Página 7 de 27 PrimeiroPrimeiro ... 23456789101112 ... ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Uso um PR-1000 e não vi nada de Anatel nele.

  2. O Roteador que a BRT colocou aqui está com selo mas o modem não tem nada.
    Pelo contrato, estes equipamentos é responsa deles. Mas agora fiquei com a pulga atrás da orelha.

    Toda essa preocupação surgiu porque estou planejando trocar tudo. Tirar os APS e colocar algo mais profissional lá em cima.

    Mas agora que já estava decidido pelas RB me veio esta dúvida. E como não posso esperar resposta da Anatel para não atrasar minha documentação vou de Nanos, até ter certeza. Depois troco, e levo os Nano para uma repetidora, se liberarem o uso de RBs.

    Josué, no teu caso, que já está com a base cadastrada, o teu parceiro deve já ter feito isso, senão não saía o registro.



  3. Senhores

    Boa tarde

    Este é meu medo, a lei nao fala, porem ficamos muito na dependencia da boa vontade, inspiração, horospoco, lua e se a esposa do fiscal deu uma com ele logo cedo ou nao, e vai depender muito do que ele interpretar.

    A Consulta que o colega acima fez é justa e vamos aguardar para ver no que da


    Abraços


    Marcelo

  4. Citação Postado originalmente por MarceloGOIAS Ver Post
    Olá Senhores,

    ... Mas, pura e simplesmente, de antenas (código de homolocação, ganho, relação frente-costas, polarização, ângulo de elevação, azimute) e rádios (potência e, é claro, código de homologação).

    Obviamente deixa transparecer omissão na resolução da Anatel. Entretanto, é o engenheiro que deve providenciar e suprir possíveis "inconsistências".

    Espero ter ajudado. Qualquer dúvida perguntem.
    Ajudou sim, e bastante.
    Suas palavras refletem o espirito da resolução. Tudo que não está homologado precisa pedir autorização. É isso?
    Quando voce diz que nesta declaração vai a relação de equipamentos, descreve também a placa mãe do pc, no caso de usar pc-ap? E aí eles vão ou não liberar esta placa mãe específica, e só para o uso do solicitante? Não seria uma certificação, mas um laudo provido pelo engenheiro responsável pelo projeto.

    E , quando você fala "rádios", subentende que é o conjunto todo, Rb e cartão, pois o cartão sozinho não é o rádio, mas um componente do rádio, não? Pois o cartão sozinho não faz nada. É a RB, com o sistema operacional que proporciona todo o controle em cima do cartão.

    Daí alguém talvêz pergunte: porque existe então cartão homologado se não pode usar sozinho?
    Mas pode ser que eles entendam que estes cartões seriam para reposição em equipamentos hologados como um todo que já os usem. E aí entra a afirmação do Sérgio. Canopy, Nano etc.

    Mas agora é aguardar o pronunciamento deles ao questionamento. Tudo o que falarmos será conceito pessoal.

    Já tô ficando pirado com esse negócio. hehehe



  5. Citação Postado originalmente por 1929 Ver Post
    Ajudou sim, e bastante.
    Suas palavras refletem o espirito da resolução. Tudo que não está homologado precisa pedir autorização. É isso?
    ..................................
    Bem, na verdade não peço homologação de um equipamento por cliente. No projeto da instalação do sistema relaciono os equipamentos, os blocos constituintes, estrutura da rede, links e outros detalhes técnicos. Caso a Anatel aceite o projeto a mesma está autorizando e homologando todo o sistema, incluso os equipamentos.
    ....................
    Quando voce diz que nesta declaração vai a relação de equipamentos, descreve também a placa mãe do pc, no caso de usar pc-ap? E aí eles vão ou não liberar esta placa mãe específica, e só para o uso do solicitante? Não seria uma certificação, mas um laudo provido pelo engenheiro responsável pelo projeto.
    ...........................
    Na declaração que citei são relacionados apenas rádios e antenas. No projeto de instalação é que são relacionados detalhes e estruturas da rede.
    ........................

    E , quando você fala "rádios", subentende que é o conjunto todo, Rb e cartão, pois o cartão sozinho não é o rádio, mas um componente do rádio, não? Pois o cartão sozinho não faz nada. É a RB, com o sistema operacional que proporciona todo o controle em cima do cartão.
    .............................
    A Anatel utiliza o termo transceptor. Nesse termo estão inclusos Rádios (exemplo: AP ou ponto de acesso), placas (PCI, mini PCI ou PCMCIA) ou equipamentos de ponte (bridge), dentre outros.
    ............................

    Daí alguém talvêz pergunte: porque existe então cartão homologado se não pode usar sozinho?
    Mas pode ser que eles entendam que estes cartões seriam para reposição em equipamentos hologados como um todo que já os usem. E aí entra a afirmação do Sérgio. Canopy, Nano etc.
    ...........................
    A homologação é importantíssima para certificar-se de que o equipamento opera corretamente dentro da frequência a que se propõe. Exemplo: um transmissor de FM mal projetado ou fabricado abre tanto no espectro radio-elétrico que pode interferir em frequências próximas de aviação ou de TV.
    ..........................
    Mas agora é aguardar o pronunciamento deles ao questionamento. Tudo o que falarmos será conceito pessoal.
    ..........................
    No meu caso não estou falando de conceitos próprios, mas de legislação e de tecnologia.
    .........................

    Já tô ficando pirado com esse negócio. hehehe
    ............................................
    Não fique, pois as coisas são "um pouquinho" mais complexas do que imagina.
    ............................................






Tópicos Similares

  1. Respostas: 2
    Último Post: 11-01-2014, 10:03
  2. Oficio Exigencia Anatel SCM tentetiva Homologação
    Por gabrielgiro no fórum Redes
    Respostas: 7
    Último Post: 19-11-2012, 10:08
  3. Respostas: 9
    Último Post: 28-07-2011, 09:48
  4. Respostas: 1
    Último Post: 24-10-2007, 09:47
  5. Hub ou Switch homologado Anatel. Alguem sabe?
    Por Arcanjo_tc no fórum Redes
    Respostas: 10
    Último Post: 21-06-2007, 19:35

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L