+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Rede em Bridge ou Nat

    Pessoal tenho uma duvida que gostaria da opinião dos senhores; até quantos clientes os senhores deixam em bridge pois pelo pouco conhecimento que tenho sei que quanto maior a rede há mais colisões de pacotes e temos os broadcasts e pelo que ando lendo uma rede em bridge seria como uma rede com um hub que vai envia os pacotes a todos os destinos.
    Hoje tenho apenas 90 clientes espalhados em 4 torres e estava pensando em fazer NAT em todas elas. Gostaria de saber da opinião dos senhores e outra duvida seria a seguinte, as torres estão em serie, gostaria de fazer NAT na segunda e na terceira fazer NAT da Primeira e na quarta fazer NAT da Primeira. Tem como passa a faixa de ip da primeira para as demais fazendo NAT em todas elas.
    Espero que os senhores tenham entendido não quero fazer NAT por cima de NAT ou seja o cliente que estive na ultima torre quando de um Tracert aparece apenas 192.168.104.254>>>>192.168.100.254>>>> Roteador Cisco>>>>rede intelig..... isso é o que eu gostaria e não
    Tracert 192.168.104.254>>192.168.103.254>>192.168.102.254>>> 192.168.101.254>>>>192.168.100.254>>>Roteador cisco>>>link intelig......Isso é o que eu não quero por acreditar que vai ocasionar perda de performace, tambem não sei se realmente ocorrer esta perda de perfomace fazendo nat nat nat nat. desde já obrigado a todos.

  2. #2

    Padrão

    Citação Postado originalmente por claudemirnetlink Ver Post
    Pessoal tenho uma duvida que gostaria da opinião dos senhores; até quantos clientes os senhores deixam em bridge pois pelo pouco conhecimento que tenho sei que quanto maior a rede há mais colisões de pacotes e temos os broadcasts e pelo que ando lendo uma rede em bridge seria como uma rede com um hub que vai envia os pacotes a todos os destinos.
    Hoje tenho apenas 90 clientes espalhados em 4 torres e estava pensando em fazer NAT em todas elas. Gostaria de saber da opinião dos senhores e outra duvida seria a seguinte, as torres estão em serie, gostaria de fazer NAT na segunda e na terceira fazer NAT da Primeira e na quarta fazer NAT da Primeira. Tem como passa a faixa de ip da primeira para as demais fazendo NAT em todas elas.
    Espero que os senhores tenham entendido não quero fazer NAT por cima de NAT ou seja o cliente que estive na ultima torre quando de um Tracert aparece apenas 192.168.104.254>>>>192.168.100.254>>>> Roteador Cisco>>>>rede intelig..... isso é o que eu gostaria e não
    Tracert 192.168.104.254>>192.168.103.254>>192.168.102.254>>> 192.168.101.254>>>>192.168.100.254>>>Roteador cisco>>>link intelig......Isso é o que eu não quero por acreditar que vai ocasionar perda de performace, tambem não sei se realmente ocorrer esta perda de perfomace fazendo nat nat nat nat. desde já obrigado a todos.
    .....pq se nao coloca tudo e ap brigde e faz sub-redes e faz apenas um nat antes do roteador.....alias alem de nat faz tambem fw e controle p2p...acho que fica legal...essa e minha opniao...uso aqui e nao tenho problemas nao...espero ter te ajudado



  3. #3
    Moderador Avatar de xandemartini
    Ingresso
    Nov 2005
    Localização
    Espumoso, Brazil
    Posts
    2.410
    Posts de Blog
    1

    Padrão

    É uma dúvida que me assola aqui também, pq minha rede cresceu muito, estou com uns 400 hosts no meu gateway... estou acompanhando o tópico para ver o que os mais experientes dizem... Sendo que a rede está toda em bridge...

  4. #4

    Padrão

    Olas....




    permita-me participar dessa discussão.

    É claro que existem vantagens e desvantagens para cada método.
    Mas eu, particularmente, sou a favor de **NAT**.

    Vou descrever o cenário... igual ao apontado pelo **claudemirnetlink**.

    Um ponto central (PRIMEIRA)... e todas outras com link para a PRIMEIRA. Essas outras teriam **VIDA PROPRIA**, ou seja... tem seu HOTSPOT/HTML DIRECTORY/DHCP POOL/etc... inclusive teria WEBPROXY (caso fosse PC based ROS),

    Só não teria o cadastro de usuarios... e esse estaria na PRIMEIRA (pode ser RB ou PC)... e teria uma maquina anexada baseada em linux... rodando radius e parent-proxy.

    OU SEJA: Todo controle AAA estará nesse linux anexado ao "PRIMEIRA"... e os roteadores... sejam esses PRIMEIRA e todas as outras secundarias (na arquitetura estrela)... seriam apenas roteadores/nat/hotspot com html directory comum a todos/eventualmente webproxy caso seja PC ROS.


    Acho que essa arquitetura tem MAIS VANTAGENS... e permite um crescimento com menor custo.

    SE eu não fui claro... poderei expor de uma OUTRA forma mais compreensiva. Aponte-me onde fui menos claro.




    Abraços,



  5. #5

    Padrão

    pode ser loucura mas tbem to pensando nisso, sabe pq?

    tenho 3 torres em bridge,e o nat é feito só no primeiro MK.

    porem percebi que ao testar a navegação e usar medidores de velocidade por exemplo, tenho bem mais velocidade na torre que esta mais proxima do link do que na terceira torre,. sendo que do mk que faz NAT ate a ultima torre, passa tranquilo 24 MB.

    to analizando os fatores tbem, ate semana quevem posto o que resolvi fazer.

  6. #6

    Padrão

    Olás......



    encontro **MUITOS** tópicos aqui nesse forum onde usuarios usam o modo WDS (wireless distribution system). Acredito que isso se deve ao fato do MK nao possuir um AP-CLIENT mode puro... (desconheço o motivo do porque).

    Em poucas buscas/pesquisas sobre WDS... leio que WDS consome banda. OU seja... os pacotes recebem algum tipo de encapsulamento... exemplo: Um pacote de 1500 bytes vira 02 pacotes de 750 bytes com uma casca definindo pacote WDS. ATENCAO: Isso é apenas uma forma didatica para expressar... nao significa que seja implementado e funcione dessa forma.

    Isso significa que além de alem de reduzir o volume EFETIVO de dados trafegados... (dados realmente uteis, sem **gorduras**)... exige do RouterOS (seja esse em RB ou PC) processamento. OU seja... a performance como um todo... no final das contas... sofre 02 penalidades devido: reducao da banda efetiva de dados... e CPU power para encapsular e desencapsular os pacotes WDS.


    A solucao NAT... (nem sei se o correto seria essa terminologia.. acho até que NAO)... simplesmente sao vários HOTSPOTs independentes... distribuidos por ai... e APENAS os LINKs DE INTERNET (desses hotspots independentes/distribuidos) são centralizado um MK e junto com esse MK... um radius para controlar/unificar TODOS os usuarios/clientes cadastrados. E é nesse MK onde estão os seus links reais contratados (ADSL/CABLEMODEM/EMBRATEL/...).


    Resumindo... a visao de arquitetura de rede MUDA.
    • ANTES: era um HOTSPOT e a "rede interna" ia se estendendo geograficamente via repetidoras/bridges/ptp/etc...
    • AGORA: AO inves de eu ter um GRANDE HOTSPOT... tenho varios e unicos HOTSPOT.
    E... permitam-me perguntar:
    Quais sao as consequencias de eu tiver 02 AP... geograficamente vizinhos...(areas de cobertura tem intersecção)... e:
    • as APs têm o mesmo SSID;
    • as APs funcionam na mesma channel;
    Por que dessa pergunta?
    • Resp: Se ambas AP têm o mesmo SSID (mas MACs diferentes)... o seu cliente/usuario irá enxergar apenas UMA ANTENA. E,... estando na mesma CHANNEL... se o cliente mudar/mover/deslocar geograficamente... esse permanecerá conectado passando de um SSID para outro SSID ... e que por ***coincidencia*** tem o mesmo ID (nome/ssid).
    QUAL É A OPINIÃO DOS SENHORES SOBRE ESSE PROCEDIMENTO?





    Abraços,
    Última edição por mson77; 01-03-2008 às 10:58.