+ Responder ao Tópico



  1. Existe uma diretiva no windows xp que aponta para micrososft. Fical em secpol.msc > Configuração do computador > Modelos Administrativos > Windows componente > Windows update > Specify intranet Microsoft update service location. Aqui eu na empresa, visualizei usando o rsop.msc, pois eu sei que a diretiva foi incluida pelo AD e eles apontaram para um server wsus interno. Não sei se pode, mais se apontarmos para o server squid?

  2. complica demais... tem que ser de forma transparente pro usuario.



  3. Fred, dei uma boa olhada no script e pesquisei em sites documentacao sobre perl e consegui entender bem o funcionamento dele.
    Estou quase apto pra ajudar tambem na parte de perl.
    soh tenho 2 duvidas.

    1ª - qual a funcao disso: $|=1;
    ja pesquisei um monte e nao econtrei.

    2ª - open $fh, ">>/tmp/debug_url_redirect.log";
    se esse comando esta pegando o conteudo do arquivo e jogando pra variavel $fh, como eh que o array @x recebe o conteudo pra que o split separe o string?

    nao consegui entender isso.

  4. Espero não estar bangunçando nada.
    Veja se ajuda:
    Autor: Carlos Duarte, apostila encontrada no apostilando.

    2.2. Arrays
    Prefixam-se por “@” (ex: “@a”), contêm zero ou mais escalares, e indexam-se numericamente:
    @a = (1, "xpto", 3.5); # dois números e uma string
    @b = (); # array vazio
    @c = (1..5) # mesmo que (1,2,3,4,5)
    @copy = @c; # copia de @c
    $copy[0] = 12; # set do primeiro elemento a 12: (12, 2,3,4,5)
    Notas
    :
    • em modo escalar (
    "scalar @copy", ou "$a+@copy"), o valor de @copy é o número de elementos
    no
    array:

    for ($i=0; $i<@a; $i++) { print $a[$i],"\n"; }
    escreve todos os elementos de
    @a

    • os
    arrays (como tudo o resto) em perl são zero based, i.e. o primeiro elemento de um array, tem index 0

    (
    $a[0]) e o último tem index @a-1 ou $#a ($a[@a-1] ou $a[$#a])

    2.3. Arrays associativos (hashes)
    Prefixam-se por “%” (ex: “%a”), contêm zero ou mais pares chave/valor (
    key/value), em que ambos são
    escalares, e indexam-se por
    strings.
    Internamente,
    não é mantida a ordem dos elementos que constituiem a hash1 (ver “funções úteis para
    arrays associativos”, §9.5,
    p13).

    %a = ("carlos", 12, "joao", 34, "xpto", 15);
    $b = $a{"carlos"} # $b vale 12
    $a{’joao’} = 44; # $a{’joao’} muda de 34 para 44
    Notas
    :
    • o número de elementos de uma lista tem que ser par, para poder ser atribuída a uma
    hash.




  5. nao ajudou muito mas valeu a iniciativa!







Tópicos Similares

  1. Squid. Msg de erro apó o STOP
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 25-08-2003, 13:42
  2. Squid - limite de usuarios (authenticate_children 32)
    Por Wal no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 01-08-2003, 17:32
  3. Usar Squid atraves de outro Proxy
    Por lucianotome no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 4
    Último Post: 20-05-2003, 10:24
  4. Firewall + Squid ==> Estao de Ficando meio Maluco.
    Por A-Marcio no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 28-03-2003, 20:43
  5. Socorro - Squid parou de autenticar após atualização de paco
    Por Ganymede no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 17-02-2003, 13:17

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L