• Insiders Continuam Sendo Ameaças às Corporações

    Nos últimos anos, o rápido crescimento do volume de informações sensíveis combinado com novas tecnologias tem mostrado a eficácia das tradicionais proteções de endpoint e segurança de rede. Paralelo a isso, vieram as preocupações sobre o número e tipos de funcionários que têm acesso aos dados confidenciais. Simplesmente por terem acesso, esses privilegiados podem, inadvertidamente, colocar os dados em risco - ou favorecer que eles sejam utilizados por um atacante e o casione um vazamento de dados. Neste contexto, um novo relatório com referência às ameaças internas elaborado pela Vormetric, realizado no segundo semestre de 2014, entre 818 executivos da área TI em vários países, encontrou os seguintes números:

    93% dos entrevistados nos Estados Unidos, disseram que suas organizações eram mais vulneráveis às ameaças internas; 59% dos entrevistados norte-americanos acredita que esses usuários privilegiados representam a maior ameaça para a sua organização; além disso, impedir uma violação de dados é a prioridade mais alta ou a segunda maior para os gastos em segurança de TI, o que foi dito por 54% das organizações.


    Na sequência, 46% dos entrevistados norte-americanos acredita que os ambientes de nuvem estão correndo maior risco de perda de dados confidenciais em sua organização, mas 47% deles acredita que os bancos de dados tem a maior quantidade de dados sensíveis em risco.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/secworld.php?id=17856

    Sobre o Autor: Camilla Lemke


Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L