• Stuxnet: Reveladas Primeiras Vítimas do Worm

    Depois de analisar mais de 2.000 arquivos infectados com Stuxnet recolhidos ao longo de um período de dois anos, a Kaspersky Lab conseguiu identificar as primeiras vítimas do worm em questão. Após Stuxnet ter sido descoberto ao longo de quatro anos como um dos programas maliciosos mais sofisticados e perigosos que haviam surgiso, os pesquisadores podem agora fornecer uma visão sobre a questão: quais foram os objetivos da operação Stuxnet? Inicialmente, os pesquisadores de segurança não tinham dúvida de que todo o ataque desencadeado pelo worm tinha um alvo. Isso porque o código do worm Stuxnet parecia profissional e exclusivo; não havia provas de que foram usadas vulnerabilidades 0-day em todo esse processo.


    No entanto, ainda não era conhecido os tipos de organizações que foram atacadas em um primeiro momento e como o worm, em última análise, conseguiu ser tão preciso investindo até contra as centrífugas de enriquecimento de urânio nas instalações de topo secretas e particulares. Em face disso, uma análise detalhada lança uma luz sobre todas essas questões. Todas as cinco organizações que foram inicialmente atacadas, estão trabalhando na área do ICS no Irã, no desenvolvimento de ICS ou no fornecimento de materiais e peças. Além disso, uma das organizações que apresentou situação mais intrigante foi a quinta a ser atacada, uma vez que, dentre outros produtos para automação industrial, produz centrífugas de enriquecimento de urânio. Este é precisamente o tipo de equipamento que se acredita ser o principal alvo do Stuxnet.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/malware_news.php?id=2913

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L