Página 17 de 17 PrimeiroPrimeiro ... 121314151617
+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por Aprendiz Ver Post
    Então levando em consideração que o custo mensal de ter sua PROPRIA SCM e PARCEIRA SCM é relativamente semelhante, a partir de quantos clientes vale a pena ter sua própria SCM.

    Aprendiz
    Depende da sua ambição Aprendiz. Não existe um número mágico que defina isto.

    A parceria habilita você a iniciar a operação sem problemas de licença junto a ANATEL, com baixo custo. Isto dá tempo de amadurecer a idéia sem incorrer em gastos excessivos antes da certeza de estar fazendo um bom negócio.

    Só para ter uma idéia do que quero dizer.

    Recentemente fiz um planejamento financeiro e técnico para um investidor e consideramos as seguintes premissas no projeto:

    Investimento inicial: R$300.000
    Custeio mensal estimado: R$17.000,00
    Estações iniciais: 6
    Assinatura mensal: R$32,84 (sem impostos)
    Instalação: R$38,59 (sem impostos)

    O plano de negócios estima que em 3 anos o número de clientes deverá chegar a 1.100 assinantes prevendo a expansão até 1.600 assinantes em 5 anos.

    O lucro desse negócio chegaria a R$470.000 em 5 anos, sendo que parte desse lucro seria devido ao chamado retorno de capital (12% a.a.)

    Se considerar que em um projeto desse o investimento retorna completamente ao investidor, normalmente o sócio aplicando capital próprio, o lucro real seria de R$770.000,00 (limpos).

    Mas poxa, tem que ter 1.600 assinantes? Bem, este foi o projeto e por onde definimos a estratégia de negócios. Claro que dá pra ser melhor ou menores esses números, mas pra um projeto de start-up isso até que é bem tímido.

    A previsão desse investidor é estar presente em 20 municípios de um determinado estado em 12 meses. Claro que o projeto foi para apenas um único município e não tenho autorização para apresentar o projeto completo.

    Mas era isso que eu quis dizer com AMBIÇÃO.

    Abraços,

  2. olá wagner. pois aqui foi os engenheiros do CREA que passaram todas a orientações para o meu engenheiro de como proceder, uma vez que ele era recem formado e não entendia muito bem os tramites burocratico do CREA, e como te falei, hoje ele ele é o responsavel tecnico pela minha empresa no CREA e na ANATEL, e não recebe salario mensal não, agora veja direitinho aí, pois tem jeito sim.



  3. Citação Postado originalmente por wagnerb Ver Post
    Marcelo por acaso onde está descrito esse limite, tem como enviar o link?

    Grato,

    Olha,

    essa informação peguei diretamente no CREA. Mas pode dar uma olhada no artigo 18 da Resolução 336/89 do CONFEA (paragrafo único que fala sobre até 3 empresas, desde que haja compatibilidade de carga horária). Veja: http://normativos.confea.org.br/downloads/0336-89.pdf

    No link abaixo tem uma resolução de um CREA (ES) que abre alguma exceção. Qualquer coisa consulte o CREA do seu estado. Veja:

    http://www.creaes.org.br/downloads/n...E_DE_05_92.pdf

  4. Citação Postado originalmente por MarceloGOIAS Ver Post
    Olha,

    essa informação peguei diretamente no CREA. Mas pode dar uma olhada no artigo 18 da Resolução 336/89 do CONFEA (paragrafo único que fala sobre até 3 empresas, desde que haja compatibilidade de carga horária). Veja: http://normativos.confea.org.br/downloads/0336-89.pdf

    No link abaixo tem uma resolução de um CREA (ES) que abre alguma exceção. Qualquer coisa consulte o CREA do seu estado. Veja:

    http://www.creaes.org.br/downloads/n...E_DE_05_92.pdf

    MarceloGOIAS

    Agradeço pelos arquivos. O negócio é que sendo um engenheiro responsável de uma empresa o vínculo é estabelecido mesmo em contrato de prestação de serviço.

    O problema é que fica difícil de um engenheiro se desdobrar em 3 empresas tendo uma jornada mínima de 4 horas por contrato, ou seja, trabalhar 12 horas por dia.

    Segundo as regras é claro, rs.

    Abraços,



  5. Citação Postado originalmente por SilvioFernan Ver Post
    olá wagner. pois aqui foi os engenheiros do CREA que passaram todas a orientações para o meu engenheiro de como proceder, uma vez que ele era recem formado e não entendia muito bem os tramites burocratico do CREA, e como te falei, hoje ele ele é o responsavel tecnico pela minha empresa no CREA e na ANATEL, e não recebe salario mensal não, agora veja direitinho aí, pois tem jeito sim.
    Legal SilvioFernan, o problema é que não tem como não existir vínculo entre empresa e engenheiro. Isto de acordo com as regras atuais Confea/Crea.

    Se você não tem que pagar seu engenheiro mensalmente, tudo bem, bom pra você. Agora esse contrato provavelmente tem uma cláusula falando sobre isto, pagamento. Estabelecido dentro das regras e leis.

    Agora se não estiver e importante que você saiba que quanto menos pessoas souberem disto mais seguro você fica, porque do pouco que entendo não tem como um engenheiro responsável não ter vínculo com a empresa e isto quer dizer que tem que pagar 6 salarios que é o piso do engenheiro.

    Se o caboclo não recebe e assina um recibo dizendo que recebeu ele pode ser penalizado por isso e você também. É um jogo meio que tenebroso.

    Por isso pedi que se possível você reproduzisse o texto do contrato que você tem com o engenheiro, ao menos as cláusulas que traduzissem o vinculo com a empresa, como manda o crea.


    Abraços,






Tópicos Similares

  1. Respostas: 45
    Último Post: 30-11-2016, 08:56
  2. SCM Anatel para Atuar em Município Único
    Por Neturno no fórum Redes
    Respostas: 12
    Último Post: 22-01-2012, 13:07
  3. Processo para tirar uma SCM propria
    Por Portela no fórum Redes
    Respostas: 5
    Último Post: 26-01-2006, 22:06
  4. Licenca para Ovislink
    Por Sheep no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 24-01-2006, 13:18
  5. Firewall para ADSL sem IP Fixo
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 29-12-2003, 10:33

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L