Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por JorgeAldo Ver Post
    O problema consiste no seguinte :

    Normalmente usamos em informatica multiplos de 8, dai que, por exemplo, definimos quantidade de memoria usando coisas do tipo kilobyte como sendo 1024 bytes.

    O problema é que formalmente kilo indica 10³ ou 1000.

    Dai para ser formal e diferenciar, inventaram o KiByte MiByte GiByte etc, para indicar 2^10 2^20 2^30 etc.

    É so isso. O resto é como em qualquer caso.

    Já para converter de megabit para megabyte ou coisa do tipo (de bit pra byte) você precisa saber quantos bits formam um byte (alias, palavra) no caso específico, pois por exemplo, na porta serial, 10 bits = 1 byte.
    Faz sentido. Tem que ver quanto vale 1 byte onde quer, comumente 8, mas pode variar.

  2. Pelo que entendi a diferença está só no valor de cada um:
    1 MB = 1,024 MiB .Estou correto ?



  3. Humm, deixa eu ver se clarifica agora:
    Criaram o prefixo "bi" para representar binário.
    Observe a tabela, diferencia "bytes" de "bibytes" digamos.
    Byte - Wikipédia, a enciclopédia livre
    Essa outra tabela, diferencia "bit" de "bibit" digamos.
    Bit - Wikipédia, a enciclopédia livre

    1 bibyte = 8 bibits
    De "bibit" para "bibyte" dividimos por 8
    De "bibyte" para "bibit" multiplicamos por 8

    1 byte = 10 bits
    De "bit" para "byte" dividimos por 10
    De "byte" para "bit" multiplicamos por 10

    Tá confuso né?
    Acho que não consigo explicar de outro modo mais simples, alguém me ajuda aí!

  4. Então resumindo e trazendo para nossa prática diária.
    1MB é igual a 1 MiB, desprezando os quebrados, ou arredondando , não?



  5. Não só "pode" como quase que "Devemos" arredondar pra diminuir o numero de confusões. Se com b e B já tem muita confusão imagina com Kb e Kib.

    No meio academico ou científico aí sim não podemos arredondar nem deixar de usar alguma sigla específica (Não nesse caso em que há siglas distintas e que os valores não são dizima-periodicas). Mas também depende do leitor-alvo, senão incorre no risco do glossário de um relatório administrativo, por exemplo, ficar muito maior que o próprio relatório.

    O IEC adotando siglas tipo "kibi", "mebi", "gibi", só confunde mais ainda, 1073741824 é menos ridículo de escrever que "1 gibi byte", né? ;-)

    Diria que dá pra resumir que no sistema SI tudo é base 10, no SI 1G byte é exatamente 1.000.000.000 bytes, enquanto no IEC e Jedec 1 gibi-byte (IEC) ou 1GB (Jedec) são 1073741824 bytes.

    Diria que o erro é do Jedec, já que o SI padronizou o uso de K, M, G, T, muito antes. E também culpa dos fabricantes. HD por exemplo é vendido no sistema SI, um HD de 2GB tem 2.000.000.000 bytes, enquanto a memória Ram é vendida no padrão Jedec (Só nas memórias que a Jedec ainda manda), uma memória de 2GB tem 2.147.483.648 bytes.

    A meu ver teria sido tão mais simples nos anos 70 terem começado a vender as coisa usando o SI com um "~" na frente! Eu não ia achar nada errado comprar um HD de "~10MB", de qualquer forma não estou levando 10MB-Jedec e sim 10MB-SI. Mas os EUA ignorando o SI desde sempre, criaram o Jedec para ignora-lo também nos eletronicos. Os britanicos ainda olham o SI com desconfiança ("Como que cerca de 1 quadrimilionésimo da esfera terreste, que vocês chamam de centimetro, pode ser uma medidas mais digna que a largura mediana do polegar de um Anglo do sec. XI?") criaram o IEC pra ajudar na confusão.






Tópicos Similares

  1. Respostas: 11
    Último Post: 16-03-2016, 14:35
  2. Respostas: 1
    Último Post: 16-12-2015, 18:22
  3. Respostas: 37
    Último Post: 05-05-2009, 14:38
  4. Respostas: 7
    Último Post: 14-11-2008, 14:33
  5. Qual a diferença entre os tipos de Queues?
    Por Gosulator no fórum Redes
    Respostas: 2
    Último Post: 07-11-2007, 23:24

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L