Página 1 de 3 123 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão O que aconteceu com Wimax?

    Vou ser breve com minha duvida...
    Eu como muitos Gerentes e Tecnicos de TI pelo Brasil a fora ainda ta na expectativa sobre o Wimax tao divulgado que iria revolucionar o acesso sem fio a internet, e iria dar a nos donos de provedores wireless uma chance de competir com a grandes teles que vendem adsl e querem fazer o monopolio do serviço no brasil, aquele mesmo wimax que dispensa kit cliente com antena externa, que seria uma "mao na roda" pra quem instala, e uma gigante comodidade pra quem usa. Entao fica ai a pergunta:

    "Cadê o Wimax tao esperado?"

    Abraço a todos!

  2. #2
    Sempre na luta Avatar de jacksonezidio
    Ingresso
    Jun 2008
    Localização
    São Paulo - SP
    Posts
    208
    Posts de Blog
    1

    Post

    Citação Postado originalmente por robertoprovenet Ver Post
    Vou ser breve com minha duvida...
    Eu como muitos Gerentes e Tecnicos de TI pelo Brasil a fora ainda ta na expectativa sobre o Wimax tao divulgado que iria revolucionar o acesso sem fio a internet, e iria dar a nos donos de provedores wireless uma chance de competir com a grandes teles que vendem adsl e querem fazer o monopolio do serviço no brasil, aquele mesmo wimax que dispensa kit cliente com antena externa, que seria uma "mao na roda" pra quem instala, e uma gigante comodidade pra quem usa. Entao fica ai a pergunta:

    "Cadê o Wimax tao esperado?"

    Abraço a todos!

    Tmb faço a mesma pergunta: Cadê???


    "Até o fim de 2010, mais de 800 milhões de pessoas no mundo terão acesso à tecnologia WiMax, considerada a “banda larga da banda larga” que promete, num primeiro estágio, velocidades de conexão de mais de 13Mbps.
    Pelo menos é o que prevê o WiMax Fórum, consórcio que reúne fornecedores de infraestrutura e dispositivos compatíveis com a tecnologia. Pelo andar da carruagem, no entanto, pode ser que o Brasil não apareça tão cedo no mapa da adoção do WiMax, que vem sendo tratado pela indústria como complemento do DSL, cable e MMDS, formas de conexão já em uso por aqui.
    Mas por que cargas d´água o WiMax não sai do papel? Burocracia parece ser o consenso da indústria, uma vez que há um ecossistema montado em torno dele. Para que “aconteça”, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) precisa definir data e regras para o leilão das frequências que tornará possível a exploração da tecnologia.
    Mas depois de uma série de consultas públicas e reuniões, a Agência parece ter colocado a discussão em gavetas inacessíveis. No mundo, o WiMax vem sendo adotado nas frequências 2,5GHz e 3,5GHz, esta última sendo a favorita aqui no Brasil. Em 2003, houve um leilão de licenças de 3,5GHz e operadoras como Telefônica e Embratel compraram faixas de frequência, que não chegaram a 14% do montante.
    Ou seja, ainda há 86% das faixas ociosas. Enquanto isso, a indústria já tem produtos prontinhos para funcionar nas novas redes, como notebooks e smartphones, que já saem de fábrica com chipset WiMax. Só a Intel, “madrinha” da tecnologia, terá, até 2010, cem modelos de notebooks compatíveis com redes WiMax."


    Matéria completa:
    AdNews - Cara, cadê meu WiMax?



  3. #3

    Padrão

    pelo alto custo do wimax.... acho q nao vai aparecer tao cedo aqui!

  4. #4
    Eng. Eletricista/Eletrôni Avatar de MarceloGOIAS
    Ingresso
    Feb 2007
    Localização
    Goiânia
    Posts
    2.120
    Posts de Blog
    2

    Padrão

    Caros,

    estão preocupados com WiMAX? A Embratel e outras empresas de grande porte compraram a frequência de 3.5GHz. A menos que tenham milhões em caixa WiMAX esqueçam. Frequência cara, equipamentos ERB caríssimos, equipamentos clientes impraticáveis.

    Tenho pensado ultimamente que talvez não venha a vingar, mesmo com a força da Embratel que já tem ERBs em funcionamento.



  5. #5

    Padrão

    Citação Postado originalmente por MarceloGOIAS Ver Post
    Caros,

    estão preocupados com WiMAX? A Embratel e outras empresas de grande porte compraram a frequência de 3.5GHz. A menos que tenham milhões em caixa WiMAX esqueçam. Frequência cara, equipamentos ERB caríssimos, equipamentos clientes impraticáveis.

    Tenho pensado ultimamente que talvez não venha a vingar, mesmo com a força da Embratel que já tem ERBs em funcionamento.
    alguem aqui ja parou pra pensar o que se gasta pra fazer um monitor de lcd? hj pagamos pela tecnologia aqui no brasil e nao pelo custo real de produção, enquanto outros paises fazem conferencia pelo telefone celular estamos aqui na espera que a anatel faça alguma coisa de boa, pois a unica coisa que vejo sao as teles tomando de conta do mercado e a anatel feito morta, queria memo era que o Fernando Henrique Cardoso passasse na minha frente... kkkk

  6. #6

    Padrão

    boa discução, eu dei uma pesquizada ai e encontrei algumas empresas q dizem q estão vendendo um equipamento pré wimax, mas na verdade acho que são uns picareta naum me deram nenhuma informação real, primeiro me ligou uma mulher dizendo que a empresa vendia esses equipamentos e falo que o engenheiro deles iria me ligar e dar informações, ai ele disse que nas ERBs colocaria 4 paineis de 90 em 2.4ghz e no cliente iria antena cliente, ap...
    ai eu falei q isso já uso q tenho interesse em wimax por causa dos kit cliente q não serão instalados... o cara se enrrolo todo e fiko de me retorna com modelos de equipamentos, to até hj esperando eheeheh