Página 3 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #13

    Padrão

    Citação Postado originalmente por agpnet Ver Post
    A idéia pode ser muito boa, mas interligar tudo isso ai, nem as grandes fizeram ainda com as redes de celular... isto depende muito de infraestrutura, nem todos possuem, teria que obrigar o associado a ter uma scm para ser uma coisa mais séria, relevo é uma coisa muito difícil também, pois um provedor "pequeno" não iria querer gastar em uma nova torre somente para fazer a interconexão, distâncias, etc... se não for bem organizado vai "queimar" a internet via rádio, vai ficar uma bagunça só. Agora para criar uma MAN acredito que pode ser mais plausível.

    Só para deixar registrado, acredito na idéia, pode ser executada, mas demanda recursos, tempo e projeto.

    Obrigado!
    Não vai ter nada interligado não. A ideia é montar uma rede de "associados" onde o cliente que está saindo da area da empresa 1 pode passar pra empresa 2, e ter algumas facilidades e regalias nessa transição.

  2. #14

    Padrão

    pra isso, nessa rede *nossa* teriamos que usar os mesmos equipamentos (exemplo: nano5) com a instalação uniforme entre os associados..
    e ter um site UNICO para todos.. com o telefone de contato de todos.

    o valor da mensalidade será diferente para cada cidade..
    mas é uma ideia boa..
    pois quando você vai conversar com o cliente você mostra pra ele onde tem presença..
    aí ele vê la.. 200 cidades.. aí muda a historia..
    e tambem nada de comodato, vender o nano pro cara mesmo.. e cobrar apenas a instalação quando ele mudar.. ou não cobrar..
    aí fica um caso a se estudar..



  3. #15

    Padrão

    Quantos clientes de fato mudam de cidade, ao ponto de que isso gere uma percepção de valor ?

  4. #16

    Padrão

    Creio q nao seja muito algo q gere uma "percepçao de valor", e sim uma boa jogada de marketing!



  5. #17

    Padrão

    Realmente o Índice de Mudanças de cidades e ate de estados e muito baixo.
    Mas não creio que isso gere uma percepção de valor aos clientes já existentes, mas para os que eventualmente saírem com certeza eles ficariam muito felizes com a atenção dispensada a ele.

    Não acho que deve-se fazer investimentos para viabilizar alguma coisa nesse formato, a não ser que todos se juntem em uma grande rede mas nessa rede haveriam padrões o que limitaria a autonomia dos provedores.

    Na minha visão, a idéia e boa para tratar melhor um possível cliente e ainda indicar algum amigo para atender esse cliente na outra cidade, seriam uma mera camaragagem entre os provedores.

    Sobre a rede, poderia expor como rede conveniada.

  6. #18

    Padrão

    oi gente tava away, entao a idéia é exatamente esta , quem ganha é nós em todos os quisitos

    * MARKETING na hora da venda mais um argumento , explica ao cliente q caso ele vai pra Praia , Serra, Amazonia, Bahia onde o diabo perdeu as bota ele vai ter uma empresa parcera para atender a ele, salvo de resalva que o mesmo tem que adecoar a tecnologia e valores da empresa que ele vai usufruir do serviço, ou seja fulano la na bahia vende kit pci e o cara vem pra ca que eu uso APCLI ou nano vo cobrar apenas R$200,00 vo marchar mas vo cumprir o acordo, cabe ao provedor querer usar ou nao o equipamento do cliente, mesmo se um cliente chega hj na minha empresa diazendo ("eu ja tenho equipamento" eu cobro R$200,00, pois tenho funcionário , gasolina, material, e manutenção pra pagar de tudo, entao por isso sugeri um valor +- de mercado, a ideia nao é facilitar a venda de equipamento e sim flexibilidade na acessoria de quem procurar uma net num lugar estranho, ou seja cliente vai se muda , ja sabe de quem ele vai contratar e quanto vai pagar, idependente de equipamento vendido ou comodato

    * Ganha um cliente indicado por um colega, um cliente nao paga so internet ele consome!

    Tem algum parceiro para Salvador do Sul - RS que atenda la?
    Última edição por Pirigoso; 17-08-2009 às 19:54.