Página 4 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234
+ Responder ao Tópico



  1. Mas Jorge, quem foi que comentou algo quanto a velocidade de propagação? Pelo menos EU em particular me referi ao cálculo do ACK baseando-se na distância física entre os pontos.

    Quanto a teorias, são importantes, sem sombra de dúvidas. Mas basear-se apenas nelas não trazem progresso algum. Na teoria conseguimos 54Mb em 2.4; na teoria dois Rockets fecham 300Mb entre eles; na teoria uma RB1000 suporta 15pps; na teoria o Brasil está melhorando...

    Tudo é teoria. Formuladas por pessoas com grande conhecimento, e é o teu caso. Mas teoria não se auto-justifica. Só se mantém enquanto for desmentida pelo exercício prático, pela aplicação.

    MAS... como eu não estou aos pés do teu nível para debater sobre conhecimento científico, vou ficando por aqui com as minhas especulações... "práticas".

    Ahhh, já estava me esquecendo! Uma mensagem importante aos leigos: não existe ajuste fino de ACK para 30 metros, ok? Pelo menos não nos equipamentos que estão ao MEU alcance "acadêmico"...

  2. Citação Postado originalmente por JorgeAldo Ver Post
    Quanto a relação entre o ACK e a velocidade de propagação da onda no ar, isso é por que o ACK é o somatório do tempo de processamento nos dois rádios envolvidos mais o tempo da onda "voando" no espaço livre entre os rádios. Logo, se a potência não interfere na velocidade de propagação da onda no ar, logo, não há relação entre potencia e ACK.
    Nesse ponto concordamos. A potência seria a força que "empurra" o sinal elétrico na comunicação. Quanto menor a potência, menor a força empregada para esse sinal elétrico deslocar-se, e menor seria também o alcance e intensidade lá no ponto de chegada. Mais ou menos isso?

    ACK é uma "calibração" do tempo em função da distância física entre os pontos, sendo explicado de uma maneira bem simples. Quanto menor a distância, menor deveria ser também esse ajuste de tempo para efetivar-se a comunicação mais próximo do adequado.

    Quando me refiro a um sinal de intensidade alta, como -40 por exemplo, quero dizer que em termos práticos seria equivalente ao que se consegue em uma distância física entre os pontos relativamente pequena, como 50 ou 60 metros (utilizando-se uma NanoStation 2 Loco). Como no firmware do equipamento não é possível uma calibração do ACK para essa distância física (o mais aproximado disso seria o 0km), não há como fazer um ajuste fino para conseguir a melhor relação entre distância e tempo.

    Seria uma limitação exclusivamente técnica dos equipamentos, possível de ser resolvida se o firmware permitisse calibrar o ACK para medidas menores, como 23, 20, 19, 19. Mas, como não são comuns esses níveis de sinal altos ao ponto de não serem possíveis de enquadrar no algoritmo, nem é cabível comercialmente uma alteração dessas.




  3. Uma maneira simples de atenuar o sinal é a inversão da polaridade da antena, que vai atuar tanto na base quanto na estação cliente. Não aconselho o desalinhamento.
    No caso da bullet cliente, além de controlar a potência, pode-se ajustar o valor da distância em config. avançadas.

  4. Caro 1929 vc conseguiu resolver o problema, o que fez.
    Se ainda nao resolveu eu particularmente colocaria uma antena com menor ganho, como por ex. uma nano de 8Dbi.



  5. Sim, o tópico é de maio de 2010. De lá para cá muita água rolou e aprendemos muita coisa.

    Aquela calculadora que postei mais acima é muito útil nestes casos. Alguns podem achar que não dá diferença, mas a aplicação da calculadora ajuda muito. Deixamos para usar ela para os casos mais complicados.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 14
    Último Post: 27-04-2017, 19:58
  2. Respostas: 6
    Último Post: 28-04-2016, 07:21
  3. Respostas: 9
    Último Post: 30-11-2015, 10:36
  4. Di-524: Sinal forte porém oscilando muito!
    Por coreninja no fórum Redes
    Respostas: 3
    Último Post: 26-09-2010, 08:27
  5. Sinal forte, velocidade baixa!
    Por lfcaruso no fórum Redes
    Respostas: 20
    Último Post: 08-11-2006, 12:53

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L