Página 2 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #7

    Padrão Controle de upload no cliente

    Na minha opiniao, o controle de trafego ideal acontece da seguinte forma:

    Upload: Cliente
    Download: Server/GW

    Ou seja, Upload controlado na interface do cliente e download na interface do GW.


    Me ocorre agora somente 2 formas de fazer com elegancia e simplicidade:

    1 - Usando Aps + Vlan pra canalizar o trafego.
    2 - Usando HC Gateway.

  2. #8

    Padrão

    Aqui controlo tb em todo o percurso, ou seja, no cliente e no pop tb, só que uso um detalhe, por exemplo se o cliente tem banda 256 k uso no cliente 400 k e no pop 256 k isso dá um gas a mais do cliente até o pop pra prevenir eventual perdas e garantir sempre a bando ao cliente, claro se o cliente é daqueles que fica 24 h baixando....dai deixo 256 k no pop e 256 k no cliente....

    A grande vantegem de controlar todo percurso é justamente os virus...pois como ja foi dito 1 só maquina infectada mata toda a rede.

    OBS: quem usa cache full não dá pra fazer controle no cliente....

    Abraços

    Jodrix



  3. #9

    Padrão

    Olha 1929, eu acho que o alexandre falou basicamente tudo.

    vou tentar explicar o que acontece, suponho que vc saiba como funciona os pacotes, entao nao vou falar muitos detalhes, so alguns pra quem e mais leigo que vc.

    toda a informacao e transformada em pacotes, estes pacotes sao pedaços da informaçao, e um cabeçalho neste cabeçalho tem as informaçoes de onde veio o pacote e pra onde ele vai e onde ele pasou, isso gera processamento, seu servidor tem que pensar a respeito disso e escrever no pacote tambem.

    do outro lado a maquina que recebeu o pacote manda uma resposta de ok falando que o pacote chegou e foi lido.

    no controle de banda o pacote que nao e repasado ele consome menos do roteador que e a funçao que o servidor que ta controlando a veloidade faz

    um exemplo quando vc manda 5 pacotes mais a sua velocidade não permite isso permite so 3, o roteador vai pegar os primeiros 3 e passar os outros 2 vão morrer ali, assim sua maquina vai esperar a resposta dos cinco pacotes que ela mandou, mais so vai receber a resposta dos 3, então quando o tempo de esperar pela resposta passar ela vai mandar os outros 2 pacotes. Assim a velocidade e controlada, com o tempo de espera dos próprios pacotes, a coisa foi pensada assim justamente por causa das sobrecargas.

    o roteador trabalha em todos os pacotes deste jeito para poder entregalos sempre mesmo que o caminho mude

  4. #10

    Padrão

    Correto, então agora me vem a questão que o Jodrix levantou.
    Fazer controles diferentes. Será que eu entendi bem?

    O cliente faz a solicitação, em velocidade maior, pois ele limitou uma velocidade maior no cliente,
    Mas ao chegar ao servidor ele vai limitar em velocidade menor, descartar o excedente e repassar para a net.
    Na volta da informação ele vai receber na velocidade que está acertada para ele, mas como o servidor vai mandar mais pacotes para o cliente se na volta a informação que o servidor vai enviar está limitada pela velocidade menor e não maior?

    No caso do proxy eu entendo que aí sim ele vai mandar na velocidade que o proxy permitir, mas se no cliente estiver controlado ele não vai conseguir entregar.

    É isso mesmo?



  5. #11
    André Andrade*MikrotikRio Avatar de interhome
    Ingresso
    Oct 2008
    Localização
    Brasil.
    Posts
    1.111
    Posts de Blog
    15

    Padrão

    Quando coloca o AP em Bridge ele funciona como uma ponte, talvez até sobrecarregue por alguns segundos, mas o descarte de pacote e a negociação são rápidos. Gastasse ms. Para se fazer um controle real da forma que vcs querem, o controle deveria estar efetivamente instalado na maquina do cliente, salvo o cliente que possui ap. O único softwear que conheço com essa função se chama HOSTCERT. Pareceu-me muito bom, mas confesso que não usei na prática. Achei-o quando estava tentando bloquear um cliente que sempre inventava algo para navegar de graça. Se alguém já usou gostaria da opinião.

  6. #12

    Padrão

    Completando...

    vou dar exemplo do QOS usando modo RED .. (Random Early Detection)

    o router via fazendo repasse dos pacotes até o limite da velocidade suportada (ou configurada) pela fila.. quando excedido, ele começa a dropar pacotes randomicamente... forçando assim o "SENDER" re-enviar o pacote em menor velocidade...