+ Responder ao Tópico



  1. #25

    Padrão

    Solução própria

    É preciso obter na Anatel uma licença de Serviço de Rede Privado, na submodalidade Serviço Limitado Privado (SLP), considerado de interesse restrito. Esta opção é bastante recente. As normas foram aprovadas pela Anatel em março de 2007, especificamente para atender às demandas da municipalidade por serviços relativos a educação, cultura e informação via acesso a um portal da prefeitura.

    Esta alternativa surgiu dos estudos e análises técnicas feitas por especialistas da Anatel. Eles constataram que, em função do avanço da tecnologia sem fio, muitas prefeituras já vêm instalando sistemas de telecomunicação em freqüência de radiação restrita, ou seja, dentro de limites preestabelecidos, para oferecer a seus cidadãos não somente acesso à Internet, mas também a uma série de serviços municipais antes disponíveis apenas com a presença física.

    Agora, os serviços da prefeitura classificados como de uso próprio, e destinados à comunidade, podem ser utilizados tanto nos canais tradicionais – guichês, telefones, centros de atendimento, terminais de auto-atendimento, bibliotecas, telecentros, etc. – quanto via acesso remoto em computadores individuais. A licença do Serviço Limitado Privado (SLP) custa R$ 400 e tem algumas restrições: está condicionada à gratuidade do acesso e é válida apenas para os serviços da prefeitura e dentro do território municipal.

    Para mais informações sobre o SLP, consulte a Norma 13/97, do Ministério das Comunicações, e as Resoluções 365, 387 e 461 no portal da Anatel em Informações Técnicas > Biblioteca > Resoluções.

    Freqüências e licenças

    A prefeitura também precisa optar se irá usar sistemas de tecnologia baseados em faixas de radiofreqüência licenciadas, ou seja, vendidas pela Anatel a empresas privadas por meio de licitação, ou não-licencidadas,isto é, aquelas que não sofrem fiscalização direta deste órgão regulador na prestação de serviços ao usuário.

    Para cada serviço de telecomunicações, a Anatel destina uma determinada faixa de freqüência.
    Alguns serviços e suas respectivas faixas de freqüência precisam obrigatoriamente de licença da Anatel. Outros, que utilizam equipamentos de radiação restrita, ou seja, dentro de limites preestabelecidos, dispensam esta formalidade.

    Entretanto, mesmo para as faixas de freqüência não-licenciadas, é indispensável que os equipamentos empregados tenham um certificado de homologação da Anatel. Isto é necessário para assegurar que tais equipamentos estão de acordo com as regras internacionais para o oferecimento de serviços à população.

    Para mais informações sobre os equipamentos de radiocomunicação de radiação restrita, consulte a
    Resolução 365/2004 no portal da Anatel em Informações Técnicas > Biblioteca > Resoluções.

    No caso das tecnologias sem fio para banda larga, o quadro de freqüências e licenças é o seguinte:

    Serviço/Tecnologia Faixas de freqüência Licença da Anatel Wi-Fi 2,4 GHz
    5,0 GHz
    Não, exceto para localidades com população superior a 500 mil habitantes. Não Mesh 2,4 GHz
    5,0 GHz
    Não, exceto para localidades com população superior a 500 mil habitantes. Não WiMAX ¹ 2,5 GHZ
    3,5 GHz
    10,5 GHz
    Sim
    Sim (2)
    Sim (2)
    3G 1,9
    2,1 GHz
    Sim, exclusivamente para as operadoras de telefonia móvel, e ainda em licitação pela Anatel.

  2. #26

    Padrão

    eu nem ligo muito por que esses caras não cumprem o que dizem mesmo



  3. #27

    Padrão

    Citação Postado originalmente por parreira13 Ver Post
    eu nem ligo muito por que esses caras não cumprem o que dizem mesmo

    pode ate ser, vamos ver agora no que da, pois agora sim, vamos ver um projeto deses em uma cidade que e o principal mercado do pais, se nao der nada la, podemos ir fechando as portas...


    Folha Online - Brasil - Projeto de internet de Marta gera dúvida - 16/09/2008

  4. #28

    Padrão

    Citação Postado originalmente por luisteba Ver Post
    Solução própria



    Para mais informações sobre os equipamentos de radiocomunicação de radiação restrita, consulte a
    Resolução 365/2004 no portal da Anatel em Informações Técnicas > Biblioteca > Resoluções.

    No caso das tecnologias sem fio para banda larga, o quadro de freqüências e licenças é o seguinte:

    Serviço/Tecnologia Faixas de freqüência Licença da Anatel Wi-Fi 2,4 GHz
    5,0 GHz
    Não, exceto para localidades com população superior a 500 mil habitantes. Não Mesh 2,4 GHz
    5,0 GHz
    Não, exceto para localidades com população superior a 500 mil habitantes. Não WiMAX ¹ 2,5 GHZ
    3,5 GHz
    10,5 GHz
    Sim
    Sim (2)
    Sim (2)
    3G 1,9
    2,1 GHz
    Sim, exclusivamente para as operadoras de telefonia móvel, e ainda em licitação pela Anatel.
    Companheiro, esta distribuição de atribuições de frequencias me interessou saber mais de perto. Especialmente com respeito as utilizadas pelas Teles, nossas grandes concorrentes.



  5. #29

    Padrão

    Citação Postado originalmente por luisteba Ver Post
    As prefeituras nem precisam de licensa scm porque eles podem operar na faixa de 4.9 frequencia destinada justamente para prefeituras e orgÃos de seguranÇa por exemplo.
    Você tem certeza disso que está falando? 4,9 Ghz? A um tempo prescisei dessa informação e ninguém teve certeza, por favor comente mais sobre isso.

  6. #30

    Padrão

    Citação Postado originalmente por shawnsk8 Ver Post
    concordo plenamente tentar impedir que o governo inclua digitalmente essas pessos parece ate piada, pior foi quando tinham poucas lojas de computadores como a que eu trabalho e começaram a vender computadores em supermercados lojas de moveis tudo em 48000 X sem juros e com incentivo do governo que cobra menos impostos dessas lojas sobre a venda de computadores deviamos ter entrado na justiça pra impedir que as pessoas tenha melhores preços e mais facilidades na hora da compra. Chego a concordar com dono do topico em estar p da vida mais tentar impedir que pessoas tenha tal facilidade chega e ser engraçado fosse assim os donos de carro pipa tinha que brigar com a sabesp e com as prefeituras que colocaram agua encanada nas casas.

    É mas a prefeitura nao está dando agua de graça entendeu? isso é livre concorrencia, mas de graça cabe recurso sim, pois a prefeitura existe para atender a população em coisas importantes de verdade como a saude, por exemplo. E pelo que consta alem de perder receita (afeta a responsabilidade fiscal) eles estarão fornecendo um serviço que é atendido por empresas privadas..
    Seria o mesmo então que dar combustivel de graça a titulo de inclusão Geográfica né! Em analogia voce compra seu carro (computador) e não paga mais pelo combustível (navegando por conta do governo).
    Acha isso correto? sinceramente eu não!