• Aumento nos Custos de Cybersegurança e Gerenciamento de Riscos

    De acordo com declarações de Rick Dakin, CEO e estrategista-chefe de segurança da Coalfire, ao chegarmos ao fim do ano de 2014, é possível afirmar que este foi o ano em que tudo mudou no mundo da segurança da informação. "As violações de dados de alto nível foram anunciadas uma após a outra, e assim, os consumidores deixaram de acreditar nas empresas pois elas foram um tanto negligentes no que diz respeito a proteger as suas informações. Ainda de acordo com Dakin, é hora das empresas começarem a olhar para a próxima geração de ameaças e virar o jogo para proteger melhor os dados de consumo.


    Como é de conhecimento geral, o cenário de ameaças está em constante evolução. Portanto, se você ainda não tem informações sobre ameaças e planos de respostas prontos para implementação em 2015, agora é a hora de agir. A Coalfire realiza mais de 1.000 auditorias e avaliações de sistemas que contêm dados sensíveis referentes a cada ano. Com base nas tendências nessas investigações, Dakin prevê, em relação a 2015, que os cybercriminosos estarão ainda mais motivados em suas ações, pois o número e sofisticação das ameaças cibernéticas vai continuar a aumentar exponencialmente. Alimentada pela geopolítica e incentivos econômicos, (e muitas vezes patrocinadas pelo Estado) as organizações criminosas irão escalar o seu desenvolvimento de capacidades cibernéticas ofensivas.

    Redefinindo a defesa - As exigências da segurança cibernética estão mudando fundamentalmente a área de TI. A gestão de riscos e conformidade de segurança cibernética terá um peso igual a outros critérios de design, como funcionalidades, capacidade e desempenho. Além disso, os ROIs (Return-on-Investments) serão equilibrados por uma nova compreensão da exposição ao risco de soluções "sub-par".


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/secworld.php?id=17738

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L