Página 2 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. Citação Postado originalmente por EduardoNetworks Ver Post
    a minha TV é digital....
    ué comprou conversor ??? é uma Buster né?

  2. Caracas... Jorge Aldo mandou muuuuuuito bem. Vou dar uma lida aqui sobre frequência.

    O ponto inicial do meu questionamento foi um lindo panfleto onde ví oferecendo Internet Digital. Aprofundando-se na tecnologia vemos que o meio físico(ar) não trafega uma onda digital, mas o resultado(navegação) seria internet digital. Se for isso, tudo bem, mas dizer que, por exemplo os radinhos rtl são digitais, acho que não seria verdade pelo que entendí com essa boa explicação do Jorge Aldo.



  3. Antes dos padrões IEEE (802.xx) havia a transmissão via radio "analógico". Um conjunto de dados transmitido a digamos 1200 a 9600bps, lá pelas bandas das ondas curtas, em AM ou FM as vezes, com modulação em SSB geralmente. Telefonia rural também usou por muitas décadas coisa parecida, FM com SSB, lá pelo 36-45MHz (Não lembro), mas sempre canal aberto e sinal analógico. O modelo AMPS em celulares possui um bom nível de digitalização pra epoca, apesar de ser chamado de 'analógico'.

    O problema desse modo 'analógico' é que uma banda meio grande é necessaria pra cada canal de voz, e o numero de harmonicas nesses equipamentos é grande, interferindo em frequencias mais altas tipo as de aviação (Na época era aberta, se não me engano em 175MHz). Não sei se o fato de não haver portadora fixa ou de ter sinal analógico (Passa por varios estados, não apenas alto e baixo) cria tantas harmonicas mas elas sempre existiram nos analógicos e são muito pequenas nos aparelhos digitais. Também tem a questão do gasto de energia, implementar um CTS/RTS num meio analógico não gera um equipamento muito rápido.

    No tempo dos programas em fita cassete eu achava que a evolução lógica das comunicações seria via radio, era só pegar o TX da porta serial e meter no mic do HT, puxar do alto-falante os fios e meter no RX, e rodar algum software pra sincronizar e trocar os dados, tudo analogico e aberto pra qualquer um poder acessar igual BBS, podendo inclusive montar facilmente um HT em casa. Mas a coisa evoluiu pro uso de linha telefonica, por questão de velocidade e privacidade. A 'segurança e privacidade' também tornou necessario digitalizar os sinais, porque sinal "analógico" tem só meia duzia de modos de codificar, e enche mais facilmente o mesmo espectro.

    Enfim, existe um histórico de uso de "radios analógicos" mesmo em computadores digitais, tudo bem que hoje já perdeu o sentido diferenciar isso, mas até uns 10 anos atras ainda ví equipamento pra link analógico a venda, não sei até quando existiram ou se ainda existem.

    A título de curiosidade, em ondas curtas ou medias tem muito radio-amador do mundo transmitindo o cartão de visitas via sinal aberto, pega um sinal serial crú (Por isso dizemos que é analógico), apenas aplica um tonalizador pro sinal baixo se um bip a digamos 200Hz e o alto ser um bip a digamos 2KHz, usa algum protocolo de código aberto ou uso gratuíto na web, e manda ver. A 2 ou 3 anos até alguem ficou de transmitir o código fonte do kernel (2.4.27, nada de 2.6 :-P) do linux nesse mesmo sistema, acho que seria lá por cerca de 3MHz.

    Hoje mesmo radio-amador tem sistema digital, o PSN via SSB por exemplo, varios radio tem ele ou outros modos, é codificado e endereçado, não existe um nível alto de segurança mas existe uma privacidade relativa. Mas também ainda existem muuuuuuitos radio-amadores analógicos a venda, de modo que nesse mercado faz todo o sentido falar em "radio digital".

  4. Bom ja que fui citado nesse tópico, venho aqui expor minhas considerações:
    Volto a afirmar que a FREQUÊNCIA é Analógica pois o sinal é composto por uma onda senoidal que conduz uma PORTADORA de DADOS DIGITAIS.
    A PORTADORA modulada dentro da FREQUÊNCIA é composta por uma onda Quadrada Pereita. a qual transmite os códigos binários (e por tanto digitais) que são as informações de dados.
    Portanto poderiamos dizer que é um misto das duas coisas.

    Embora não veja muito proveito em tal discussão, vale a pena a nível de conhecimento !



  5. Citação Postado originalmente por pkmc Ver Post
    Bom ja que fui citado nesse tópico, venho aqui expor minhas considerações:
    Volto a afirmar que a FREQUÊNCIA é Analógica pois o sinal é composto por uma onda senoidal que conduz uma PORTADORA de DADOS DIGITAIS.
    A PORTADORA modulada dentro da FREQUÊNCIA é composta por uma onda Quadrada Pereita. a qual transmite os códigos binários (e por tanto digitais) que são as informações de dados.
    Portanto poderiamos dizer que é um misto das duas coisas.

    Embora não veja muito proveito em tal discussão, vale a pena a nível de conhecimento !


    Galera é isso mesmo que o pkmc disse, e para ser sincero poucos sabem disso, poucos mesmo!

    Explicação perfeita!






Tópicos Similares

  1. Respostas: 7
    Último Post: 07-11-2013, 10:38
  2. Quais são minhas chances?
    Por no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 5
    Último Post: 02-08-2003, 10:32
  3. Respostas: 3
    Último Post: 02-06-2003, 09:38
  4. Oq são rawdevices?
    Por duker no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 4
    Último Post: 11-02-2003, 20:01
  5. Respostas: 3
    Último Post: 03-02-2003, 18:13

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L