+ Responder ao Tópico



  1. Eu concordo plenamente com motacosta "A filosofia de acesso do wi-fi (CSMA/CA) é egoísta no sentido de que se um usuário tá com sinal ruim o problema é dele, não dos demais".

    Vejo isso na prática, pois tenho diversos POPs em cidades diferentes.
    Um dos POPs fica numa torre muito alta. Lá é impossível fechar um enlace com sinal abaixo dos -50. Geralmente os enlaces estão entre -50 a -70 dessa torre.
    O que faz sobrecarregar o rádio, é a quantidade de pacotes enviados e recebidos simultaneamente, por isso que quando chega uma determinada quantidade de clientes simultâneos, o sinal do mais fraco poderá "sobrar", desconectando e re-conectando e até mesmo exibindo a mensagem "data from unknow device MAC, sent deauth".

    Em outro POP, longe de poluição e com menos enlaces, acontece um fator curioso. Os enlaces fecham com sinal muito forte (entre -35 a -48). Certa vez, um dos técnicos fechou um enlace em -60 desse POP, o que seria normal para o outro. Mas, como os outros enlaces estavam todos com sinal forte e esse (pode-se dizer um pouco fraco), simplesmente acontecia constantemente de desconectar, re-conectar e aparecer a mensagem "data from unknow device MAC, sent deauth". Só foi solucionado realinhando e trocando o pigtail, pois o sinal caiu para a casa dos -38.

    O que me faz pensar, é que o tal "lençol magnetico" tem certo fundamento, mas respeitando a sensibilidade do cartão/rádio para a taxa de transmissão desejada.

  2. Citação Postado originalmente por froyer Ver Post
    CCQ é a eficiência da transmissões, muitas perdas na rede geram retransmissoes. Seria como se fazer a seguinte pergunta... quantos % dos pacotes transmitidos estão sendo recebidos pelo cliente? se o valor for 90% por exemplo, 10% dos pacotes estao sendo perdidos e tem q ser retransmitidos, causando assim um pequeno atrazo na rede...
    Explicação bem clara, gostei.

    Citação Postado originalmente por motacosta Ver Post
    1

    Me diz uma coisa, já tentou aumentar o ganho nas antenas desses usuários com sinal fraco?

    Valeu.
    Sim, tenho feito isso em alguns casos. Mas vou fazer nos outros futuramente.
    Fiz o seguinte: usei uma antena de grade e anotei o desempenho. Tirei ela e coloquei na hora outra igual, mas com uma tela de alumínio, forrando a grade, destas que vem em antenas parabólicas de TV. O resultado foi muito bom. O sinal aumentos num caso de -75, -85 para -65, -70.
    Mas era um caso muito difícil pela visada totalmente comprometida. E estabilizou mais já que ficou oscilando em -5dbm. Antes oscilasa em -10dbm.

    Não sei porque as fábricas não fazem as grades mais fechadas. Eu ainda acho muito aberta, pois na verdade a grade forma um retangulo mas acho que não barra tudo que vem de trás e também não reflete tudo. A malha teria que ser menor que 1/4 de onda. Num sentido é bem menor mas no outro é bem maior. E como sempre tem reflexão, será que esta reflexão vai sempre coincidir com o sentido da malha?
    Acho que não. Por isso, uma malha menor, preferencialmente quadrada e não retangular como é hoje, poderia ser melhor.
    Eu vou experimentar mais vêzes para ver no que vai dar.



  3. Então Lessa, a minha única implicância com o "lençol digital" é quanto ao que foi divulgado no forum de que há uma necessidade de se ter todo mundo com um sinal no mesmo nível com erro de +/- 3dB. Pra mim isso soa como uma grande piada que vai de encontro com os fundamentos técnicos. E o termo cria a ilusão de que um "lençol protetor" irá salvar sua rede (maldito marketing). De forma que se você concorda com minha afirmação, não há como acreditar em parte no tal "lençol digital" por que minha afirmação é contrária ao tal "lençol". Você mesmo explicou qual era o problema: o Pigtail e alinhamento. E não teve relação com estar ou não no mesmo nível dos outros com +/- 3 dB de erro. Outra coisa que é importante observar é que no caso do wi-fi (CSMA/CA) nunca os pacotes são recebidos simultaneamente, e sim, cada membro transmite no seu tempo, só que isso muito rapidamente. Outra: o sinal não "caiu" para -38, e sim, subiu.

    Sds,



    Citação Postado originalmente por lessa Ver Post
    Eu concordo plenamente com motacosta "A filosofia de acesso do wi-fi (CSMA/CA) é egoísta no sentido de que se um usuário tá com sinal ruim o problema é dele, não dos demais".

    Vejo isso na prática, pois tenho diversos POPs em cidades diferentes.
    Um dos POPs fica numa torre muito alta. Lá é impossível fechar um enlace com sinal abaixo dos -50. Geralmente os enlaces estão entre -50 a -70 dessa torre.
    O que faz sobrecarregar o rádio, é a quantidade de pacotes enviados e recebidos simultaneamente, por isso que quando chega uma determinada quantidade de clientes simultâneos, o sinal do mais fraco poderá "sobrar", desconectando e re-conectando e até mesmo exibindo a mensagem "data from unknow device MAC, sent deauth".

    Em outro POP, longe de poluição e com menos enlaces, acontece um fator curioso. Os enlaces fecham com sinal muito forte (entre -35 a -48). Certa vez, um dos técnicos fechou um enlace em -60 desse POP, o que seria normal para o outro. Mas, como os outros enlaces estavam todos com sinal forte e esse (pode-se dizer um pouco fraco), simplesmente acontecia constantemente de desconectar, re-conectar e aparecer a mensagem "data from unknow device MAC, sent deauth". Só foi solucionado realinhando e trocando o pigtail, pois o sinal caiu para a casa dos -38.

    O que me faz pensar, é que o tal "lençol magnetico" tem certo fundamento, mas respeitando a sensibilidade do cartão/rádio para a taxa de transmissão desejada.
    Última edição por motacosta; 01-10-2009 às 15:24.

  4. Agora sim, entendi e concordo plenamente com o Mota,

    Realmente é uma utopia ter todo munto com sinal nun determinado nivel. Mas é preciso estabelecer um nivel minimo e maximo.

    Quanto ao protocolo csma/ca o problema que vejo quando a diferença de sinal é grande, e a questão do chaveamento entre as modulações e velocidades, creio que isso possa aumentar o processamento do radio e conseguentemente a latencia da rede.

    Por isso a importancia de se setar a velocidade ou velocidades em que a rede vai trabalhar, pois a troca constante de modulação a meu ver é prejudicial.

    Desculpem se estiver falando bobagem, me baseei em diversas leituras e discussões que vi pela web. Portanto bastante empirica.

    Mota você que possui o conhecimento cientifico, compartilha desse entendimento?

    Abraço



  5. Ae Roger... estamos falando a mesma língua agora. O grande problema de se entender o que acontece com redes wireless é que temos muitas "variáveis variando" e todas elas interferem no rendimento.

    Concordo plenamente com o que você falou sobre o chaveamento das modulações (Acontece no modo B+G).

    Você tocou num ponto chave que é quando temos sistemas operando em B+G. O modo G opera com OFDM que uma modulação muito boa, porém exige sinais fortes e livres de interferências (ela é uma modulação mais "cheia de frescura", digamos assim). E ae no meio de vários clientes operando em G (com sinal forte e limpo), se você tiver um "patinho feio" com sinal fraco, o rádio sempre que for falar com ele vai trocar a modulação para o modo B que usa a modulação CCK ( que não tem tanta frescura quanto o OFDM). E ae contrariando até mesmo o que eu disse antes sobre o "egoísmo wi-fi", o "patinho feio" que tá com sinal fraco pode atrapalhar os outros clientes operando em G por causa dessa troca de modulação que o AP tem que fazer. Mas isso só ocore quando estamos no modo B+G, e esse atraso devido a troca de modulação só atrapalha a partir de um certo número de usuários/tráfego que eu não sei precisar qual seria.

    E isso tudo não tem relação nenhuma com manter os clientes num mesmo nível de sinal com +/- 3dB de erro. "Lençol Digital"? Folclore...

    Sds a todos,



    Citação Postado originalmente por rogeriosims Ver Post
    Agora sim, entendi e concordo plenamente com o Mota,

    Realmente é uma utopia ter todo munto com sinal nun determinado nivel. Mas é preciso estabelecer um nivel minimo e maximo.

    Quanto ao protocolo csma/ca o problema que vejo quando a diferença de sinal é grande, e a questão do chaveamento entre as modulações e velocidades, creio que isso possa aumentar o processamento do radio e conseguentemente a latencia da rede.

    Por isso a importancia de se setar a velocidade ou velocidades em que a rede vai trabalhar, pois a troca constante de modulação a meu ver é prejudicial.

    Desculpem se estiver falando bobagem, me baseei em diversas leituras e discussões que vi pela web. Portanto bastante empirica.

    Mota você que possui o conhecimento cientifico, compartilha desse entendimento?

    Abraço
    Última edição por motacosta; 01-10-2009 às 17:09.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 16
    Último Post: 12-11-2012, 14:33
  2. Respostas: 20
    Último Post: 06-04-2012, 13:45
  3. Respostas: 9
    Último Post: 27-10-2011, 17:10
  4. PROBLEMA EM UMA TORRE - AJUDEM
    Por caiojunior no fórum Redes
    Respostas: 9
    Último Post: 27-09-2011, 09:50
  5. Como resolver o problema de vários PoE em uma torre
    Por kleberbrasil no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 16
    Último Post: 18-04-2011, 08:23

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L