• Android: 11% dos Apps Financeiros Oferecem Riscos à Segurança

    De acordo com um levantamento feito pela RiskIQ, foi possível descobrir que mais de 40.000 dos 350.000 aplicativos que fazem referência à atividades bancárias distribuídos em 90 lojas de aplicativos do mundo, contêm binários maliciosos ou suspeitos. Além disso, estes 40.000 aplicativos suspeitos também exibiram permissões perigosas. Como todo mundo sabe, o mobile banking é agora um modo de vida para a maioria das pessoas. Apresenta, também, uma oportunidade lucrativa para os criminosos cometerem fraudes, causando transtornos e prejuízos para muitas pessoas. Uma das maneiras mais fáceis de roubar o login da vítima e também ter acesso a outras informações pessoais, é usando malware e aplicativos com permissões excessivas.





    Estes resultados mostram que os cybercriminosos estão usando aplicativos bancários "look-a-like", ou seja, aplicativos semelhantes aos legítimos, com a finalidade maliciosa de distribuir malware e realizar a captura de informações a partir do dispositivo, para que possam cometer seus delitos. Em torno disso, as políticas de vigilância e de segurança relacionadas a aplicativos maliciosos disponibilizadas nas app stores, tem sido uma luta árdua para os bancos e outras instituições que oferecem serviços financeiros, e qualquer outra marca que utiliza o canal móvel para interagir com os clientes.


    Saiba Mais:

    [1] Net Security http://www.net-security.org/secworld.php?id=17848

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L