Página 13 de 13 PrimeiroPrimeiro ... 8910111213
+ Responder ao Tópico

  1. Citação Postado originalmente por cleversonnet Ver Post
    boa noite amigos desculpa minha inexperiência, quando digo que balança é que nunca subi en outra torre a nao ser a minha por isso nao sei a diferença do balanço da autoportante e a estaiada, minha torre é igual na medias começa com 1,50cm termina com 35cm, os 6 primeiros metros com cantoneira 2"5x1/4 e dos 6m aos 12m 2"x3/16, e dos 12m aos 18m 1"5x3/16 e dos 18m aos 25m 1"x3/16

    ola amigos sou novo aqui mais pro amigo saber a 2 anos a traz eu subi em uma tore auto portante da prf de itaguai - rj e ela balança sim um pouco mais tem um leve balanço.


  2.    Publicidade


  3. Citação Postado originalmente por kleberbrasil Ver Post
    Colegas, sei que essa é uma necessidade eminente entre os PSCI e prestadores de SCM no momento, existe padronizações de torres elaboradas pela antiga Telebrás. Sabe-se que com um projeto na mão, calculado e assinado por um Engenheiro pode ser executado por um bom serralheiro, mas essa informação é restrita pelos fabricantes de torre, então vou postar aqui esse modelo. Vale ressaltar que isso não é um projeto e sim um modelo que poderá ser usado como base em um projeto de engenharia.

    Outros modelos em formato CAD:

    18M https://docs.google.com/file/d/0B0_9...it?usp=sharing
    42M https://docs.google.com/file/d/0B0_9...it?usp=sharing
    36M https://docs.google.com/file/d/0B0_9...it?usp=sharing
    24M https://docs.google.com/file/d/0B0_9...it?usp=sharing

    alguém sabe qual a carga que esse projeto de 24m suporta?

  4. Sim, estes desenhos de projetos em autocad, devem ser revisadas, modificadas em função da avaliação de um engenheiro mecânico, junto de uma ART de execução de desenho, aonde ele poderá indicar os parâmetros em atendimento a Telebrás, Anac, Abnt, CREA, Ibama e Denatran, dentre outros tipos de documentos em função do que o cliente desejar, irá apontar os documentos pertinentes sendo que cada caso é um caso, em particular, devido a uma série de fatores externos, de região e de AEV. Quem calcular o AEV é um projetista desenhista, ou quem tenha um software, já o engenheiro ele avalia, analisa e confere se o desenho se enquadra realmente, assim a priori estes desenhos são paliativos, representam imagens e ditam bitolas de perfis. Consulte um engenheiro de sua região no CREA, que tenha participado em outros projetos anteriores com torres telecom e, também solicite a memória de cálculos, nesta é feito os cálculos em respeito as cargas de vento, do peso da torre e condições de solo, se a estrutura terá capacitação de resistência mecânica, já o AEV é determinado pelo calculista, o engenheiro pode ou não vir a ser o calculista, mas, existe que terceiros não respeitam o AEV exagerando e colocando antenas além do valor permitido, se isto ocorre e a torre cair, dobrar e vitimar alguém, quem responde é o dono da torre e não o projetista, nem o engenheiro, por que eles passam como deve ser construida a torre em relação ao projeto, se tiver algo fora do projeto ou mais, ou a menos, eles são isentados.


  5.    Publicidade




Tags para este Tópico

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L