• Evolução do Cybercrime Será Contínua

    A amplitude e a profundidade das violações de dados vistas pelo mundo inteiro em 2014, foi de uma magnitude que surpreendeu a todos - isso abrange grandes bancos, gigantes do e-commerce, grandes empresas da área de saúde, cassinos e outros, expondo centenas de milhões de nomes de usuários, senhas e informações de cartão de crédito. Entretanto, o próximo ano não será diferente; dessa forma, as empresas e os consumidores precisarão estar fortemente preparados para as mudanças contínuas em relação ao cenário do cybercrime.


    Levando em consideração todas essas tendências, a especialista ThreatMetrix fez uma análise e divulgou várias previsões para o Ano Novo, no que diz respeito às atividades cybercriminosas que poderão ser difundidas:

    A área mobile vai representar mais da metade das transações durante a temporada de férias. Durante a Cyber Week deste ano, a partir do Thanksgiving Day, através da Cyber Monday, a área móvel responderá por 39 por cento de todas as operações em toda a extensão da ThreatMetrix Global Trust Intelligence Network (The Network). No próximo ano, a ThreatMetrix prevê que este número irá aumentar em 50 por cento, percentual este que pode ser considerado preocupante. Além disso tudo, devido aos varejistas fazerem a troca iminente para sistemas de pagamento Europay-Mastercard-Visa (EMV) até outubro de 2015, esses sistemas também aceitarão as capacidades móveis como Apple Pay, que também contribuem para o aumento de pagamentos desta natureza.

    De acordo com declarações de Alisdair Faulkner, diretor de produtos em ThreatMetrix, os consumidores estão muito mais confortáveis para fazer suas compras a partir de dispositivos móveis do que eram até um ano atrás, e essa confiança vai continuar a crescer. Infelizmente, muitas empresas enfrentam dificuldades em saber a autenticidade das transações móveis, através de cookies ocultos e dados de localização geográfica. Aproveitando uma rede global de inteligência de confiança que permite que as empresas possam diferenciar entre usuários previamente autenticados e potenciais fraudadores, esta será a melhor maneira de proteger informações confidenciais e os clientes, contra todas as ações da cybercriminalidade em 2015.

    Vale ressaltar que o compartilhamento de informações vai continuar a crescer. Enquanto as ameaças do cybercrime irão crescer em sofisticação durante o próximo ano, o compartilhamento de informações sobre essas ameaças, dentro e através de indústrias, também irá aumentar para combater os criminosos cibernéticos, que estão cada vez mais audaciosos e usando métodos com alto nível de sofisticação.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/secworld.php?id=17778

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L