+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Lightbulb Solução para interferências(Ruído) de RF

    Boa noite a todos,

    Já ví vários topicos aqui no under, falando que o sinal está ruim porque fulato está usando amplificador, ou que existem vários provedores e que todos canais estão sendo utilizados e a solução é migrar para 5.8 Ghz.

    Bem, existe uma teoria da "Gaiola de faraday" (de uma lida no link Bobina)
    E é usado para para "parar/diluir/reduzir" campos Eletricos/magneticos gerados por outros emissores.

    "Dentre muitas experiências e realizações de Faraday é relevante a construção de uma gaiola metálica, por ele utilizada para demonstrar que condutores carregados eletrizam-se apenas em sua "superfície externa."

    De acordo com a exeperiência de Faraday se colocarmos uma Gaiola feita de qualquer condutor e a gaiola receber radiação de um campo magnetico/eletrico (sinal de wireless do provedor) a gaiola se tornará um condutor carregado/eletrizado e somente a superficie externa ficará carregado de corrente ou seja a parte interior da gaiola ficará com campo eletrico/magnetico nulo = 0.

    Então com essa informação podemos fazer alguns testes com nossas antenas setoriais cobrindo as costas e as laterais com uma gaiola de faraday, pois teoricamente ela isolará a superficie interna ou seja reduzirá o ruído em nossas antenas, assim melhorando a qualidade do serviço prestado.

    Ai vem outra pergunta, qual tamanho da gaiola? espessura entre os filamentos?

    Como a maioria dos provedores trabalham na freqüência de 2.4 Ghz, coincidentemente a mesma faixa utilizada pelo microondas de sua casa.
    Se notarem que dentro do microondas tem uma tela na porta, pois então, a gaiola de faraday tem que ter a mesma espessura dessa tela do microondas, porquê? porquê o microondas emite radiação e essa tela minimiza a radiação para fora do equipamento.

    Dessa forma nos vamos protejer nossas antenas de interferências externas.

    Nesse outro link fala em uma liguagem de facil entendimento da teoria da gaiola de Faraday.
    FEIRA DE CIÊNCIAS ... O Imperdível !

    Experiência:
    Quando eu fazia estagio na Eletronorte a equipe de ENG de Telecom da mesma fizeram um enlace de rádio para o sistema de proteção das linhas energizadas de energia eletrica.
    Só que estava tendo muita interferência e a equipe de instalação não estava conseguindo ter qualidade na transmissão dos dados entre os dois pontos, então um dos Eng deu a ideia da Gaiola de faraday, e até o dia que eu sai da ELEtronorte o link estava funcionando corretamente.

    Espero ter ajudado de alguma forma.

    Bem vindos a fisíca.

  2. #2

    Padrão a antena deveria isolar

    O fato eh que uma antena setorial de qualidade deve receber sinal apenas no angulo de abertura dela, assim isso não resolveria muito. Existe uma antena da pluton que está sendo vendida no mercado que é capaz de atenuar 90% do sinal emitido diretamente para ela em polarização diferente da horizontal em que ela trabalha, esta sim serial uma alternativa para a emissão de ruidos



  3. #3

    Padrão

    Mas tem outro aspecto. A gaiola deve envolver toda a antena e aí não sai nada.
    Se usar somente uma tela atras e laterais talvez possa melhorar a interferência vinda pela retaguarda. E isso que uma boa antena faz também, atenuar os sinais vindos de tráz.

    Não sei se voces viram uma experiencia que foi feita domingo de tarde em um programa na TV Record.
    Foi colocado um celular dentro de um microondas e tentado fazer ligação para ele. Não deu, porque o forno de microondas barrou.
    Mas o forno tem a proteção não só na tela da frente. Todo ele é uma gaiola.
    Tambérm quando surgiu a questão dos celulares nos presidios, um sujeito propôs uma solução bem barata que era envolver todo o presidio em uma tela para evitar o uso de celulares. Ele também improvisou uma gaiola e provou. Mas as autoridades não deram nem bolas para a idéia. Só foi prá frente a idéia de usar bloqueador emitindo uma radiofrequencia que bloquearia a transmissão. Na verdade uma interferência. E ísto a um custo absurdo.
    Mas voltando ao nosso caso. A interferência não vem só de trás. Se um vivente usar amplificador e estiver na frente de nossa antena ele vai fazer um estrago. Se envolver toda a antena, já era. Se for só um a espécie de refletor colocado atrás, não vai adiantar.
    Mas o assunto é bem interessante.

  4. #4

    Padrão

    Uso setoriais da hyperlink de 17dbi e 120graus. Elas parecem uma omni. Estou a procura de uma solução pra isolar justamente o fundo delas para que uma não gere interferencia na outra. Uso 3 o mesmo alinhamento na torre e não quero mudar a posição delas...

    Alguem sabe dizer onde conseguir a tela para fazer tal isolamento?



  5. #5

    Padrão

    As antenas da Pluton são muito boas, eu tive oportunidade de trabalhar com uma, ela tinha uma vantegem, pois só trabalhava em 1 unico canal e os outros canais não interferia no no desempenho dela, a desvantegem é que se tivesso outra antena que trabalhasse no mesmo canal que ela já era.

    Se tiver uma antena de frente com a sua, fica dificil de não ter interferência, mas se for do lado ou nas costas a teoria da Gaiola de faraday é valida, para reduzir consideravalemente a interferência no seu sistema irradiante.

    Eu postei no primeiro post, algumas maneiras de fazer a Gaiola ou até colocar um papel aluminío.

    A gaiola tem que ser feita com a espessura que depende do comprimento de onda da freqüência que é usada.

    Como eu citei a freqüência de 2.4 Ghz, a espessura é a mesma da tela de condutor que tem em um microondas, pos o microondas também trabalha na faixa de 2.4 Ghz.

  6. #6

    Padrão

    Citação Postado originalmente por alancp Ver Post
    Uso setoriais da hyperlink de 17dbi e 120graus. Elas parecem uma omni. Estou a procura de uma solução pra isolar justamente o fundo delas para que uma não gere interferencia na outra. Uso 3 o mesmo alinhamento na torre e não quero mudar a posição delas...

    Alguem sabe dizer onde conseguir a tela para fazer tal isolamento?

    Trecho extraído da Wikipedia: Antena com refletor - Wikipédia, a enciclopédia livre

    No caso dos refletores planos sua superfície não precisa ser necessariamente infinita, basta que seja ressonante, isto é, uma superfície refletora contínua cuja malha não ultrapasse a 10% do comprimento de onda aplicado.

    Então, a malha precisa ser fechada, em cerca de 10% do comprimento de onda. O ideal seria totalmente fechada, mas aí vem a questão da resistencia aos ventos, que tanto problema causa nas parabolicas fechadas.

    Mas lembrando que aí não é gaiola mas sim refletor. Na gaiola ela inibe qualquer irradiação, mas no refletor, não. Ele diminui a irradiação que chega por tráz e ao mesmo tempo reflete a irradiação da sua antena para a frente do refletor. É ísto que faz com que ela seja direcional e tenha ganho aumentado. Mas esta distância do refletor ao irradiante também é calculada matemáticamente. Nas antenas Yagi o refletor deve ser também cerca de 10% maior que o irradiante e estar posicionado também a cerca de 10% do comprimento de onda. Se estas medidas não forem obedecidas o projeto não vai render porque haverá uma alteração incontrolada da impedancia e aí a ROE vai subir muito e acaba não saindo nada na antena.
    Estes princípios funcionam para as yagi, mas não tenho certeza quanto as parábolas se seriam os mesmos cálculos. Mas que tem que calcular para não prejudicar, ísto tem.