Página 3 de 3 PrimeiroPrimeiro 123
+ Responder ao Tópico



  1. #13

    Padrão

    Muito cuidado nessa hora. A distância das antenas é muito importante sim, quanto mais distante melhor.
    No entanto não existe nenhum alarme, luz vermelha, sirene, nem mesmo um marcador no equipamento que diga "ATENÇÃO, ATENÇÃO, ANTENAS MUITO PRÓXIMAS, BEEP, BEEP".
    No entanto o problema aparece sim: interferência. Mas como interferência não diz de onde veio, o pessoal acaba achando que o problema são os outros usuários (outros provedores, por exemplo) que causam a interferência, sem saber que eles mesmos são os culpados.

    Fato 1: nenhuma antena é perfeita. As setoriais, por exemplo, tem tipicamente uma relação frente costas de uns 25 a 28 dB. Isso dá 300 a 600 vezes. Ou seja, o sinal "para trás" é uns 300 a 600 vezes mais fraco que "para frente". Isso parece muito, mas não é.

    Fato 2: o sinal vindo dos clientes chega atenuado até 100.000 vezes (as vezes até mais).

    Fato 3: os rádios não são perfeitos. Um rádio trabalhando no canal 3 joga o grosso de sinal nesse canal, mas parte desse sinal chega aos canais adjacentes (canal 2, 4, 1, 5, etc.). Quanto mais barato o rádio, pior esse efeito (você recebe o que você paga).

    Assim, colocando antenas próximas você vai interferir com você mesmo. O interessante é que isso não ocorre logo que você liga. Se não tem tráfego, não tem interferência. Assim você mede o nível de interferência e tudo está bem, mas quando você começa a colocar usuários, a interferência aumenta meteoricamente (e depois ninguém sabe porque). A interferência aumenta porque uma antena está interferindo na outra na hora que os usuários mais usam.

    O engraçado é quando o provedor (achando que é interferência do concorrente), bota um amplificador
    pensando que vai melhorar, e ai que coisa vai pro vinagre (imagina só, mais sinal em antenas próximas, abafando ainda mais o sinal dos clientes).

    Moral: a recomendação de espaçamento entre as antenas não é superstição. Se você ignora-la, vai funcionar por um tempo, mas logo que a quantidade de usuário aumentar fica um inferno.

  2. #14
    Avatar de angelangra
    Ingresso
    Jul 2007
    Localização
    Angra dos Reis, Rio de Janeiro, Brazil, Brazil
    Posts
    368

    Padrão

    Citação Postado originalmente por mlrodrig Ver Post
    Muito cuidado nessa hora. A distância das antenas é muito importante sim, quanto mais distante melhor.
    No entanto não existe nenhum alarme, luz vermelha, sirene, nem mesmo um marcador no equipamento que diga "ATENÇÃO, ATENÇÃO, ANTENAS MUITO PRÓXIMAS, BEEP, BEEP".
    No entanto o problema aparece sim: interferência. Mas como interferência não diz de onde veio, o pessoal acaba achando que o problema são os outros usuários (outros provedores, por exemplo) que causam a interferência, sem saber que eles mesmos são os culpados.

    Fato 1: nenhuma antena é perfeita. As setoriais, por exemplo, tem tipicamente uma relação frente costas de uns 25 a 28 dB. Isso dá 300 a 600 vezes. Ou seja, o sinal "para trás" é uns 300 a 600 vezes mais fraco que "para frente". Isso parece muito, mas não é.

    Fato 2: o sinal vindo dos clientes chega atenuado até 100.000 vezes (as vezes até mais).

    Fato 3: os rádios não são perfeitos. Um rádio trabalhando no canal 3 joga o grosso de sinal nesse canal, mas parte desse sinal chega aos canais adjacentes (canal 2, 4, 1, 5, etc.). Quanto mais barato o rádio, pior esse efeito (você recebe o que você paga).

    Assim, colocando antenas próximas você vai interferir com você mesmo. O interessante é que isso não ocorre logo que você liga. Se não tem tráfego, não tem interferência. Assim você mede o nível de interferência e tudo está bem, mas quando você começa a colocar usuários, a interferência aumenta meteoricamente (e depois ninguém sabe porque). A interferência aumenta porque uma antena está interferindo na outra na hora que os usuários mais usam.

    O engraçado é quando o provedor (achando que é interferência do concorrente), bota um amplificador
    pensando que vai melhorar, e ai que coisa vai pro vinagre (imagina só, mais sinal em antenas próximas, abafando ainda mais o sinal dos clientes).

    Moral: a recomendação de espaçamento entre as antenas não é superstição. Se você ignora-la, vai funcionar por um tempo, mas logo que a quantidade de usuário aumentar fica um inferno.

    Você falou a respeito do canal 3 como exemplo. Na sua opnião qual seria o melhor canal para ser trabalhar? Tem diferença em MKK e FCC?



  3. #15

    Padrão

    Sim esse conceito e 100% verdade eu tenho pouca experiência em microondas pois não posso falar muito sobre o assunto mais eu entendo de RF eu sou radioamador a 15 anos no assunto sobre transmissão e conhesse muito bem q e interferências quanto maior potencia maior e o lixo q vc joga no ar tanto propriamente se sujando como sujando os outros numa formula tão simples a sim se vc inradeia RF mais do q os outros e pior pra vc mesmo por q esta sujando com muita potencia sem retorno causando aquecimento e ate queda de cabalo pois bem como os rádios sam muito simples os projetos deles e não tem estágios de separação de ruídos como os filtros DSB para separar chiado e sinal puro por q iria custar mais caro aos fabricantes fazerem isso os rádios tem receptores muito regenerativos não tem seletividade ai não a uma boa separação de cada canal ai causa interferências por q vamos dizer q estou no canal 1 e to interferindo no canal 3 e claro por q os rádios não tem seletividade acabam o próprio sinal do radio sendo rebocado do canal aulado e complicado mais como tudo nem e perfeito vamos continuar a sim mesmo !!!!!

  4. #16
    Sempre na luta Avatar de jacksonezidio
    Ingresso
    Jun 2008
    Localização
    São Paulo - SP
    Posts
    208
    Posts de Blog
    1

    Talking

    Citação Postado originalmente por nailton Ver Post
    Sim esse conceito e 100% verdade eu tenho pouca experiência em microondas pois não posso falar muito sobre o assunto mais eu entendo de RF eu sou radioamador a 15 anos no assunto sobre transmissão e conhesse muito bem q e interferências quanto maior potencia maior e o lixo q vc joga no ar tanto propriamente se sujando como sujando os outros numa formula tão simples a sim se vc inradeia RF mais do q os outros e pior pra vc mesmo por q esta sujando com muita potencia sem retorno causando aquecimento e ate queda de cabalo pois bem como os rádios sam muito simples os projetos deles e não tem estágios de separação de ruídos como os filtros DSB para separar chiado e sinal puro por q iria custar mais caro aos fabricantes fazerem isso os rádios tem receptores muito regenerativos não tem seletividade ai não a uma boa separação de cada canal ai causa interferências por q vamos dizer q estou no canal 1 e to interferindo no canal 3 e claro por q os rádios não tem seletividade acabam o próprio sinal do radio sendo rebocado do canal aulado e complicado mais como tudo nem e perfeito vamos continuar a sim mesmo !!!!!

    Gostei da explicação!



  5. #17

    Padrão

    Citação Postado originalmente por angelangra Ver Post
    Você falou a respeito do canal 3 como exemplo. Na sua opnião qual seria o melhor canal para ser trabalhar? Tem diferença em MKK e FCC?
    O melhor canal para trabalhar é o canal que tiver menos inteferência. Muitos equipamentos hoje fazem um site survey, o que quer dizer que eles indicam quais as fontes de interferência no local. Ajuda. Mas é bom tomar cuidado, pois nem sempre a analise do resultado á fácil. Por exemplo, suponha que vc fez a analise e encontrou o seguinte:

    canal 1: 1 rede
    canal 2: 1 rede
    canal 3: nenhuma
    canal 4: 4 redes
    canal 5: 6 redes
    (vai até 11, deixa para lá o resto).

    Vc pode pensar: canal 3 é o melhor, porque não tem ninguém. Não é verdade. O canal 4 e 5 chegam até o 3 ( o 4 chega mais, o 5 pouco, mas tem muita rede). Assim nesse caso seria melhor o 1 (mesmo tendo já uma rede) do que o 3, por conta dessas interferência toda vinda dos canais de cima.

    Um outro complicante é a força do sinal: pode ter 6 redes no canal 5, mas podem ser todas distântes (vizinhos mais longe) e a do canal 1 ser a do vizinho do lado, forte. Ai muda a coisa.

    Isso na verdade me deu uma idéia de post no fórum: como analisar o resultado de um site survey de forma básica. Vou escrever e assim que estiver pronto vou atualizar esta resposta.

    Quanto a diferença de MKK e FCC, tem um post que fala sobre isso, com uma resposta boa do ZeXP de uma olhada: Qual a diferença MKK e FCC?

  6. #18
    Renato Sena
    Visitante

    Padrão INTERFERENCIA

    minhas 4 setoriais estao 2 metros uma de costa pra outra, e ainda com um latao galvanizado atraz delas... acreditem elas se interferem, as setoriais que estao de lateral com a do centro se interferem, entao vai uma dica, 4 setorial NUNCA, 3 setorial seria o indicado, e jamais colocar mais que 3 setorial vertical, setorial horizontal interfere SIM na vertical, portanto, uma torre 3 setorial 2.4 independendo se e vertical ou horizontal. UMa dica e utilizar canais 1. 6. 11. 13. lembrando que o canal 13 e legal utilizar... abracos