+ Responder ao Tópico



  1. amigos, tenho alguns cases aqui com NS5 e te garanto q com 50 clientes não vai ficar bom, ele funciona bem como cliente mesmo e nada mais.

  2. Citação Postado originalmente por cordeirog3 Ver Post
    Amigo,

    dizer que o livetech é diferente dos nanos da ubitiqui é querer fazer rir, desse jeito vou "fabricar" meus selos e sair colocando em equipamentos fabricados por terceiros e dizer que sou fabricante, é cada absurdo...

    Sim, se você homologou ou está homologando, não está fazendo só em seu beneficio, estará fazendo para todos...

    Lembrando galera, NanoStation a partir de R$280,00 importado direto da ubitiqui 100% legal
    O que voce esta falando é mentira e deve ser um dos muambeiros do paraguay, só pode ser, porque Homologação no Brasil não é só de produtos, e sim da empresa que os Importa, Nacionaliza e da Garantia e Certificado, a Anatel a partir de cada homologação controlará os MAC ADDRESS pela nota fiscal e também pelo certificado de homologação a ser emitido pelo site do Importador responsável pelo produto no Brasil, ou seja, quem comprar produto ilegal vai dançar bonito com a Anatel, porque a Anatel vai lacrar as torres e tirar a licença SCM do provedor.

    Quando sair a publicação dos próximos selos Oficiais da Anatel, voces verificarão que existirá um controle digital online dos mac address homologados e importados oficialmente pela Homologadora, ou seja, não adianta importar mesmo que legal que seu produto não estará homologado, será apenas um peso de papel na sua torre que poderá trazer vários crimes e lacração da mesma.

    Homologação de um produto quer dizer responsabilidade social pelo mal e bem que o produto pode causar. E quem se responsabiliza e é responsabilizado em caso de problemas é o Homologador, ou seja, nessa caso a USAImport.

    A USAImport por manter a responsabilida de social em sua metodologia de trabalho concientizará e ajudará quaisquer empresas ou provedores a se regularizar e também a poder comprar equipamentos homologados com qualidade, preço e garantia de longo prazo, não a la garantia "soy jo" do mercado informal que diz que garante e quando é apresentado um problema diz que a garantia não cobre isso ou aquilo sem ao menos apontar e mostrar aonde foi cometida uma falha por parte do usuário.

    Agradecemos a todos provedores e usuários honostes que desejam estar de acordo com a Legislação Brasileira e da Anatel para sua correta manutenção e funcionamento.

    Atenciosamente

    Daniel Manzatto
    Engenheiro de Telecomunicação
    contato@usaimport.com.br



  3. Citação Postado originalmente por filzek Ver Post
    O que voce esta falando é mentira e deve ser um dos muambeiros do paraguay, só pode ser, porque Homologação no Brasil não é só de produtos, e sim da empresa que os Importa, Nacionaliza e da Garantia e Certificado, a Anatel a partir de cada homologação controlará os MAC ADDRESS pela nota fiscal e também pelo certificado de homologação a ser emitido pelo site do Importador responsável pelo produto no Brasil, ou seja, quem comprar produto ilegal vai dançar bonito com a Anatel, porque a Anatel vai lacrar as torres e tirar a licença SCM do provedor.

    Quando sair a publicação dos próximos selos Oficiais da Anatel, voces verificarão que existirá um controle digital online dos mac address homologados e importados oficialmente pela Homologadora, ou seja, não adianta importar mesmo que legal que seu produto não estará homologado, será apenas um peso de papel na sua torre que poderá trazer vários crimes e lacração da mesma.

    Homologação de um produto quer dizer responsabilidade social pelo mal e bem que o produto pode causar. E quem se responsabiliza e é responsabilizado em caso de problemas é o Homologador, ou seja, nessa caso a USAImport.

    A USAImport por manter a responsabilida de social em sua metodologia de trabalho concientizará e ajudará quaisquer empresas ou provedores a se regularizar e também a poder comprar equipamentos homologados com qualidade, preço e garantia de longo prazo, não a la garantia "soy jo" do mercado informal que diz que garante e quando é apresentado um problema diz que a garantia não cobre isso ou aquilo sem ao menos apontar e mostrar aonde foi cometida uma falha por parte do usuário.

    Agradecemos a todos provedores e usuários honostes que desejam estar de acordo com a Legislação Brasileira e da Anatel para sua correta manutenção e funcionamento.

    Atenciosamente



    Daniel Manzatto
    Engenheiro de Telecomunicação
    contato@usaimport.com.br

    Ola amigo,

    Convido voce vim até João Pessoa, conhecer nossa "muambaria".

    Pelo jeito e modo que VOCÊ fala só VOCÊ sabe, pode ou tem dinheiro pra importar....

    rsrs

  4. Citação Postado originalmente por cordeirog3 Ver Post
    Ola amigo,

    Convido voce vim até João Pessoa, conhecer nossa "muambaria".

    Pelo jeito e modo que VOCÊ fala só VOCÊ sabe, pode ou tem dinheiro pra importar....

    rsrs

    Amigo, acho que voce entendeu errado o conceito, para a ANATEL toda mercadoria ainda que seja igual a HOMOLOGADA se não for comercializada por quem HOMOLOGOU não tem valor LEGAL e JURIDICO perante a LEI. Vivemos num pais de burocracia, é assim que vivemos e não vai mudar nunca, esse é um pais ruim de se trabalhar que nos tarifa em mais de 86% de impostos de importação, que diz que faz muito e não faz nada pelo povo, sempro foi assim desde o império.

    Agora, quem homologou assumiu uma responsabilidade junto ao governo, imagina uma NS5 derrubar um sistema de radar, é você quem vendeu que vai responder? o importador informal ou o executivo de fronteira? se a NS queimar ou falhar, aquela mesma velha historia de que o problema foi do cliente e não do produto, que todos conhecem, vai reclamar para quem, ir no procom? comprou sem nota, de palavra e a empresa não cumpre o que prometeu, isso é o mais comum, por isso, a Anatel junto do Ministerio Publico Federal exigem que quaisquer produtos que vierem a ser homologado passam a ser tratados em carater primario de controle, isso requer garantias de funcionamento, risco, segurança, qualidade, na qual a Empresa que realizou a Homologação assume perante a sociedade brasileira referente ao produto.

    Desta maneira, é impossivel dizer, OH, MAIS É O MESMO PRODUTO! não, não é o mesmo produto, não será e será julgado pela Anatel como não Homologado e acarretará as sansões explicitas nos regimentos, o que inclui de imediato a lacração da torra e crime federal.

    É simples, uma empresa assume todo o risco de comercializar um produto, e os muambeiros e importadores informais aproveitam-se disso e andam na sombra dela, viva o brasil, via a anarquia, porém, errado, da mesma forma que não se pode mais importar um carro zero sem ter que refazer a homologação novamente do mesmo, gastando mais de 15 mil reais no processo todo, não se pode importar um produto de telecomunicacao e usar no brasil.

    Uma coisa vai ser boa, ja esta na pauta da CACEX e do Ministerio de Ciencia e Tecnologia a proibição da Importação de quaisquer dispositivos de radiofrequencia acobertados pela resolucao 506 da Anatel que não sejam por Empresas que tiverem homologados os produtos, isso vai acabar de vez com a "putaria" do mercado informal e também os importadores que vivem de sombras e nunca se responsabilizam por nada, o custo vai ficar mais barato e garantido pelos Importadores Oficiais, sendo assim, cumprido o que a Lei obriga a fazer.

    Acho que agora da pra entender o que os Importadores legais sofrem em relação aos executivos de fronteira que não pagam impostos, e os Importadores Alternativos que não garantem nada no final.

    Atenciosamente

    Paulo Filzek
    Gerente de Grandes Empresas
    USAImport
    contato@usaimport.com.br



  5. Citação Postado originalmente por filzek Ver Post
    Amigo, acho que voce entendeu errado o conceito, para a ANATEL toda mercadoria ainda que seja igual a HOMOLOGADA se não for comercializada por quem HOMOLOGOU não tem valor LEGAL e JURIDICO perante a LEI. Vivemos num pais de burocracia, é assim que vivemos e não vai mudar nunca, esse é um pais ruim de se trabalhar que nos tarifa em mais de 86% de impostos de importação, que diz que faz muito e não faz nada pelo povo, sempro foi assim desde o império.

    Agora, quem homologou assumiu uma responsabilidade junto ao governo, imagina uma NS5 derrubar um sistema de radar, é você quem vendeu que vai responder? o importador informal ou o executivo de fronteira? se a NS queimar ou falhar, aquela mesma velha historia de que o problema foi do cliente e não do produto, que todos conhecem, vai reclamar para quem, ir no procom? comprou sem nota, de palavra e a empresa não cumpre o que prometeu, isso é o mais comum, por isso, a Anatel junto do Ministerio Publico Federal exigem que quaisquer produtos que vierem a ser homologado passam a ser tratados em carater primario de controle, isso requer garantias de funcionamento, risco, segurança, qualidade, na qual a Empresa que realizou a Homologação assume perante a sociedade brasileira referente ao produto.

    Desta maneira, é impossivel dizer, OH, MAIS É O MESMO PRODUTO! não, não é o mesmo produto, não será e será julgado pela Anatel como não Homologado e acarretará as sansões explicitas nos regimentos, o que inclui de imediato a lacração da torra e crime federal.

    É simples, uma empresa assume todo o risco de comercializar um produto, e os muambeiros e importadores informais aproveitam-se disso e andam na sombra dela, viva o brasil, via a anarquia, porém, errado, da mesma forma que não se pode mais importar um carro zero sem ter que refazer a homologação novamente do mesmo, gastando mais de 15 mil reais no processo todo, não se pode importar um produto de telecomunicacao e usar no brasil.

    Uma coisa vai ser boa, ja esta na pauta da CACEX e do Ministerio de Ciencia e Tecnologia a proibição da Importação de quaisquer dispositivos de radiofrequencia acobertados pela resolucao 506 da Anatel que não sejam por Empresas que tiverem homologados os produtos, isso vai acabar de vez com a "putaria" do mercado informal e também os importadores que vivem de sombras e nunca se responsabilizam por nada, o custo vai ficar mais barato e garantido pelos Importadores Oficiais, sendo assim, cumprido o que a Lei obriga a fazer.

    Acho que agora da pra entender o que os Importadores legais sofrem em relação aos executivos de fronteira que não pagam impostos, e os Importadores Alternativos que não garantem nada no final.

    Atenciosamente

    Paulo Filzek
    Gerente de Grandes Empresas
    USAImport
    contato@usaimport.com.br
    Você está dizendo que a homologação só é válida se eu comprar o produto de quem homologou? É isso?






Tópicos Similares

  1. Nano Station no modo AP alguem já usou?
    Por adepad no fórum Redes
    Respostas: 61
    Último Post: 10-05-2011, 13:47
  2. Nano Station Ubiquiti
    Por thenet no fórum Redes
    Respostas: 174
    Último Post: 19-05-2009, 18:18
  3. Nano station e power Station alguém usou....
    Por marcoveck no fórum Redes
    Respostas: 22
    Último Post: 09-10-2008, 12:52
  4. Aonde comprar Nano Station 5??
    Por marcelomg no fórum Redes
    Respostas: 16
    Último Post: 08-10-2008, 11:01
  5. Alguem conhece nano station?
    Por adepad no fórum Redes
    Respostas: 1
    Último Post: 27-07-2008, 22:32

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L