Página 3 de 10 PrimeiroPrimeiro 12345678 ... ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Ainda bem que não é homologado. O espectro radio elétrico já está muito confuso. Divisores de potência contribuiriam com o aumento da poluição eletromagnética. Imaginem uma antena omnidirecional com 4 "T-Mágico" e oito transceptores? Ajudaria e muito os provedores irregulares ou que podem investir pouco. Mas, a relação custo benefício é muito pequena para os problemas advindos.

    Fico imaginando daqui a 10 ou 15 anos como não estarão as rádiofrequências (licenciadas ou não) com essas e outras "criatividades".

  2. "não é passível de certificação até o presente momento",
    acredito que quiz dizer que não é necessário ser homologado! ou eu que estou errado?
    Gilvan, responde aí.



  3. -HOMOLOGAÇÃO DO T MÁGICO-

    Segundo o texto do oifício na Anatel eu entendi que não precisa homologar o T Mágico. Como o Ofício foi assinado pelo Gerente Regional da Anatel o documento passa a ter valor jurídico pois o Eng. João Jacob Bettoni representa o nosso governo nos assuntos de telecom aqui no RGS. Agora estamos dentro da lei, estou vendendo o T Mágico que segundo o govero não precisa homologar.
    Acho que o distinto profissional está muito confuso senão outra coisa. Vejam só o que eu vou contar:
    Houve no mês passado um evento promovido pela INTERNETSUL em Porto Alegre que foi chamdo de FORUM DO PLBL, lá estava o alto clero da Anatel. Não resisti, pedi a palavra, entãob alto claro falei:
    .... As multas da ANATEL enriquecem este orgão, dão muita inveja ao DETRAN que multa com valores muito menores e compatíveis.
    .... A ANTEL não responsabiliza o responsável técnico do provedor numa clara atitude de protecionismo de classe.
    .... A ANATEL homologa qualque coisa, não se importa com aqualidade do produto homologado.
    Claro que a mesa ficou furiosa, o Eng. Bettoni, esse mesmo que assinou o ofício sobre a homologação do T Mágico, levantou-se e disse.
    -A ANATEL não homologa qualquer coisa, ela só omologa equipameos certificado por um laboratório creenciado. A ANATEL possui até o recurso de oferecer uma “homologação provisória” para produtos que esão em desevolvimento.
    Bem, ele falou isso num auditório na frente de duzentas pessoas que o ouviam. Fui atras do previlégio e solicitei a “homologação provisória”. A resposta voces leram no ofício que o representante público me deu dizendo que “homologção provisória” não existe na ANATEL.
    Sr. Bettoni onde mora a sua verdade? Nas suas palavras dita num auditório em frente á uma multidão ou na página de um ofício que o Sr. Assina?
    Minha voz é muito pequena e minha importancia menor ainda, eu não sou funciário de nenhuma estatal, sou vaidosamente apenas um anteneiro, mas gostaria que os homens que recebem ótimos salários pagos com os impostos do meu povo tivessem a mesma verdade naquilo que dizem e naquilo que escrevem.
    Claro que de mãos dadas com o manuseio da verdade está a burrice querem ver?
    Como pode um T Mágico ser um divisor de potencia? Na opinião da ANATEL o T Mágico dividiria a potencia de um AP ou dos dois AP? Mas se as frequencias dos AP são diferetes e não se enchergam entre si, como poderia o T Mágico dividir suas potencias? Um divisor de potencia possui uma entrada e duas saidas na mesma frequencia, o T Mágico não é nada disso.
    Acho que esta opinião só poderia ser tolerada por um engenheiro agronomo, talves por um mecânico. Credo, eles não sabem nada sobre aquilo que opinaram.
    Bom, esta é a nossa ANATEL, apesar destas gafes, ainda sou da opinião que é melhor com ela do que sem ela. Já foi pior.
    O T Mágico vai bem e cumprido o seu papel, embora tenham dado esse nome prosaico para ele, as antenas omnis, as setoriais e as direcionais estão mais felizes, sem falar dos anteneiros que compraram o T Mágico e agora estã dizedo que também são feiticeiros. Vai por mim.

    Um abraço.

  4. A expressã "passível" pode ter dupla interpretação.
    Eu fico fulo da vida quando leio este tipo de justificativa que não leva a nada.
    E isso tem sido uma norma nas consultas à Anatel.
    O Gilvan entendeu que não precisa homologar, já eu entendi que não há como homologar por não ser um produto conhecido, ou melhor "reconhecido".
    Pois tudo que é inserido numa rede de comunicações é passível de homologação.
    Tecnicamente até os conectores N e rj45 devem ser homologados.
    No entanto Gilvan, ainda há outro fator a considerar. Tu fostes consultar exatamente a pessoa que tu afrontaste em público.
    Porque não faz um contato direto com os órgãos credenciados para fazer a certificação?
    Com a certificação em mãos não há como ser recusado. Se por algum motivo legal isso não possa ser feito não vai passar nem na certificação.



  5. Olha só que cruzamento milimétrico para a área. É só cabeçear para o fundo da rede.

    Aterramento de Interferencia






Tópicos Similares

  1. T - Mágico ! Alquem já testou???
    Por Oldayr no fórum Redes
    Respostas: 74
    Último Post: 08-04-2014, 15:45
  2. rsrsrsrrs mágico setorial sera ??????
    Por EderMartinstiros no fórum Redes
    Respostas: 6
    Último Post: 13-06-2010, 15:24

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L