Página 6 de 7 PrimeiroPrimeiro ... 234567 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Não.
    Um rádio comm uma só saida de RF e duas antenas. Sem divisor de potência.

    Citação Postado originalmente por lipeiori Ver Post
    Um radio com 2 saidas RF entao?

  2. TEMA DE CASA

    Preciso que vocês me ajudem. Estou as ordens para qualquer um para os serviços leves. O serviço pesado fica para vocês.
    Primeiro vou fazer uma boa afirmação, mas antes vou ser muito cauteloso. Porque posso receber mísseis vindo de alem fronteira destinados a explodirem na minha cabeça.
    Tenho dito que há muita diferença entre Fenômeno físico e Modelo. Falei até dos artifícios que se cria para interpretar o fenômeno físico. Quem compreendeu isso, deverá embarcar no trem deste novo tópico.Lá vai:
    Enlace Ponto a ponto existe!
    Enlace Ponto Multiponto não existe!
    Continuam bem sentados?
    Pois é. Precisamos explorar este conceito junto. Uma antena quando está ligada num AP, temos por definição ser uma antena multiponto. Porem, esta antena, nunca estará ligada ao mesmo tempo com outras duas. Nem estará recebendo e transmitindo ao mesmo tempo. O Roteador não deixa. É sempre uma coisa de cada vez. Logo, no domínio do tempo, para dada posição do roteador a antena do AP está se comunicando com apenas outra antena de cliente. Sendo assim, só existe ponto a ponto.
    Concordam?
    O radinho pode ser multiponto e leva o apelido de AP. Ou então o radinho pode ser cliente. Entre as antenas só existe ponto á ponto.
    Este conceito é muito importante para estudos que faremos posteriormente. O Tema de Casa é uma pergunta.

    Que tempo existe entre o envio de dois pacotes? Não sei essa resposta, quem souber me responda. Acredito que seja uma constante de tempo determinada pelo TCPIP, alguém sabe me responder em unidade de tempo?

    Vejam como é importante: Se o cabo coaxial tiver um comprimento tal que a onda para percorre-lo demore mais que o tempo entre dois pacotes, podemos determinar um comprimento mínimo do cabo coaxial, de tal forma que a onda refletida não encontre a onda fundamental. Logo nesta instalação não haveria onda estacionária. Este será um dos temas do próximo curso.
    Mandem resposta sobre este tempo. Esta resposta está na área de conhecimento de vocês. Vão trabalhar.



  3. Caramba, Gilvan,
    Tu é o Engenheiro e nós os testadores de teoria.
    E com certeza tu tem alguma coisa por trás desta questão.
    Mas penso eu, aplicando aquilo que estudei para o exame de radioamador, que é o básico de radioeletricidade, acho que o tempo que tu se refere, pode ser expresso pela senoide desta onda emitida.

    Havendo um perfeito casamento, proporcionado pelo comprimento correto do cabo, e também casando a impedância da saída do rádio com a entrada da antena, não haveria ondas estacionárias e consequentemente ROE zero. Mas sabemos que isso na prática não é bem assim.
    Nos transmissores de HF, onde a saida é projetada para casar a impedancia no tanque final, muitas vêzes se usa um acoplador de antenas para conseguir artificialmente este casamento.
    Daí tinha aquelas antenas para PX, como a quadra cúbica e outras onde se construia um dispositivo na própria antena para fazer também este casamento. É uma espécie de cursor para ajuste.
    Ou seja, tudo que é emitido sai pela antena.
    Mas nunca vi isso aplicado para estas frequencias altas.

    Concordo que num dado momento só uma solicitação do AP pode ser respondida e assim naquele momento é um ponto a ponto. Mas na fração de segundo seguinte o ponto a ponto já estará noutra direção. E é esse o papel do AP. Cabe a ele gerenciar tudo isso. Mas quando ele está atendendo uma solicitação e chega outra, de outra direção, ela não vai competir no sinal, enquanto aguarda a sua vez de ser atendida?
    Pelo que andei lendo, o Ap vai ter que mandar uma mensagem ao solicitante dizendo que aguarde. Então este solicitante neste intervalo não vai enviar novo sinal e conseguentemente não haverá interferencia ou sobreposiçaõ?.
    É isso que tu está se referindo?
    Mas e se tiver um rádio que não é da rede a emitir sinal e este chega a tua antena? Como o AP iria fazer este gerenciamento já que o rádio é um, digamos assim, intruso?

    Caramba, acho que vou parar por aqui, já estou falando coisas do outro mundo que talvêz não tenha nada a ver....

  4. 1929
    Te lembra que o sinal que os rádioa amadores usavam era com técnica de transmissão analógico, ou seja o sinal estava constantemente sendo transmitido. O sinal irradiado pelas redes wireless, são de modulação digital e com técnica de transmissão digital, ou seja quando ele se conecta com um cliente, a maior parte do tempo o espectro está sem informação nenhuma, apenas no período do pacote é que existe ocupação da banda. Na velocidade quase igual a da luz isso é muito significativo. Pode-se dizer que o rádio esta quase sempre desligado. O intervalo de tempo entre dois pacotes, é muito maior que o tempo de um pacote.
    Gilvan



  5. Citação Postado originalmente por GilvanEnriconi Ver Post
    1929
    Te lembra que o sinal que os rádioa amadores usavam era com técnica de transmissão analógico, ou seja o sinal estava constantemente sendo transmitido. O sinal irradiado pelas redes wireless, são de modulação digital e com técnica de transmissão digital, ou seja quando ele se conecta com um cliente, a maior parte do tempo o espectro está sem informação nenhuma, apenas no período do pacote é que existe ocupação da banda. Na velocidade quase igual a da luz isso é muito significativo. Pode-se dizer que o rádio esta quase sempre desligado. O intervalo de tempo entre dois pacotes, é muito maior que o tempo de um pacote.
    Gilvan

    Pera aí, ísto é novo para mim.
    Tu está dizendo que os rádios só emitem o sinal no momento da conexão?
    Então para que serve o beacom? Tem vantagem em aumentar o diminuir o beacom?

    Quanto ao analógico, correto, é diferente, mas os princípios de física de radiofrequencia devem ser os mesmos. Mas o comportamento da onda é que deve ser diferente nas frequencias altas.
    E no digital, o tratamento destas emissões é que é regido por protocolos diferentes. É isso?






Tópicos Similares

  1. Existe algum tipo de Ghost para linux?
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 24-05-2003, 14:40
  2. Erro de instalação!!
    Por mmacoli no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 09-04-2003, 19:09
  3. que tipo de cluster usar?
    Por Mr_Mind no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 7
    Último Post: 25-03-2003, 14:46
  4. Erro de Instalação pelo HD no Linux CL8
    Por shakejb no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 25-01-2003, 16:56
  5. Erro de Instalação pelo HD no Linux CL8
    Por shakejb no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 0
    Último Post: 17-01-2003, 22:11

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L