+ Responder ao Tópico



  1. #13

    Padrão

    Essa ultima imagem eu ja vi em um lugar, acho que o kra tava usando um AP Linksys que recebe/envia, ou splitter e wds...vai saber.

  2. #14



  3. #15

    Padrão

    Citação Postado originalmente por lipeiori Ver Post
    Essa ultima imagem eu ja vi em um lugar, acho que o kra tava usando um AP Linksys que recebe/envia, ou splitter e wds...vai saber.
    Ele disse que faz sem o splitter. E sem dividir o sinal.

  4. #16

    Padrão TELE CONTROLE

    As companhias de energia elétrica podem contratar os provedores de internet para fazer a medição de energia elétrica, corte e religação. Tudo por web. O diagrama a baixo é o modelo que foi implantado numa cidade do RS.
    Provedor de internet serve para muitas coisas.
    Interessante seria, divagarmos sobre poluição mas o tópico esta trancado.http://www.harepix.com/images/880900154.jpg

    Gilvan Enriconi
    www.geenge.com.br



  5. #17

    Lightbulb

    Citação Postado originalmente por GilvanEnriconi Ver Post
    Gilvan,

    Você poderia explicar melhor esse conceito ai? Sei que você trabalha com fabricação de antenas e cursos, mas garanto a você que se compartilhar um pouco do seu conhecimento não vai perder clientes para seu curso, ao contrario vai conseguir mais pessoas interessadas.

    Tem muita gente aqui no forum que compartilha o conhecimento e ainda por cima ganha com isso, por exemplo o CATV ele domina muito de mikrotik inclusive fez ate uma apresentação no NUM. Ele já contribuiu muito e ainda contribui bastante com o forum e frequentemente realiza cursos / consultorias pela internet, não faltam pessoas para os serviços dele.

    Muita gente aqui do forum quer coisa pronta, não quer pensar e tentar, querem receita pra tudo.

    Nos que respondemos aos seus topicos ao contrario, estamos quebrando cada vez mais a cabeça para entender o que você diz. Não queremos que você ensine o metodo passo a passo ou faça uma receite de bolo, mas que nos indique o caminho.

    Abraço

  6. #18

    Padrão Compartilhar conhecimento traz mais crescimento do que se imagina

    Segue texto muito bom de autoria de Sílvia Somenzi

    " Compartilhar é uma palavra intrigante.

    Por que? Porque significa que algo que você considera seu poderá ser utilizado por outra pessoa, e com a sua permissão.

    Além de identificar uma atitude altruísta, o que sempre é positivo, significa estar disposto a contribuir para o crescimento do outro, que sempre está atrelado ao seu próprio crescimento.

    Quando você compartilha o seu conhecimento, você não está apenas dividindo ou repassando informação, você está abrindo espaço para a troca e para o crescimento como pessoa e profissional. Seu e do outro.

    Muitas pessoas persistem no equívoco de que conhecimento deve ser tratado como um nicho, em que um único dono deve ser o tratado como o “imperador da informação”. Completamente errado. Compartilhar faz com que você se direcione a buscar mais, e faz com que os outros também busquem mais como você.

    Esta atitude faz com que o que era considerado complexo ou único passe a fazer parte da rotina e todos tem de encontrar novos desafios para enxergar novas perspectivas para si próprio.

    No mundo dos negócios, ganha mais quem mais compartilha conhecimento. Porque todos querem saber, todos querem comprar, todos querem crescer.

    Se você está disposto a crescer e fazer de seu negócio ou carreira um sucesso, não se limite ao seu mundo. Compartilhe com seus aliados, com a sua equipe ou com seus colegas o seu conhecimento. Este é o verdadeiro sentido do crescimento.

    Quando lhe perguntarem se você teme repassar conhecimento, não exite em dizer que o conhecimento precisa ser compartilhado, pois você pensa no outro como se fosse você mesmo.

    Na verdade, saber compartilhar é evoluir, mais que qualquer coisa. É não se limitar, mas expandir os limites, até onde você desejar, que pode significar aboli-los.

    Saiba que o único limite possível é apenas o seu entendimento a este respeito. Compartilhe. "

    Outros textos da autora: Baguete - Tecnologia e Informacao - jornalismo empresarial digital