Linux2010,

conforme o tutorial do vivaolinux, deixado pelo Bruno Garcia, existe no final desse tutorial um teste, o qual demonstra como vc deveria fazer o acesso. Como não está conseguindo, vá até o seu servidor fisicamente, para que possa verificar dentro do script qual é a sequencia que foi colocada pelo seu técnico (no exemplo do vivaolinux aparece dessa maneira):

/sbin/iptables -A INPUT -p tcp --dport 100 -m recent --set --name FASE1
/sbin/iptables -A INPUT -p tcp --dport 200 -m recent --rcheck --seconds 15 --name FASE1 -j INTO-FASE2
/sbin/iptables -A INPUT -p tcp --dport 300 -m recent --rcheck --seconds 15 --name FASE2 -j INTO-FASE3
/sbin/iptables -A INPUT -p tcp --dport 400 -m recent --rcheck --seconds 15 --name FASE3 -j INTO-FASE4

Isso indica que a pessoa configurou no iptables as portas 100,200,300,400 como "senha" para que a porta 22 fosse aberta.

Então para que essa porta seja aberta e antes de vc colocar lá no putty o root e senha, vc tem que ativar as portas corretas para que possa abrir a porta do SSH. Ele abre no final do tutorial quando diz:

Testando:

A forma mais fácil que eu acho para testar é utilizando o telnet. Por ex.:

$ telnet IP_SERVIDOR 100
$ telnet IP_SERVIDOR 200
$ telnet IP_SERVIDOR 300
$ telnet IP_SERVIDOR 400


e agora é só entrar com ssh normalmente.


Mesmo descobrindo quais são as portas ativando a porta do SSH e não conseguindo conectar, dá uma olhada na sugestão deixada pelo laerciomotta e iceman.

Não esqueça de ler o tutorial deixado na primeira resposta o entendimento do mesmo é importante e estamos aqui para ajudar a exclarece-lo.

best regards !