+ Responder ao Tópico



  1. meu post sumiu ou foi em outro tópico do mesmo assunto que postei???
    contribuí mesmo ainda não tendo provedor.

  2. É parece que eles estao convictos que ganharam a licitação.
    O ministro das Comunicações, Hélio Costa, disse que a banda larga rural começa a ser implantada no país no prazo máximo de 12 meses
    Ação social? hum quase chorei
    “Estamos fazendo isso para contribuir com os projetos de inclusão digital dos governos, como parte da responsabilidade social da empresa”, disse.
    Acho q ainda ta em tempo de agir!
    Para levar a banda larga à área rural, o governo ainda depende de licitação da frequência. A ideia é incluir obrigações para as operadoras que participarem do leilão, de forma a atingir a meta de conectar mais de 80 mil escolas públicas localizadas nas zonas rurais.
    Só depende dessa legiao de provedores!



  3. 215 contribuições até o momento.

    rossisolrac,

    Acho que não foi nesse post.

    https://under-linux.org/fotos/rogeri...s-de-todos.jpg

  4. TELETIME News - Anatel dará mais prazo para consultas sobre 450 MHz


    O Conselho Diretor da Anatel decidiu nessa quinta-feira, 9, por meio de circuito deliberativo, prorrogar por mais 20 dias a consulta pública sobre a proposta de nova canalização da faixa de 450 MHz a 470 MHz, que terminaria na próxima segunda-feira, 13. Também foi prorrogado o prazo de análise de outras três consultas, envolvendo as faixas de 360 MHz a 380 MHz, 380 MHz a 400 MHz e 225 MHz a 270 MHz. Esses documentos estão ligados à proposta de mudança da 450 MHz, pois são para essas três faixas que os serviços que hoje utilizam essa radiofrequência serão realocados.

    A prorrogação foi motivada por pedidos de fabricantes de equipamentos, que ainda estão estudando os modelos de oferta de produtos que funcionem nessa faixa. Até o momento, a consulta pública sobre a mudança na 450 MHz recebeu 250 contribuições, a maioria de provedores de Internet que pedem a destinação exclusiva da faixa para o Serviço de Comunicação Multimídia (SCM). A proposta da Anatel prevê a destinação para o Serviço Móvel Pessoal (SMP), em caráter primário, e aos serviços de telefonia fixa (STFC), limitado privado (SLP) e SCM em caráter secundário. As outras três consultas receberam juntas, até o momento, 24 contribuições.

    A faixa de 450 MHz faz parte dos planos do governo para a expansão da banda larga no país. A ideia é usar essa frequência para o atendimento de áreas rurais com serviço de Internet usando as tecnologias móveis, daí a sugestão de que o SMP tenha prioridade na faixa.



  5. Nosso esforço está sendo notado pela midia especializada, vamos ver se a anatel vai notar.

    Até o momento temos 283 contribuições, os representantes das teles tambem estão contribuindo, alguns ate a favor da liberação para scm.

    Prevista para acabar segunda-feira (13), a consulta pública sobre Canalização e Condições de Uso de Radiofreqüências na Faixa de 450 MHz a 470 MHz, da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), já recebeu mais de 240 contribuições, ainda sem a participação das operadoras de telefonia. A destinação da faixa, que será definida por portaria do Ministério das Comunicações a ser editada nos próximos dias, será o atendimento às regiões rurais, suburbanas e fora da área de tarifa básica, com banda larga sem fio, além de telefonia fixa e móvel.

    A decisão do Minicom é de licitar a faixa já prevendo contrapartidas das operadoras, que terão de conectar mais de 80 mil escolas públicas rurais, não contempladas pelo programa “Banda Larga nas Escolas”, resultante da troca de obrigações das operadoras fixas e que prevê a conexão de mais de 55 mil escolas públicas urbanas. As sugestões postadas até agora no site da Anatel, entretanto, são contra essa proposta.

    Os provedores de internet, autores da maioria das contribuições, defendem que a faixa seja destinada ao Serviço de Comunicação Multimídia (SCM) e não à telefonia móvel ou fixa. Eles alegam que as operadoras de SMP e STFC irão ofertar serviços nestas faixas utilizando-se de suas licenças de SCM. Portanto, dizem, não faz sentido excluir os autorizados de SCM do processo. E argumentam que têm muito mais capilaridade e podem promover a inclusão digital mais rapidamente e com custos mais baixos para a população.

    Entre as sugestões, destaca-se a destinação da faixa aos operadores de apenas do Serviço de Comunicação Multimídia, em caráter primário, para oferecimento de banda larga sem fio por meio de rádio. “Promovendo a participação de autorizadas SCM a agência estará estimulando a concorrência, a competição”, defende um pequeno empresário do setor.

    As operadores de telefonia fixa e móvel têm até a noite de segunda-feira para apresentarem suas contribuições à proposta.

    Por Lúcia Berbert
    10 de julho de 2009

    TeleSíntese - Provedores de internet querem faixa de 450 MHz exclusiva para SCM






Tópicos Similares

  1. Respostas: 2
    Último Post: 06-08-2013, 15:33
  2. Respostas: 4
    Último Post: 22-08-2010, 19:28
  3. Respostas: 9
    Último Post: 11-07-2009, 16:45
  4. ERB's - Consulta Publica Anatel
    Por WCardinalli no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 11-07-2009, 06:54
  5. Consulta Publica Anatel
    Por sergio no fórum Redes
    Respostas: 1
    Último Post: 05-07-2004, 12:53

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L