+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão rede mash pequenas cidades, alguem fez???

    oi ontem estavamos comversando com um amigo, e gurgiu a ideia de implantar aqui uma rede mash, a pergunta e a seguinte, sera viavel uma rede mash para no maximo 200 clientes, distrubuidos em pelo menos 10 ap´s ???
    que equipamento usar, ap´s comum´s com aprouter 6.1 sera que aguenta????

    alguem ja montou algo assim na pratica?????

    se algum colega ja fes isso na pratica, pelo amor de des postar os resultados aqui, agradeço sinceramente....

  2. #2

    Padrão

    opa ningme se aponta, ??? ningem montou nada em mash, estiv endo equipamentos da meraki, nâo sao tao caros, so que nao e bridge, daie f... cada ap teria um x de banda e nao tem como limitar cliente a cliente, fica imviavel, uma pena, pois eses meraki estâo homologados ja..



  3. #3

    Padrão

    Desculpe a ignorância, mas esse mesh seria pra eu usar um notebook pela cidade sem visada como a rede de celular por ex???

  4. #4

    Padrão

    Citação Postado originalmente por islan Ver Post
    Desculpe a ignorância, mas esse mesh seria pra eu usar um notebook pela cidade sem visada como a rede de celular por ex???
    Na rede mesh a configuração dos roteadores não é como Infraestrutura, mas sim como AdHoc e modo cliente.
    Assim, em cada usuário há necessidade de permanecer ligado o AP e ter uma antena omini, pois no conceito mesh, o sinal vai sempre procurar o melhor caminho para chegar ao destino.
    Cada nó na rede comporta-se como uma repetidora.
    Assim, no caso de um notebook "viajando" pela cidade, ele irá sempre tentar conectar no melhor caminho. Se para um lado na dá visada, pode ser que para o outro dê, e assim a rede vai "fluindo"
    Além disso o AP deve suportar um protocolo apropriado, como o OLSR por exemplo.

    Ísto é o que eu entendi ao ler matéria sobre o tema. Mas como tudo é muito novo, algumas informações ainda não são tão precisas.
    Os relatos que se encontra dão bons elogios, mas na prática não achei nada que ensine como fazer.
    Alguns APs como o GTS já vem com suporte ao protocolo OLSR, mas quando entrei em contato com eles para obter mais informações práticas, eles me informaram que não tinham ainda experiencia no assunto. O próprio manual deles repete o que está escrito em vários sites do assunto.

    Mas eu tenho algumas dúvidas:
    por ex, já que está configurado como cliente, significa então que não será achado o sinal pelo site survey?

    E como tudo depende de APs próximos uns dos outros, significa que seria "teoricamente" possível colocar um AP em cada quarteirão, por exemplo e assim cobrir uma área extensa, com instalações bem discretas, dispensando até mesmo uma torre alta para centralizar a distribuição?



  5. #5

    Padrão

    bom eu tambem ate agora somente andei lendo, mas isso do cliente virar retransmisor tambem, tem como ate com pci`s mas cada cliente tem que instalar um aplicativo, tipo um plugìn do winamp, algo apresido, dai sim fica transmitindo nao sei se depende da plca, se tiver suporte ou nâo, sei la, ainda temos muito que testar e ver na pratica....
    ap router tem suporte teoricamente, mas nao temos maiores informaçôes...
    nada documentado, um amigo aqui do forum colocou um post, onde teria que alem de abilitar a opçâo mesh ainda colocar um baita de um script para poder fazer funcionar hehehhe...
    tem os merakis , radios ap`s repetidores, baratos e facil de fazer funcionar ao que parese, so que tem uma contra, nao tem como controlar banda dos clintes, pois cada radio e uma espeçie de gateway, imposibilitando o repase de mac e ip.... dai ja viu ne...
    o bom deses meraki e que estâo homologados ja, e tambem ao que parese nâo custào muito caro, algo em torno de 300 e pouco, bom, teremos que ver como fazer...
    Última edição por alexsuarezferreira; 05-09-2008 às 13:58.

  6. #6

    Padrão

    O negócio seria usar como bridge e com o mesh ativado. Pleo menos no GTS parece ser simples a configuração.

    E deixar tudo para o Mikrotik resolver como servidor.

    Mas eu ainda acho que vai ficar um gargalo danado.
    Um colega em outro post antigo me informou que testou e deu gargalo.
    E este negócio de saltar de AP em Ap deve dar também um retardo na rede.
    Em cada AP que passar vai ter que haver um processamento dos dados, por menor que seja.
    Como será que fica o ping? Quem já testou e comprovou se isso acontece mesmo?



  7. #7

  8. #8

    Padrão

    pois e , ate o momento ninguem respondeu, o mikrotik agora tem suporte a mash tambem, so que nao pude achar material sobre o asunto...



  9. #9

    Padrão

    Citação Postado originalmente por alexsuarezferreira Ver Post
    pois e , ate o momento ninguem respondeu, o mikrotik agora tem suporte a mash tambem, so que nao pude achar material sobre o asunto...
    Alex, tem um tópico sobre mesh de alguns meses atrás, onde o compaenheiro testou. Disse que funcionou mas que dá um gargalo.
    Por outro lado, os grandes fabricantes já estão usando o MIMO+Mesh para redes metropolitanas. Só que os rádios tem uma capacidade maior de processamento.
    Estes APs que estamos acostumados devem mesmos ficar sobrecarregados.

  10. #10

    Padrão

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Alex, tem um tópico sobre mesh de alguns meses atrás, onde o compaenheiro testou. Disse que funcionou mas que dá um gargalo.
    Por outro lado, os grandes fabricantes já estão usando o MIMO+Mesh para redes metropolitanas. Só que os rádios tem uma capacidade maior de processamento.
    Estes APs que estamos acostumados devem mesmos ficar sobrecarregados.
    bom MIMO junto com mash pode ser uma boa.



  11. #11

    Padrão

    bom, depois de muito tempo longe, voltei...

    eu tenho uma rede mesh, em interior, onde muitos morros,
    20 clientes por enquanto, devido a ser interior a população é pequena, funciona muito bem,
    uso mikrotik em cada ponto, e somente mikrotik, nos clientes tbem é mikrotik.

    mikrotik com omni em tudo,

    funciona legal, latencia baixissima, estavel, auto configuravel, versao mk usando 3.16.

    duvidas só falar

  12. #12

    Padrão

    Citação Postado originalmente por jhonnyp Ver Post
    bom, depois de muito tempo longe, voltei...

    eu tenho uma rede mesh, em interior, onde muitos morros,
    20 clientes por enquanto, devido a ser interior a população é pequena, funciona muito bem,
    uso mikrotik em cada ponto, e somente mikrotik, nos clientes tbem é mikrotik.

    mikrotik com omni em tudo,

    funciona legal, latencia baixissima, estavel, auto configuravel, versao mk usando 3.16.

    duvidas só falar
    Se fabricantes e desenvolvedores de software estão se embrenhando por estes caminhos é porque deve dar certo. O que pode acontecer, e realmente acontece é que nós sem muita experiência, fazemos algo e não dá aquilo que queríamos e logo decidimos: não funciona. Mas se continuarmos testando, observando resultado, trocando experiências, vamos achar uma solução viável.
    Por ex. este exemplo do amigo, aproveitando a implementação do mesh no MK, já é um bom início. Só que tudo com MK acaba ficando meio salgado. Mas é uma prova de que funciona.
    Mas sempre vai haver aqueles que vão dizer que não dá certo. Desde os tempos do radioamadorismo, eu tenho visto este tipo de comentário. Apareceu um argentino com uma inovação em matéria de antena para faixa de 80/40 metros que ele passou a divulgar. Era chamada de W3DZZ. Era o indicativo do radiomador que havia desenvolvido as bobinas para a antena. Precisava ver a quantidade de comentários negativos. Mas hoje é de uso pacífico. Se todo mundo na época fechasse a mente, ninguém mais falaria dela. NO meio radioamadoristico sempre foi muito forte o corporativismo contra inovoções. Felizmente hoje não é mais assim.
    Podem ter a certeza: em todos os campos da vida sempre vai aparecer alguém que terá uma solução melhor. Por isso precisamos estar atentos e receptivos. Algumas idéias realmente não irão a frente mas outras quem sabe....



  13. #13

    Wink Redes Wi-Mesh

    Amigos,

    A rede Mesh foi projetada para soluções restritas, ou seja, aquelas que dependem de comuniocção intercalada parecida com a rede Peer ou Ad-hoc, isso um colega já citou acima, no entanto a topologia é esta e sem precedentes, porém obviamente em Radio-Frequencia, tudo o que é aproveitado é degradado.

    Este tipo de rede não proporciona velocidade ou desempenho como redes PTP ou PTMP.

    É a mesma cosa com WiMax, muita gente ainda acha que é a solução de todos os problemas, mas não é, esta tecnologias sõ muito eficazes para algumas aplicações, no entanto cada uma tem a sua caracteristica em específoco.

    Para esta topologia que o amigo citou de 200 clinetes, obviamente eu diria que a melhor solução é com rádios que ofereçam gerencimanto e processamento adequeado.

    Divida sua rede em células, configure cada célula em modos PTMP pois assim sua rede não divulgará beacom tornando cada célula mais estável e direcionada.

    Suguiro que utilizae célular de no máximo 20 clientes ( LIMITE ) pois também é necessário avaliar a banda que ele vende e a multiplexação do link e seus usuários.

    Setorize e calcule cada célula para não sobrar potencia que pode acabar interferindo em suas propiras celulas derrubando a sua rede.

    Feche os backhaul em 5.8 ou mesmo em WiMax

    Coloque antenas calculadas sem exageros de ganho para não dar EMI em excesso.


    Assim imaino que sua rede fique mais estável e com uma banda bem larga para tráfego de seus clientes e aos poucos vai trocando estes rádios que tem ai pois eles são rádios que não vão lhe trazer garantias a médio ou longo prazo.

    Sempre passo estes tópícos aos meus alunos para que se torne mais claro o conhecimento de RF

    Procuro ensinar sempre o mais próximo do real, pois a prática é bem interessante, mas sem a teoria, damos tiros no escuro.

    Abraços

  14. #14

    Padrão

    Pessoal vamos esperar o maga postar o material sobre o assnto aqui no FORUm depois analisaremos e agradeceremos, porque tambem preciso montar isso logo aqui pra ver se funciona.



  15. #15

    Padrão

    Citação Postado originalmente por jhonnyp Ver Post
    bom, depois de muito tempo longe, voltei...

    eu tenho uma rede mesh, em interior, onde muitos morros,
    20 clientes por enquanto, devido a ser interior a população é pequena, funciona muito bem,
    uso mikrotik em cada ponto, e somente mikrotik, nos clientes tbem é mikrotik.

    mikrotik com omni em tudo,

    funciona legal, latencia baixissima, estavel, auto configuravel, versao mk usando 3.16.

    duvidas só falar
    amigo... mais alguma coisa sobre mesh??

  16. #16

    Padrão

    rede funcionando ainda, sem problemas, a nao ser o link ptp a ptp que era de apenas 2 km e era a RB e o cartao com defeito, mas ja corrigido.

    funciona vem, uns 30 clientes, nenhum esta a mais que 5 saltos de distancia, nao testei com mais, devido a pouca população,,

    sobre mesh tem os radios novos da gilink agora, custo baixo, facil gerenciamento, falta testar pra ver ser é bom,,, nao to arriscando ainda.



  17. #17

    Padrão

    Citação Postado originalmente por jhonnyp Ver Post
    rede funcionando ainda, sem problemas, a nao ser o link ptp a ptp que era de apenas 2 km e era a RB e o cartao com defeito, mas ja corrigido.

    funciona vem, uns 30 clientes, nenhum esta a mais que 5 saltos de distancia, nao testei com mais, devido a pouca população,,

    sobre mesh tem os radios novos da gilink agora, custo baixo, facil gerenciamento, falta testar pra ver ser é bom,,, nao to arriscando ainda.
    Notei alguns prós e contras.
    Na verdade o que mais chama a atençao nestes gi-link não é nem o rádio em sí, pois outros rádios se propõe a fazer mesh também, mas o soft de gerenciamento da rede. A facilidade de configurar é muito grande.
    E a possibilidade de ter vários gateways espalhados pela cidade, permitindo assim que o tráfego não fique concentrado numa só saída, é uma boa. No entando aí perde a centralização do controle que se tem com o mikrotik. Mas o soft faz controle de banda, balanceamento de carga.
    Tem possibilidade de ter 3 SSID. Dá para usar um na comunicação entre os rádios e pode estar criptografado. E deixar outro SSID aberto para o Portal Captive, onde novos usuários podem se cadastrar e conseguir então o contato com a empresa para conseguir a liberação de navegação. Este recurso eu achei interessante porque abre as portas de um verdadeiro hotspot, onde dá para liberar o tráfego para aquele mac visitante por um tempo que se determina, e também integração com sistema de cobrança. O sujeito conecta no hotspot, emite boleto ou então paypal e na confirmação já libera. Segundo informaram está em implantação um sistema online de pagamento mais popular no Brasil, já que o PayPal não é dão difundido por aqui.

    Está em estudo uma integração com o MK, mas sem data para lançamento.

    Por outro lado, há a necessidade de manter o rádios ligados, o que às vezes não é fácil convencer o cliente. Também a questão de haver um número elevado de antenas omini emitindo sinal de tudo que é lado, penso que poderia criar uma forte interferencia entre eles. Foi dito que não, pois o alcance de cada rádio está limitado a cerca de 150m, com o uso da antena padrão de 2 dbi. Mas está para sair a versão com antena de 7 ou 8dbi. E também a versão de 500mW. Isto pode com o tempo criar ruídos importantes para atrapalhar a rede. Se não a sua, mas outras que poderão vir a concorrer no mesmo espectro de frequencia.
    Mas é mais uma opção que não dá para descartar sem mais nem menos. Estou a fim de fazer um teste. Só que teste não diz muito, pois o comportamento verdadeiro só se tem debaixo de tráfego intenso.

  18. #18

    Padrão

    Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Notei alguns prós e contras.
    Na verdade o que mais chama a atençao nestes gi-link não é nem o rádio em sí, pois outros rádios se propõe a fazer mesh também, mas o soft de gerenciamento da rede. A facilidade de configurar é muito grande.
    E a possibilidade de ter vários gateways espalhados pela cidade, permitindo assim que o tráfego não fique concentrado numa só saída, é uma boa. No entando aí perde a centralização do controle que se tem com o mikrotik. Mas o soft faz controle de banda, balanceamento de carga.
    Tem possibilidade de ter 3 SSID. Dá para usar um na comunicação entre os rádios e pode estar criptografado. E deixar outro SSID aberto para o Portal Captive, onde novos usuários podem se cadastrar e conseguir então o contato com a empresa para conseguir a liberação de navegação. Este recurso eu achei interessante porque abre as portas de um verdadeiro hotspot, onde dá para liberar o tráfego para aquele mac visitante por um tempo que se determina, e também integração com sistema de cobrança. O sujeito conecta no hotspot, emite boleto ou então paypal e na confirmação já libera. Segundo informaram está em implantação um sistema online de pagamento mais popular no Brasil, já que o PayPal não é dão difundido por aqui.

    Está em estudo uma integração com o MK, mas sem data para lançamento.

    Por outro lado, há a necessidade de manter o rádios ligados, o que às vezes não é fácil convencer o cliente. Também a questão de haver um número elevado de antenas omini emitindo sinal de tudo que é lado, penso que poderia criar uma forte interferencia entre eles. Foi dito que não, pois o alcance de cada rádio está limitado a cerca de 150m, com o uso da antena padrão de 2 dbi. Mas está para sair a versão com antena de 7 ou 8dbi. E também a versão de 500mW. Isto pode com o tempo criar ruídos importantes para atrapalhar a rede. Se não a sua, mas outras que poderão vir a concorrer no mesmo espectro de frequencia.
    Mas é mais uma opção que não dá para descartar sem mais nem menos. Estou a fim de fazer um teste. Só que teste não diz muito, pois o comportamento verdadeiro só se tem debaixo de tráfego intenso.
    Concordo com vc 1929, estou aguardando a chegada de uns radios destes aqui na empresa para passar para 1 cliente testar, pois a rede deste realmente tem um fluxo consideravel, assim q tiver o produto em mãos posto as primeiras impressões.