Página 1 de 10 123456 ... ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Clientes recebendo sinal a grandes distâncias sem necessitar de antena externa

    Senhores, a algum tempo (menos de um ano) mecho com internet via rádio, a alguns meses observei que as grandes operadoras de telefonia movel vem investindo em banda larga via wireless, 3g, etc.
    A grande pergunta é a seguinte:

    Como eles conseguem enviar sinal de banda larga para um cliente pra qualquer canto da cidade sem necessitar de antena, apenas com um modem e nós precisamos de uma parafernalha enorme tipo fios de 10 metros, antena de grade e placa pci?

    Sei que este forum é frequentado pelas maiores mentes em wireless do brasil, algum de vocês pode me tirar esta grande duvida?

  2. #2

    Arrow A distâcia depende da FAXA DE FERQUENCIA.

    A contece que estas grades testas as ferquencia ainda nao autorizadas, para uso normais.
    acredito ser isto.
    msn opcaocentury



  3. #3

    Padrão

    A distancia depende de varios fatores... A mesma pergunta voce deve estar fazendo: Como um celular pega sem antena externa a 30km da torre?

    A resposta é: Potencia. Enquanto nossos mixurucas radios mal vao a 600Mw (plaquinas usam 63Mw, um celular facilmente chega a 800 - 1000Mw, pegue o manual do seu e tire a duvida. A radiobase (torre) tem potencia maior ainda... todo dia voce sobe na sua torre fica la pendurado e nao rola nada, se um tecnico de telefonia ficar la o dia todo, no final do dia ele vê o que é bom pra dor de corno... e a longo prazo ele ve o que ocorre na vida dele.

    Uma plaquinha tipo aquela da Vivo tem uma potencia danada e uma excelente sensibilidade, a frequencia nao importa muito nesse caso, pois todos nos sabemos que 850 a 1900Mhz tem comprimentos de ondas diferentes.

  4. #4

    Padrão

    Citação Postado originalmente por Pedro0278 Ver Post
    A distancia depende de varios fatores... A mesma pergunta voce deve estar fazendo: Como um celular pega sem antena externa a 30km da torre?

    A resposta é: Potencia. Enquanto nossos mixurucas radios mal vao a 600Mw (plaquinas usam 63Mw, um celular facilmente chega a 800 - 1000Mw, pegue o manual do seu e tire a duvida. A radiobase (torre) tem potencia maior ainda... todo dia voce sobe na sua torre fica la pendurado e nao rola nada, se um tecnico de telefonia ficar la o dia todo, no final do dia ele vê o que é bom pra dor de corno... e a longo prazo ele ve o que ocorre na vida dele.

    Uma plaquinha tipo aquela da Vivo tem uma potencia danada e uma excelente sensibilidade, a frequencia nao importa muito nesse caso, pois todos nos sabemos que 850 a 1900Mhz tem comprimentos de ondas diferentes.
    E aí vem a pergunta: Nós com 600mW já estaremos poluindo. E estes caras com toda esta potencia.
    Será porque eles organizam o uso da frequencia? E como são sozinhos eles podem gerenciar melhor isso.
    Nós não podemos, até porque tem lugares onde tem muita gente "no ar". Aí cada um que levanta a potencia vai degringolar para o outro.
    Mas e se em cada cidade pudesse se entrar num acordo e usar canais separados? Na configuração AP+WDS a rede toda tem que estar no mesmo canal. Pelo menos cada "perna" da rede. Deste modo não diminuiria bastante as interferências?
    Mas aí vem outra pergunta que me incomoda: se eu tenho toda a minha rede em AP+WDS, tudo no mesmo canal, eu não poderei estar causando interferencias para mim mesmo?



  5. #5

    Padrão

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Mas aí vem outra pergunta que me incomoda: se eu tenho toda a minha rede em AP+WDS, tudo no mesmo canal, eu não poderei estar causando interferencias para mim mesmo?
    para isso nao teria q usar WDS em 2.4Ghz, teria q fazer PtP com 5Ghz e AP final para clientes em 2.4Ghz.

    faça celdas como empresa de telefonia celular.

    as empresa de celular nao usam mesmo radio para interligar as celdas.. usam outro radio.

    Abraços
    Lee

  6. #6

    Padrão

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    E aí vem a pergunta: Nós com 600mW já estaremos poluindo. E estes caras com toda esta potencia.
    Será porque eles organizam o uso da frequencia? E como são sozinhos eles podem gerenciar melhor isso.
    Nós não podemos, até porque tem lugares onde tem muita gente "no ar". Aí cada um que levanta a potencia vai degringolar para o outro.
    Mas e se em cada cidade pudesse se entrar num acordo e usar canais separados? Na configuração AP+WDS a rede toda tem que estar no mesmo canal. Pelo menos cada "perna" da rede. Deste modo não diminuiria bastante as interferências?
    Mas aí vem outra pergunta que me incomoda: se eu tenho toda a minha rede em AP+WDS, tudo no mesmo canal, eu não poderei estar causando interferencias para mim mesmo?
    Olhe... É muito raro ou eu ainda nao ouvi falar de ninguem que tivesse uma torre de provedor de internet via rádio que fosse contruida e equipada por engenheiros formados e tecnicos muito bem pagos so pra cuidas dela...

    Voce pega uma vivo da vida... Vivo nao, vamos de coisa menor... uma radio FM, pra levantar uma torre de FM, tem que ter equipamento profissional, homologado, engenheiro, SCM, o escambau COM TUDO CERTO, e uma frequencia que o governo te dá exclusiva...

    O cara vai la e poe um transmissor de 50 Watts (isso mesmo, milhares de vezes mais potente que qualquer "radinho ou plaquinha" da vida e vela que entre 88Mhz e 108Mhz existe centenas de frequencias possiveis com espacamento de alguns Mhz.

    A pergunta é... Uma FM interfere na outra? NAO

    Voce ja escutou a conversa de alguem no seu celular por causa de interferencia?

    Agora o cara vem de lá, bota uma torre Wireless, mete amplificador sem conhecimento tecnico algum atrapalha tudo e quer ter internet boa? Porque voce acha que a Anatel exige um engenheiro pra emitir uma SCM?