+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por filzek Ver Post
    1929 assim como na crise de 19/9, tivemos a crise de 1997, na qual surgiram os provedores gratis, as grandes teles tentando BLINDAR a internet no brasil, deixando os provedores de lado...

    bom, agora começou com os problemas de link de dados e pior, com os rádios.

    Tem provedor com SCM e buscando licença STFC.

    O que recomendo é usar a cabeça e começar a oferecer ADSL via mini Fibra óptica onde a massa de cliente chegar a 80% de uma quadra,saí baratinho.
    Abraços

    Erick
    Por onde andava, Filzek?
    Depois da minha compra de um lote de Nano2 contigo, não consegui mais repor a um custo convidativo.

    Atingir estes 80% é que é tenso.
    Baratinho o que significa? Por exemplo, qual o investimento para um cabeamento de uma quadra de 100m em média.
    Na minha cidade a área comercial é em torno de 4 a 5 quadras mas a maioria já é atendida pelas teles. E em áreas residenciais fica complicado atingir um número maior. E ainda tem a questão dos postes.
    Um conhecido, que tem um número grande de assinantes, coisa de 900, estava usando cabo num acordo com a companhia de eletricidade, mas tudo verbalmente. E assim ficou por muito tempo. Agora botaram eles contra a parede. Pediram 13,00 por poste.

  2. Citação Postado originalmente por filzek Ver Post
    1929 assim como na crise de 19/9, tivemos a crise de 1997, na qual surgiram os provedores gratis, as grandes teles tentando BLINDAR a internet no brasil, deixando os provedores de lado...

    bom, agora começou com os problemas de link de dados e pior, com os rádios.

    Tem provedor com SCM e buscando licença STFC.

    O que recomendo é usar a cabeça e começar a oferecer ADSL via mini Fibra óptica onde a massa de cliente chegar a 80% de uma quadra,saí baratinho.
    Abraços

    Erick
    Opa Erick !

    Seria uma boa idéia, mas continuamos com o problema do link....

    A solução seria um programa de incentivo (que tanto esperei), para legalizar os provedores por exemplo, com mais de 3 anos de funcionamento e até 500 usuários, em cidades com menos de 500 mil habitantes, um exemplo.

    Dessa forma, a inclusão digital aconteceria, todos estariam conectados, mais computadores seriam vendido e o índice de analfabetismo digital seria reduzido em muito. Mas nossos administradores estão voltados para as grandes teles, fusões, impostos e como roubar e burlar o caixa. Muita coisa poderia ser feita.

    Abraços



  3. Citação Postado originalmente por filzek Ver Post

    O que recomendo é usar a cabeça e começar a oferecer ADSL via mini Fibra óptica onde a massa de cliente chegar a 80% de uma quadra,saí baratinho.
    Abraços

    Erick
    Esqueceu de um detalhe importantíssimo, a empresa que for vender o ADSL, via mini Fibra óptica vai precisar banda de Internet, o que vc recomenda?

  4. Citação Postado originalmente por kleberbrasil Ver Post
    Esqueceu de um detalhe importantíssimo, a empresa que for vender o ADSL, via mini Fibra óptica vai precisar banda de Internet, o que vc recomenda?
    Só está sobrando ADSL.
    Tenho um concorrente que tem inclusive SCM prórpia e não tem link. Usa ADSL direto. Deita e rola em cima dos lucros.
    Amanhã ou depois, já com o reinvestimento deste lucro ele terá condições de obter um link em cidade mais distante a preços competitivos. Pode-se chamar isso de eficiência administrativa ou de oportunismo proporcionado pela ineficiência das proprias operadoras ao não fiscalizarem o compartilhamento?

    Enquanto pago 1450,00 por mega de link full, eles pagam 130,00 por cada linha com 8 mega de adsl. Junta duas ou três linhas e ver o que se consegue de serviço. Ninguém vai reclamar.
    E não adianta argumentos de que adsl não tem qualidade etc etc. Não tem mesmo, mas mesmo assim, com 8 mega dá para fazer alguma coisa.
    Isso está me deixando com a " pulga atrás da orelha".



  5. Pensando em soluções a tempos venho analisando e fazendo contas mas não consegui a um numero real....

    Realmente é complicado, tento de toda maneira "concorrer" com adsl aki mas é dificil, pela grande banda por um preço muito barato, eles aumentam a banda e diminui a garantia de banda, mas será o cliente usa de verdade o plano de 1 mb que ele contratou ???

    Vejo que muitos provedores (incluindo eu) que não sabem dimencionar o uso de banda, qual a sua necessidade REAL de banda.

    Agora quem sabe me dizer qual a "conta" qual a "matematica" das grandes teles em relação a venda de ADSL, digo se eles vendem 100 adsl de 1mb qto de link ela deve ter ??

    Nós temos uma conta mágica que a gente usa, mas nosso caso é diferente trabalhamos com menos banda, com isso o cliente consequentimente usa menos, mas será fornecendo uma banda pro cliente de 1 mb, qts % de clientes usam tudo isso ?? Talvez se juntarmos a matematica e experiência de varios provedores podemos ter um numero mais aproximado. E com isso tem uma possibilidade de conseguir mais clientes.

    Agora aproveitando o tópico me ajudem em um coisa:

    Vou atender uma prefitura de uma cidade pequena que eles usão modens da claro (pois ñ tem outro meio de internet lah, nem wireless nem adsl), são 9 modens pegando em média 80 a 100 kbps p/ 28 pcs, ou seja uma banda aprox. 700 a 900 kbps para 28 pcs estão insatisfeitos com o serviço, qual será a banda REAL que GASTAREI de verdade para atender esse cliente ??






Tópicos Similares

  1. Despedida do ramo de provedores.
    Por dmnetcatende no fórum Assuntos não relacionados
    Respostas: 10
    Último Post: 28-04-2013, 16:07
  2. Alteração Do Quadro Societario De Provedores
    Por alexebrom no fórum Redes
    Respostas: 18
    Último Post: 16-05-2012, 16:04
  3. Realidade de Provedores do Interior de SP
    Por fwsolutions no fórum Redes
    Respostas: 9
    Último Post: 04-03-2011, 09:43
  4. Respostas: 89
    Último Post: 19-02-2009, 07:20
  5. Respostas: 16
    Último Post: 04-09-2007, 11:58

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L