Página 2 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #21
    Eng. Telecomunicações Avatar de pkmc
    Ingresso
    May 2007
    Localização
    Foz do Iguaçu - PR
    Posts
    996
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Citação Postado originalmente por andrehost Ver Post
    Em resposta ao nosso amigo JorgeAldo, segue algumas informações.

    Tendo como experiência alguns anos como professor da área de telecomunicações e administrador de grandes redes, agora resolvi ter meu próprio negocio e estou com um provedor 100% ubiquiti.

    O que acontece é o seguinte, cabo STP não mesmo serve para grandes distâncias, logicamente vai permitir que vc tenha um ganho maior na distância porque exatamente a sua função é reduzir as interferências eletromagneticas, que podem derivar de diversos equipamentos existentes ou grandes frequencias de transmissão ao redor do cabo, como exemplo mais comum um ar-condicionado, cabos de alta tensão, geradores de energia, que geram grandes campos eletromagneticos, então o cabo STP sim, serve para reduzir todas essas interferencias existentes no ambiente, e como prova disso, eu tenho toda minha torre montada com rocket M5 e no inicio tive diversos problemas em minha torre com as transmissões, simplesmente links estaveis de 100 a 200mb full com os rocket m5 no entanto não existia transmissão de dados, então recebi a ajuda do grande PKMC o Kleber Cunha e ele me aconselhou a utilizar cabos STP e pronto, resolvido, o problema era sim os cabos UTP, devido aos equipamentos tanto ubiquiti como outras marcas, até mesmo os MK da vida, geram grandes interferencias devido ao grande aumento de potencia no sinal enviado, o equipamento possui um projeto 100%, não existe erro, o isolamento do equipamento é o padrão, o que ocorre que a propria transmissão gera uma interferencia que se propaga mais ainda devido aos materiais utilizados na torre, ferro, aço, etc. Isso faz com que os cabos utps sofram interferencias eletromagneticas e percam a sua funcionalidade. Então os equipamentos usados em torres, e quanto maior a torre maior o problema, devem ser utilizados com cabos STP e de preferência realizar o aterramento desse cabo, não resolve muito vc so utilizar o cabo STP, deve existir um aterramento para que as interferencias sejam digamos sugadas do cabo. O PKMC tem uma experiencia absurda com esses tipos de equipamentos e foi excencial sua ajuda para meu projeto ser concluido com sucesso, agora temos um encontro extremamente importante que é a conferencia ubiquiti em Foz, aonde teremos novidades e principalmente os engenheiros ubiquiti para tirarmos duvidas. Com ctza esse cabo novo da ubiquiti é sim uma solução 100% para os problemas com equipamentos em torres, se tiver um osciloscopio disponivel liguem com cabos utp e façam a medição dos cabos e façam a medição da torre e terão a visão de ondas ao redor do ferro.

    Já vi casos de usuários com problemas em suas torres e foram recomendados a colocar borrachas atras dos equipamentos, porque exatamente não foi realizado o aterramento dos equipamentos e ajudava a isolar o equipamento do ferro da torre para não gerar interferencia, ou seja, aterre sua torre, faça o uso de cabos STP como recomendado com conectores blindados e tb aterrados que não existiram problemas.

    Grande abraço a todos e estou disponivel para qualquer duvida com Ubiquiti.
    Obrigado pelo Post ! ao parceiro andrehost
    Espero que mais pessoas que tiveram esse tipo de proble e foram ajudadas a resolver usando cabos blindados postem aqui, para que não haja dúvidas de indagações simplesmente lançadas ao vento, sem embasamento para isso

    Grande Abraço !

  2. #22
    Eng. Telecomunicações Avatar de pkmc
    Ingresso
    May 2007
    Localização
    Foz do Iguaçu - PR
    Posts
    996
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Citação Postado originalmente por JorgeAldo Ver Post
    putz, ai o cara vai e responde o que eu já sei...

    volte e veja as fotos...

    aqui no google images

    patch panel - Pesquisa Google

    milhares de fotos de cabeamentos UTP tradicionais, nada STP, e...

    1 - Não existe acoplamento entre o sinal de 2.4GHz e o cabo UTP (Pelamordedeus são milhares de MHz de distância !)
    2 - Se fonte de "sinal eletromagnetico" for grande coisa (Sim, concordo que se voce tiver que passar cabo UTP em uma subestação de energia vai dar galho) os proprios pares interferem entre si, e milhares de cabos juntos vão produzir muito mais EMI do que um gerador, e no entanto, as fotos mostram milhares de cabos FUNCIONANDO.

    Consegue perceber que se ISSO fosse realmente problema muita coisa que se faz com UTP do jeito tradicional não funcionaria ?

    Esse toughcable não passa de um STP, o que já existia há anos e não se usava por que NÃO HÁ NECESSIDADE EM 99% das instalações.

    Se sua torre tem problemas com cabeamento, começe olhando outros pontos e não no cabo UTP por que dificilmente será ele o problema. E caso seja, então desconfio seriamente de um defeito de projeto nos ubiquiti... Isso sim. O que é corroborado pelo lançamento desse STP glorificado por parte da mesma empresa.

    Uma coisa que vejo nos airmax é que não há possibilidade de aterrar o equipamento, sera que não é esse o problema ?

    Outra coisa o PKMC é revendedor Ubiquiti, lógico que ele vai ficar contra. E logico que quem seguiu os "conselhos" dele tb não vão gostar de perceber que o cabo UTP dá conta da maior parte dos casos (E tendo blindagem, como será resolvido o ground loop ?)
    Só pra vairiar por que você não aceita a EXPERIÊNCIA dos outros em vez de criticar?
    Pois se não fosse isso não estariamos aconselhando a quem tem esse problema usar e ter seus problemas solucionados.
    E não estamos falando de 2.4 GHZ !
    Quanto à afirmação o PKMC é revendedor Ubiquiti é MENTIRA não revendo qualquer tipo de produto.



  3. #23

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Será mesmo que sabe...

    JorgeAldo, o que acontece nas fotos do orkut são cabeamentos internos estruturados em cabo UTP, sim realmente cabo utp com cabo utp não gera problema algum, eles são feitos para isso, pode colocar 5 milhões deles juntos que eles se anulam e não geram inteferencia. A analise em questão é vc utilizar cabos utps em torres metalicas com equipamentos de transmissão externa, igual os rocket m5. Como sendo interferencias externas lançadas ao vento digamos assim, logicamente elas iram causar problemas nos cabos utps que no caso estariam sofrendo interferencias externas de frequencias diferentes das contidas no interior do cabo.

    Como são para uso externo, acredito q ninguem faz torre dentro de uma sala de 3x3, elas estaram sofrendo qq tipo de interferencia externa e o cabo UTP não tem proteção contra isso, não so interferencia da propria frequencia do sinal interfere mais qq outro campo q possa existir na região da torre.

    Faça um teste basico, liga qq equipamento wireless de grande potencia como setoriais ou direcionais dentro de uma sala com um rack cheio de cabinhos utp espetados em um patch panel e veja o que acontece.

    Pode sim ocorrer algum caso que o cabo utp não sofra problemas, mas são raros, afinal se sua torre está isolada, aterrada corretamente e não existe mais nada perto dentro de uns 100 a 200m da sua torre, pode ser que o utp funcione legal, transmissão de dados não é so vc ter os dados trafegando no cabo, conseguir um ping ou navegar na internet, transmissão de dados em cabos utp ou stp devem ser certificados e garantir a banda passante. se é 100 tem q ser 100 e não 10 sofrendo interferencia mais usando o cabo UTP.

  4. #24

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Hehe....

    Ok... então existe interferencia de onda eletromagnetica igualzinha dentro de uma sala de equipamentos de rede igual existe la fora, em cima da torre, imaterialmente.....kkkkkkk

    O problema não ta na frequencia 2.4 ou 5.8, existem milhares de frequencias e interferencias no ar que externamente do prédio na "torre" iram sofrer as variações no cabo UTP, não importa se do rádio transmissor em questão.

    O problema é... cabo utp na torre sofre interferencia mas ninguem é obrigado a usar o cabo STP correto.

    Use sim o utp, depois que vc passar um pouco de raiva com seus equipamentos e clientes, ae troque e veja se resolve... :P



  5. #25
    Eng. Telecomunicações Avatar de pkmc
    Ingresso
    May 2007
    Localização
    Foz do Iguaçu - PR
    Posts
    996
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Citação Postado originalmente por JorgeAldo Ver Post
    So pra explicar melhor, se o cabo estiver corretamente terminado (No nosso caso 100Ohms) esses 100Ohms de carga são carga suficiente para que o pequeno nivel de sinal do ruido (Ou seja o valor do ruido) seja atenuado pelo simples fato de ter que alimentar tal carga !

    E os sinais mais fortes, no caso de uma torre, são os proprios sinais em 2.4GHz e 5.8Ghz enviados pelas antenas. Esses não acoplam no cabo pois estão muito acima da frequencia de corte do mesmo.
    E as outras frequencias e harmônicas, por exemplo as geradas pelo processadores internos do rádio ?
    Não existem ?
    Se acha que não por que o cabo blindado soluciona o prolema !
    Aliás vc não deve estar em busca de soluções, só de polêmicas mesmo !
    Ao contrario de todo mundo que está no batente para solucionar !
    Última edição por pkmc; 26-11-2010 às 15:50.

  6. #26
    Não Registrado(s)
    Visitante

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Citação Postado originalmente por JorgeAldo Ver Post
    Concorda que a responsabilidade sobre isso é do engenheiro que projetou o rádio e não do cara que foi fazer uma torre com ele ?
    Eu não concordo, pois processadores geram interferencia eletromagnética ao trabalhar !



  7. #27
    Eng. Telecomunicações Avatar de pkmc
    Ingresso
    May 2007
    Localização
    Foz do Iguaçu - PR
    Posts
    996
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Citação Postado originalmente por JorgeAldo Ver Post
    Concorda que a responsabilidade sobre isso é do engenheiro que projetou o rádio e não do cara que foi fazer uma torre com ele ?

    Edit: Isso corrobora com a tese de que há algo errado com os ubiquiti (Não tenho nada contra a ubiquiti, eu recomendo ubiquiti pros meus clientes só não enguli essa dos cabos STP).
    NÃO CONCORDO !
    PARE DE DE ACHAR PROBLEMAS, ACHE SOLUÇÕES !

  8. #28
    MODERADOR-CHEFE Avatar de osmano807
    Ingresso
    Aug 2008
    Localização
    Araguari - Minas Gerais
    Posts
    1.985
    Posts de Blog
    5

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Afinal, o problema existe? Se existe, está onde?



  9. #29
    MODERADOR-CHEFE Avatar de osmano807
    Ingresso
    Aug 2008
    Localização
    Araguari - Minas Gerais
    Posts
    1.985
    Posts de Blog
    5

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Citação Postado originalmente por Não Registrado(s) Ver Post
    Eu não concordo, pois processadores geram interferencia eletromagnética ao trabalhar !
    Só para clarificar, pelo ip esse é o pkmc

  10. #30
    Eng. Telecomunicações Avatar de pkmc
    Ingresso
    May 2007
    Localização
    Foz do Iguaçu - PR
    Posts
    996
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Citação Postado originalmente por osmano807 Ver Post
    Só para clarificar, pelo ip esse é o pkmc
    SIM SOU EU ! Sr. MODERADOR
    Se eu quisesse esconder algo usaria qualquer outro IP da minha Range de IP's válidos
    Não entendi por que foi sem identificação haja visto que tenho autenticação automática no SAFARI !
    Não sou de postar nada sem identificação, sempre assino meus POST's
    Só não entendi por que a sua critica em veemente desaprovação em cima de fatos !



  11. #31
    Eng. Telecomunicações Avatar de pkmc
    Ingresso
    May 2007
    Localização
    Foz do Iguaçu - PR
    Posts
    996
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Citação Postado originalmente por osmano807 Ver Post
    Afinal, o problema existe? Se existe, está onde?
    O PROBLEMA não existe, só na cabeça das pessoas que não sabem soluções !
    Ou não entendem que um equipamneto precisa de certas requisições pra funcionar perfeitamente!
    Ja pensou ligar um aparelho 110v em uma tomada 220v, tomadas as devidas proporções é uma falta de entendimento de que o equipamento precisa pra funcionar !

  12. #32
    Eng. Telecomunicações Avatar de pkmc
    Ingresso
    May 2007
    Localização
    Foz do Iguaçu - PR
    Posts
    996
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Citação Postado originalmente por JorgeAldo Ver Post
    Bem, minha afirmação final é que esse cabo só deve ser usado em ambientes industriais com elevado ruido COMPROVADO ou no caso de você precisar ir alem dos 150M recomendados para o padrão ethernet fast.

    O fato de estar sendo numa torre de internet não é forte o suficiente para partir para um alternativa tão cara.

    Quanto à suposta proteção contra surtos, isso se desdobra em dois pontos :

    1 - O surto so vai ser suficiente para danificar o cabo (PRESTE ATENCAO, O CABO ! Não estou falando de equipamento) se o cabo for realmente longo o suficiente (Ou se a potencia for alta, mas ai o cabo vai danificar sendo blindado ou não).
    2 - No caso dos equipamentos, sai mais barato colocar protetores de surto nas entradas e continuar usando UTP.

    No caso do pequenos bullets e similares, gostaria muito de saber como aterra-los ...
    Use a cabeça ! aterre pelo prório cabo pois ele sendo blindado e o conector tambem LOGICAMENTE vai aterrar o equipamento pois a Fonte POE tb é aterrada !



  13. #33
    MODERADOR-CHEFE Avatar de osmano807
    Ingresso
    Aug 2008
    Localização
    Araguari - Minas Gerais
    Posts
    1.985
    Posts de Blog
    5

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Citação Postado originalmente por pkmc Ver Post
    SIM SOU EU ! Sr. MODERADOR
    Se eu quisesse esconder algo usaria qualquer outro IP da minha Range de IP's válidos
    Não entendi por que foi sem identificação haja visto que tenho autenticação automática no SAFARI !
    Não sou de postar nada sem identificação, sempre assino meus POST's
    Só não entendi por que a sua critica em veemente desaprovação em cima de fatos !
    Sem problemas, só adicionando ao post, essa interferência seria tão 'grande' à ponto de afetar o cabo? No caso, o espaço está cheio de 'interferência', isso não afetaria até o processador? (sou BEM leigo nisso, só estou supondo)

    (PS. o reverso do seu ip não reflete sua afirmação...)
    Última edição por osmano807; 26-11-2010 às 16:44.

  14. #34
    Eng. Telecomunicações Avatar de pkmc
    Ingresso
    May 2007
    Localização
    Foz do Iguaçu - PR
    Posts
    996
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Citação Postado originalmente por osmano807 Ver Post
    Sem problemas, só adicionando ao post, essa interferência seria tão 'grande' à ponto de afetar o cabo? No caso, o espaço está cheio de 'interferência', isso não afetaria até o processador? (sou BEM leigo nisso, só estou supondo)
    Realmente parece bem leigo mesmo ! NÃO afeta pois geralmente são eles que geram ! E não é tão grande assim, só que casa com a do cabo !



  15. #35
    MODERADOR-CHEFE Avatar de osmano807
    Ingresso
    Aug 2008
    Localização
    Araguari - Minas Gerais
    Posts
    1.985
    Posts de Blog
    5

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Citação Postado originalmente por pkmc Ver Post
    Realmente parece bem leigo mesmo ! NÃO afeta pois geralmente são eles que geram ! E não é tão grande assim, só que casa com a do cabo !
    Supondo que exista outro tipo de processador para este fim, não seria erro usar o atual sabendo que ele gera 'interferência' que casa com o cabo?

  16. #36
    Eng. Telecomunicações Avatar de pkmc
    Ingresso
    May 2007
    Localização
    Foz do Iguaçu - PR
    Posts
    996
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Citação Postado originalmente por JorgeAldo Ver Post
    Cara, quando se fala de lugar com interferencia, estamos falando de INTERFERENCIA PRA CARA.....

    Por exemplo, passar um cabo de rede numa subestação, ou numa usina hidrelétrica, ou numa estação de transmissão de rádio FM, lugares assim (Proximo a um elevador por exemplo, por causa do motor) no geral coisas de alta potencia, pois sua comutação gera EMI potente. Ai o investimento justifica.

    Mas wireless tá longe de ter potencia para significar qualquer coisa. E os processadores dos radinhos idem.

    Seu pc gera muito mais EMI do que eles.
    REALMENTE você não quer entender ! Mas quem sabe um dia passe por isso e resolva usar cabos blindados !



  17. #37
    Eng. Telecomunicações Avatar de pkmc
    Ingresso
    May 2007
    Localização
    Foz do Iguaçu - PR
    Posts
    996
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Citação Postado originalmente por leandrolopeswifi Ver Post
    Jorgealdo,tudo bem?
    Bom, até entendo teu pensamento ou opinião quanto ao cabo, sabemos que tu não é um fã de ubiquiti, mas tens que entender que este produto será mais uma opção pra quem quer um ótimo cabo pra ser usado com a linha ROCKET M.
    Não estamos discutindo se eles foram o primeiros ou segundos a lançarem o produto e sim que é um bom produto.
    Tente visualizar desta forma,ok.

    Só não convém é comentar.. "gastar dinheiro com moda" , esse cabo não é moda , é realidade e tecnologia melhorada.é simples. compra quem quer e quem pode. se não usas esse tipo de cabo, então nem precisarias comentar no post, não é mesmo?

    Concordo com o pkmc, pois os rádios da linha Airmax tem suas particularidades, e uma delas pra um enlace fechar em 100% é o cabo utilizado. só quem usa sabe disso.
    Abraço.
    E ísso aí leandrolopeswifi só quem passou pelo problema e achou a solução sabe o valor de usá-la !
    A prática faz a diferença da teoria !
    Grande Abraço ! Espero encontrá-lo aqui dia 1º na convenção !

  18. #38

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Muito bom o debate, mas eu votei na Dilma.
    Acho que esse tipo de discurção só gera informção adicional a nossas mentes de menor conhecimento e nos engrandece.
    Parabens aos dois pelo tanto de conhecimento passado.



  19. #39

    Padrão Re: TOUGHcable - Ubiquiti lança cabo ethernet blindado

    Depois de analisar os prós e contras apresentados e pensando em alguns episódios inexplicáveis que de vêz em quando acontece em uma das torres, vou trocar os cabos para blindados e conectores aterrados.
    Porque isso? Mesmo os Nano estando rendendo muito bem, eu tenho um hábito de ficar monitorando e já peguei os mesmos em algumas ocasiões com alguma instabilidade. Nunca pude descobrir o que poderia ocasionar isso, mas agora começo a entender.
    Seja defeito de projeto ou não, eu vou pagar para ver.
    A experiencia dos companheiros com cabos blindados talvêz me ajude a eliminar esta instabilidade.

  20. #40

    Padrão Considerações atuais sobre UTP/STP

    Níveis de EMI (Eletromagnetic Interference).

    Uma nova diretiva cujo objetivo é estabelecer um padrão europeu único para controle de interferência eletromagnética (EMI -- Electromagnetic Interference) gerada pelos equipamentos elétricos está acabando com os planos dos projetistas de redes de instalar cabos UTP que acomodem tráfego LAN de alta velocidade. O maior problema levantado pelas novas regulamentações que entraram em vigor no início de 1996 diz respeito ao par trançado não blindado Categoria 5, que surgira até então como o meio de transmissão de mais baixo custo capaz de comportar tráfego de alta velocidade como FastEthernet ou ATM [GRE96].

    Cada parte de um equipamento eletricamente carregado transmite e recebe EMI porque todos os condutores tem a potencialidade de agir como antenas de rádio, sejam eles finos filamentos em uma placa de circuito ou extensões de cabos. Em geral, em freqüências elevadas, os condutores se aproximam ainda mais do comportamento de uma antena, o que explica porque os problemas de emissão de EMI se agravam em redes que operam em altas velocidades. Quando a emissão de EMI ultrapassa determinados limites ela pode causar uma série de problemas que nunca são notados de imediato, tais como degradação de desempenho, falhas em software, corrupção de dados. Deve-se observar no entanto que, apesar de indesejável, pesquisas concluíram que as emissões de EMI da maioria dos equipamentos elétricos estão bem abaixo de níveis que poderiam ser considerados prejudiciais à saúde.
    As novas normas, especificadas como parte das diretivas de compatibilidade eletromagnética (EMC -- Eletromagnetic Compatibility) da Comissão da Comunidade Européia (CEC), impuseram limites para a quantidade de EMI gerada por equipamentos elétricos incluindo cabeamento de prédios.
    A medição dos limites de EMI para o cabeamento não é uma tarefa fácil visto que, sendo o cabo um elemento passivo, este irradia EMI somente quando sinais são transmitidos por equipamentos conectados a uma de suas extremidades. As diretivas de EMC exigem que o cabeamento seja testado junto com os equipamentos. Isto faz com que, caso os usuários optem por um tipo de cabeamento, tenham de adquirir os equipamentos que foram aprovados para o tipo que escolheram.
    No entanto, nem sempre a aquisição de equipamentos aprovados para um determinado tipo de cabo garante emissões de EMI abaixo do permitido, já que a fiação utilizada nos testes nunca é exatamente igual à utilizada no mundo real. Isto é particularmente verdadeiro para cabos UTP -- cabos compostos de 4 pares trançados de fios de cobre com impedância característica de 100 Ohms, protegidos por um revestimento de PVC. A fim de suprimir as emissões de EMI, estes cabos utilizam somente o efeito de cancelamento balanceado no qual sinais de polaridade oposta são enviados pelo cabo. Caso os sinais sejam perfeitamente balanceados, eles se cancelam mutuamente eliminando a tendência do cabo de agir como uma antena de rádio.
    Cabos UTP fornecidos por fabricantes interessados em conseguir o selo de conformidade do CEC podem possuir um balanceamento perfeito para a extensão testada, que desapareceria frente a testes em um ambiente real onde objetos metálicos próximos ao cabo poderiam causar desbalanceamento nas linhas de transmissão. Além disso, outros parâmetros poderiam variar do ambiente de teste para o mundo real, tais como conectores e comprimento do cabo. Por fim, uma má instalação dos cabos também poderia provocar futuras perturbações no balanceamento e criar níveis mais altos de EMI.
    Assim, sem uma forma de se medir as emissões de EMI dos cabos UTP antes de toda a infra-estrutura estar pronta, os projetistas não têm condições objetivas de averiguar se uma determinada planta de cabeamento está dentro das especificações. Para agravar a questão, as diretivas de EMC da CEC permitem que fiscais coloquem fora do ar as redes que excederem os limites de EMI.
    Ainda há bastantes dúvidas sobre o desempenho real de cada um dos tipos de cabeamento. Parece haver um favorecimento por parte dos vendedores, quando o assunto é a emissão de EMI de seus produtos. Os resultados encontrados pelos fabricantes para diferentes tipos de cabeamento não concordam entre si. A AT&T, grande fabricante de UTP Categoria 5, diz ser capaz de suportar tráfego ATM a 155 Mbit/s sobre seus produtos sem exceder os limites de EMI. Já os resultados da European Network Laboratories (ENL, Paris) afirmam o contrário atestando que, sob tráfego FastEthernet 100 Mbit/s o nível de radiação EMI emanada pelos UTP Categoria 5 ultrapassa o limite de 40 db permitido, enquanto que o nível de radiação para os STP se situa na casa dos 20 db. Embora a ENL seja uma organização independente de vendedores, os testes foram encomendados pela Alcatel Cable S.A., fabricante de cabeamento STP. Outros resultados que vão contra as conclusões dos testes da AT&T são os fornecidos pela ITT Network Systems and Service, indicando a impossibilidade para os cabos UTP Categoria 5 de suportar tráfego ATM 155 Mbit/s sem exceder os limites de EMI ditados pelas diretivas EMC [GRE96].

    Problemas com a verificação de uma instalação de UTP Categoria 5.

    Os primeiros problemas levantados para o cabeamento UTP Categoria 5 começaram a surgir em 1994, quando usuários, ao tentar trafegar dados FDDI a 100 Mbit/s sobre estes cabos, observaram uma degradação do desempenho causada por interferência eletromagnética excessiva - EMI (ver texto acima). Os motivos apontados foram técnicas de instalação imprópria para este tipo de cabo. A controvérsia sobre instalações de UTP Categoria 5 incitaram os fabricantes de equipamentos de teste a lançarem vários produtos no mercado. Estes produtos tinham como propósito eliminar as incertezas sobre problemas no cabeamento UTP Categoria 5 ao permitir aos usuários que se certificassem sobre seu parque instalado. No entanto alguns destes produtos só pioraram a situação ao fornecerem informações equivocadas, que foram causas muitas das vezes de onerosos gastos com reinstalações desnecessárias [PRE95].
    Os analisadores de instalação não se deram muito bem ao tentar levar uma política de testes feitas sob condições de laboratório especificadas pelo TIA para o mundo real. Visando esclarecer o assunto de verificações de instalações o TIA publicou o documento TSB67 cujo objetivo era definir o conjunto de testes a ser executado pelos dispositivos e o grau de acuidade exigido pelos testes. Até agosto de 1995, data da publicação da referência bibliográfica utilizada para construir este parágrafo, a nenhuma conclusão tinham chegado os debates acerca do nível de precisão dos equipamentos de teste. Alguns vendedores de equipamentos argumentam que mesmo o nível de maior precisão estabelecido pelo TSB67 não é suficiente quando o assunto são redes ATM de alta velocidade [PRE95].
    De fato, a questão ATM vai bem além dos equipamentos de teste quando se trata de exigências de desempenho por parte do cabeamento. As especificações de desempenho TIA/EIA 568 para o UTP Categoria 5 cobrem somente frequências de até 100 MHz, o que, sendo suficiente para lidar com protocolos de 100 Mbit/s como FDDI, 100BaseT e 100VG-AnyLAN, não é para as exigências dos novos adaptadores e switches ATM que utilizam frequências mais altas.
    Um pequeno estudo sobre Par Trançado

    o.O