Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. Olá lula, eu conseguir, fiz o seguinte reinstalei, e nao instalei o xen e rodou normal, agora minha pergunta é : a falta do Xen afeta alguma coisa? na realidade eu nao instalai o MPLS - IPV6 - ISND - XEN

    ME DAR UMA DICA AI, VAI DAR PROBLEMA?

  2. Citação Postado originalmente por fragoso Ver Post
    Olá lula, eu conseguir, fiz o seguinte reinstalei, e nao instalei o xen e rodou normal, agora minha pergunta é : a falta do Xen afeta alguma coisa? na realidade eu nao instalai o MPLS - IPV6 - ISND - XEN

    ME DAR UMA DICA AI, VAI DAR PROBLEMA?
    Amigo se vai dar problema eu não sei mais segue abaixo mais com detaçhes do que vc não instalou

    MPLS. Funcionamento Básico

    Quando um pacote vai de um roteador para outro através de um protocolo de rede sem conexão, cada roteador analisa este pacote e toma decisões independentes sobre para onde enviar o pacote. Isto significa que cada roteador analisa o cabeçalho e roda o seu próprio algoritmo de roteamento.

    Porém os cabeçalhos dos pacotes contém muito mais informação do que é preciso para se determinar para onde será o próximo salto (hop).

    A tarefa de rotear um pacote através de determinada rede pode no entanto ser separada em duas operações diferentes. A primeira seria a de determinar Classes de Encaminhamento Equivalentes (Fowarding Equivalence Class – FEC) que seriam todas as possibilidades de encaminhamento de um pacote através da rede. A segunda correlaciona cada CEE (FEC) com um próximo salto.

    Cada CEE é relacionada a um LSP (Label Switch Path). Os LSP são caminhos determinados dentro da nuvem MPLS. Uma CEE pode ser associada a mais de um LSP, porém com todos apresentando mesma origem e mesmo destino.

    O que é IPv6
    IPv6 é a sigla para Internet Protocol version 6. Também conhecido como Ipng (Internet Protocol Next Generation), trata-se da evolução do IPv4, a versão em uso atualmente. O IPv6 é fruto da necessidade de mudanças na internet. O IPv4 permite que até 4.294.967.296 de endereços IP estejam em uso. O grande problema é que o número de sites e o número de usuários da internet cresce constantemente, no mundo todo. Como é impossível usar um mesmo IP simultaneamente na internet, é necessário que cada usuário, cada site ou cada serviço tenha um endereço IP exclusivo. Com o crescimento da necessidade de uso do IP, a internet chegará a um ponto onde não vai sobrar mais IPs. Todos estarão em uso.
    O IPv6 é uma solução para este problema e também é provido de novos recursos, tais como o suporte a novas tecnologias de rede (ATM, Gigabit Ethernet, entre outros). Mas como o IPv6 consegue solucionar o problema da limitação de IPs atual? O IPv4 (relembrando, o IP que usamos hoje) é uma combinação de 32 bits. O IPv6 é uma implementação de 128 bits, o que eleva extraordinariamente o número de endereços IP disponíveis.

    O que é ISDN
    ISDN é a sigla para Integrated Services Digital Network. Essa tecnologia também recebe o nome de RDSI - Rede Digital de Serviços Integrados. Trata-se de um serviço disponível em centrais telefônicas digitais, que permite acesso à internet e baseia-se na troca digital de dados, onde são transmitidos pacotes por multiplexagem (possibilidade de estabelecer várias ligações lógicas numa ligação física existente) sobre condutores de "par-trançado".
    A tecnologia ISDN já existe há algum tempo, tendo sido consolidada entre os anos de 1984 e 1986. Através do uso de um equipamento adequado, uma linha telefônica convencional é transformada em dois canais de 64 Kbps, onde é possível usar voz e dados ao mesmo tempo, sendo que cada um ocupa um canal. Também é possível usar os dois canais para voz ou para dados. Visto de modo grosso, é como se a linha telefônica fosse transformada em duas.
    Um computador com ISDN também pode ser conectado a outro que utilize a mesma tecnologia, um recurso interessante para empresas que desejem conectar diretamente filiais com a matriz, por exemplo.
    A tecnologia ISDN possui um padrão de transmissão que possibilita aos sinais que trafegam internamente às centrais telefônicas serem gerados e recebidos em formato digital no computador do usuário, sem a necessidade de um modem. No entanto, para que um serviço ISDN seja ativado em uma linha telefônica é necessário a instalação de equipamentos ISDN no local de acesso do usuário e a central telefônica deve estar preparada para prover o serviço de ISDN.





  3. olá Lula valeu as dicas, muito obrigado pelas informações






Tópicos Similares

  1. Respostas: 9
    Último Post: 29-08-2010, 10:18
  2. Respostas: 1
    Último Post: 03-06-2008, 20:09
  3. Respostas: 9
    Último Post: 01-06-2007, 17:00
  4. Bloquear acesso a Site
    Por stumm no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 3
    Último Post: 11-03-2005, 08:21
  5. Bloquear acesso no Apache
    Por ghenri no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 2
    Último Post: 20-01-2003, 18:10

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L