+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão RB433 usando fonte ATX

    Olá alguem já usou fonte atx em RBs e como faz?

    Tenho um rb433 com xr2 e queria colocar uma fonte pois o fornecedor me indicou para maior perforrmace.

  2. #2

    Padrão Re: RB433 usando fonte ATX

    Usando um conector Jack P4 conecte o centro à saída amarela[+] da fonte e borda ao preto[-]. Muito cuidado ligar isso invertido pode destruir sua RB. Aqui alimento uma RB 450G assim aproveitando o conector extra do proxy externo.



  3. #3

    Padrão Re: RB433 usando fonte ATX

    Não intverta as polaridades senão é lona.

  4. #4

    Padrão Re: RB433 usando fonte ATX

    Amigo acho que mesmo uma fonte atx tendo uma amperagem alta ela tem uma uma tensão baixa.Eu uso uma fonte atx aqui para alimentar uma rb450 mas uso em 24v (fio amarelo + e azul -)e a corrente fica em 1a por causa do -12v mas como ela ñ tem cartão ñ tenho problemas.Recomendo a vc usar uma fonte de note 18v 3,5a.Abraço.



  5. #5

    Padrão Re: RB433 usando fonte ATX

    po nao inventa nao po compra uma fonte amigo isso e bem melhor po tu vai ter mas tranquilidade po sei que e um pouco puchado mas vale apena po
    Última edição por IRMAO; 18-01-2011 às 22:55.

  6. #6

    Padrão Re: RB433 usando fonte ATX

    Citação Postado originalmente por IRMAO Ver Post
    po nao inventao nao po compra uma fonte amigo isso e bem melhor po tuvai ter mas tranquilidade po sei que e um pouco buchado mas vale apena po
    Quem dera se vende-se um bom português.



  7. #7

    Padrão Re: RB433 usando fonte ATX

    cara como nosso amigo vfariaz...disse usa fonte de notebook, uso aqui e sem broncas....e tambem nao corre perigo de inverter os polos...blza

  8. #8

    Padrão Re: RB433 usando fonte ATX

    pra 12v as atx sao otimas... mas nesse caso tem q ser algo proximo dos 24v, eu uso fonte de notebook tbm... 20v 3,25A. muito bom!



  9. #9

    Padrão Re: RB433 usando fonte ATX

    O fato de a Mikrotik informar que determinada RB funciona com 9 a 28V, ou 11 a 48V, é porque ela tem o MESMO DESEMPENHO com qualquer tensão nesse range. E com qualquer consumo nos slots mini-pci.
    Ou estão chamando os engenheiros da MK de burros...

    O que tem que ver é a distancia entre a fonte e a RB. Se a fonte fica no chão e a RB no alto de uma torre ou mastro, com mais do que uns 5 ou 6m de cabo, melhor não usar 12V, e sim 18 ou 24V. Se o cabo for soldado na fonte, se souber de antemão que a fonte tem ripple baixo (E isso a maioria das fontes ATX não tem, consumo mínimo tipo 20W (Típico de RB433 com 3 cartões) a maioria das fontes ATX tem belos 200mV e ripple!) e se usar conector P4 de qualidade eu arriscaria uns 30m de cabo.

    Já se for POE, independente da qualidade do cabo UTP08 e independente da qualidade do RJ45, eu não passaria de 10m com o consumo "meio alto" disso.
    (CPE's tem consumo na casa dos 4 a 5W, elas operam bem com POE de 20m, mas passando o consumo pros 20W tem que ter tensão maior que apenas 12V, eu usaria 24V, na www.cinestec.com.br tem fonte 24V de 50W por um bom preço, com 24V dá pra usar POE com 30m nesse caso tranquilamente!)

    Ah, fonte ATX em caixa metalica no alto de torre ou mastro não é uma boa, os capacitores delas geralmente são pra 1000 horas a 105ºC, que signigica umas 6 mil horas a 65ºC, que seria a temperatura disso sem ventilação externa no sol, e isso daria uma vida útil pros capacitores (Obviamente o dia tem só 11-12,5 horas de sol por dia, mas mesmo sem sol isso não iria resfriar abaixo de uns 50ºC) de pouco mais de um ano. O problema é que tem 20% e variação nesses capacitores baratos no quesito temperatura, as vezes dura só 3 meses, as vezes enche de ripple em 1 mes e o usuario demora meio ano pra descobrir que os reboots e perda de desempenho são fruto de uma fonte com ripple demais.

  10. #10
    Eng. Eletricista/Eletrôni Avatar de MarceloGOIAS
    Ingresso
    Feb 2007
    Localização
    Goiânia
    Posts
    2.120
    Posts de Blog
    2

    Padrão Re: RB433 usando fonte ATX

    Bom dia,

    pelos testes que fiz até hoje, e também devido aos meus conhecimentos no assunto, fonte para RB tem de ter tensão de 18 a 24 volts e corrente de 3 a 5 ampères com cabo de energia entre RB e fonte de 1 ou 2 metros no máximo.

    Após a redução de 110/220 para aproximadamente 20V e após retificação de corrente alternada para corrente contínua a perda se acentua com o aumento no tamanho do cabo elétrico. Não use fonte PoE, devido a perdas, pois o cabo UTP tem uma bitola muito estreita gerando grande resistência à passagem da corrente elétrica. Quanto maior o cabo, maior a resistência. Como consequência a alimentação na routerboard, ou em qualquer equipamento que use PoE, fica prejudicada. Somente recomendo PoE na instalação cliente/usuário final em que o consumo elétrico geralmente é baixo. Em estações de distribuição não é recomendável.



  11. #11

    Padrão Re: RB433 usando fonte ATX

    Bom aqui uso fonte 24/3 para alimentar rbs com até 3 xr5, sem problemas...

    fonte hayama. quem quiser passo o contato do meu fornecedor...

  12. #12

    Padrão Re: RB433 usando fonte ATX

    Se o consumo dessa RB em casos extremos mal passa dos 10W, e cada cartão consome entre 4 e 6W no pior dos casos, somando 28W ao todo (Pico, mas em uso brando isso fica nuns 16W), porque essa necessidade de superdimensionar as fontes? Alguma esperança de que com pouca corrente circulando a vida útil dos capacitores aumente ou que a fonte tenha menos ripple se usar apenas 30% da capacidade dela?

    Tem que ter uma motivação com fundamento mais técnico pra escolher fonte. Poderia dizer algo tipo: "Uso uma fonte de 36V 200A e não dá problemas" que isso não seria de ajuda nenhuma. O Marcelo recomendou não usar POE em provedor, só no cliente. Eu já arrisco mais, digo que POE em 12V não pode ultrapassar cerca de 10W de consumo, e em 24V não dá pra passar dos 20W (36V 25W, 48V 30W), não por funcionar ou não, e sim porque o percentual de problemas aumenta ou diminui nesses casos, e percentual de problemas é uma coisa muito tenue de se medir, ter 1 problema no ano e eles ser causado por adaptador POE é ter 100% de problemas causados por POE.

    Vou frisar o que sempre digo aqui no forum: Esqueçam a tensão e corrente das fontes (Ou melhor, coloquem elas em segundo plano), escolham as fontes baseado no ripple (Quando novas) e na qualidade dos capacitores (Que dizem quanto tempo a fonte sobreviverá até começar a dar ripple demais).

    As fontes Hayama, por exemplo, não usam capacitores de primeira linha. Ter 1 RB em uso a trocentos meses com uma fontes deles não significa um case de sucesso, tem que ver a temperatura que essa fonte fica de dia (Se está em caixa hermetica no sol ou está em local coberto e ventilado), tem que ver a estabilidade atual dessa RB (Logs de erros, perdas de pacotes), ou mesmo submeter essa fonte a uma revisão anual pra determinar quanto de ESR e capacitancia em alta frequencia os capacitores dessa fonte perderam num ano.

    Minha experiência com Hayama e Ralltek 24V 2A é que os capacitores de saída tem vida útil baixa quando colocada em caixa hermetica ao sol com RB433+3cartões com uso 24x7, depois de 7 a 10 meses o ripple aumenta demais e começam os logs de erros e perdas em pacotes, se o provedor aceitar trabalhar assim pode usa-la por até 14 ou 15 meses antes de começar a reiniciar demais ou queimar os mosfets devido ao trabalho excessivo.

    (A Ubiquiti, por exemplo, usa fontes mais sob medida, em aparelho com consumo de 15W ela usa fonte de 18W, sempre com uma "sobra" muito pequena, e porque? Porque usa fontes de ripple baixissimo. As de 24V tem ripple de meros 100mV em uso total, as de 12V tem ripple de 50mV em uso massivo, e por aí vai, fosse um provedor com técnico sem conhecimento do que usa colocaria uma fonte de 100W num equipamento que consome 20W, e nem prestaria atenção que em 24V a tal fonte tem 250mV de ripple com tão pouco consumo. Ainda bem que é assim, afinal a ignorância tem que ter um custo mais alto que a informação, se fosse o contratio estariamos incentivando a ignorância e não a educação. As informações sobre ripples, spikes e modo de chaveamento são gratuítas na web, mas há quem prefira ignora-las e ir no papo de vendedores sofrendo depois (E tendo gasto com perda de clientes ou troca de fonte) devido a essa escolha inicial feita sem critérios técnicos.

    RB433 com 3 cartão de alta potencia (XR2 ou XR5) não precisa mais do que 30W na fonte se tiver uso alto, e o ripple pode chegar a até 200mV em 24V que ela fica totalmente estável.
    Qual fonte tem ripple assim baixo é outra estória... se eu vendesse fontes eu saberia. Quando compro cobro do vendedor que ele se vire pra descobrir os dados técnicos dos produtos que ele vende, é o serviço dele.



  13. #13

    Padrão Re: RB433 usando fonte ATX

    faça os calculos e veja se a fonte atx q vc quer usar serve pra seu projeto... ou procure um profissional q intenda de verdade e na "pratica", para indicar uma fonte ideal! e achar a tal fonte...

  14. #14

    Padrão Re: RB433 usando fonte ATX

    a atx em ralaçao a algumas fontes eh melhor... mas tem fonte mais indicada e ideais para cada projeto