que é obviamente indesejável e até mesmo perigosa para as crianças é a da violência. A Web é um lugar onde você pode encontrar quase tudo, incluindo cenas de desmembramento envolvendo seres humanos e animais, descrições de tortura, fotos de cadáveres, conselhos sobre como cometer suicídio e fotografias de execuções. Assim como a pornografia, a maioria dos conteúdos sobre violência e morte relacionada, concentra-se em páginas da Web especializadas nesses assuntos. Todos esses tipos de recursos são detectados pelo Controle Parental.

    A maior proporção de visitas a sites na categoria "Violência" ocorre no México e nos EUA, no Reino Unido e na Espanha.

    De acordo com estatísticas do Controle dos Pais, a popularidade de sites nesta categoria é relativamente baixa. Mas devemos lembrar, que é quase impossível chegar a esses sites acidentalmente; eles têm que ser procurados deliberadamente. Portanto, mesmo uma baixa porcentagem de visitas a sites nesta categoria, deve vir como uma chamada de atenção para os pais. Mas felizmente, muitos sites e páginas da Web que descrevem maneiras sobre "como cometer suicídio", já estão bloqueadas pela legislação em muitos países.

    Drogas

    Há algum tempo, as drogas eram a principal preocupação para os especialistas, voltados para as questões de proteção das crianças na Internet. Naquela época, era fácil encontrar muitos métodos para a preparação de drogas, descrições de como levá-los, bem como materiais "glorificando" o uso de drogas. Este tipo de informação é muito perigosa, pois algumas drogas podem ser feitas a partir de ingredientes que estão disponíveis gratuitamente, enquanto a informação relevante a partir da Internet permite que qualquer pessoa possa obtê-la.

    Uma vez que as autoridades tomaram conhecimento do problema, começaram a ser bloqueadas informações relacionadas às drogas perigosas. Quando isso é combinado com o Controlo Parental, as chances de encontrar informações online sobre drogas são minimizadas. É importante que a categoria apropriada seja assinalada pelos pais dentro do módulo: neste caso, Controlo Parental não só categoriza mas bloqueia o acesso das crianças a sites com conteúdo perigoso.


    Saiba Mais:

    [1] Secure List http://securelist.com/analysis/publi...urity-formula/

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L