+ Responder ao Tópico



  1. Esse foi o email que recebi de uma empresa que faz parceria:

    From: scm@xxxxx.xxx.br
    To: interlan_miranda@hotmail.com
    Subject: Parceria SCM
    Date: Mon, 13 Dec 2010 11:15:48 -0200



    Olá,

    Considerando o prazo para liberação que deve ocorrer de 20 a 60 dias com risco de 90 dias, entendemos que trata-se de um periodo complicado principalmente em relação aos custos a serem pagos num periodo muito curto.

    Taxa inicial R$ 1.950,00
    Mensalidade R$ 415,00
    Taxa de Renovação R$ 770,00 + 415,00.

    Apesar do prazo informado, ficamos dependendo das liberações por parte da ANATEL, e neste período tende a ser mais lento, também estamos focados no lançamento do programa Radius.

    Sendo assim em reunião com o Sr. xxxxxxxx, optamos por comunicar que retornaremos as atividades e iniciando parcerias somente a partir de Janeiro de 2011.

    A proposta em anexo poderá sofrer pequenas alterações, por favor nos retorne o contato em Janeiro, caso possa esperar para versão atualizada.



    Atenciosamente,
    XXXXXX XXXXXXX

  2. Essa foi a resposta hoje:

    Olá,

    No momento não tenho esta respostas uma vez que o processo esta suspenso para reformulação, retornaremos em +/- 30 dias.
    Para o estado de São Paulo a suspensão é por tempo indeterminado.


    xxxx

    From: ANTONIO AGUIAR
    Sent: Sunday, February 13, 2011 9:40 PM
    To:
    Subject: RE: Parceria SCM





  3. Shturbo,


    Muito legal seu sistema de franchising, gostaria que me enviasse uma circular de oferta de franquia, nos moldes da lei que regulamenta essa atividade L8955.


    Mais uma pergunta, eu entendi bem que uma das atividades econômicas da Shturbo é franchising, mas porque motivo você não especificou isso no cartão CNPJ da empresa, estive dando uma "googlada" e vi que existe um CNAE específico para franquia e que toda empresa que opera dessa forma tem lá especificado CNAEweb algum equívoco ou existe alguma lei que permite ignorar esse detalhe?


    Fico no aguardo da Circular...


    E se possivel, desculpe a minha ignorancia, voce poderia ser mais claro com as respostas.

    Fico no aguardo.

  4. Todo essa minha preocupação e ref. a fiscalização furtura da Receita federal ou ate mesmo do municipio, questionando valores.



  5. Prezado, prometi que não iria fazer deste post um a zona de batalha, mais não me deixam quieto!!!
    Então vamos, lá.

    Ao Sr. Kleber.

    Prezado Sr. a SHTURBO não é tão boazinha assim, como qualquer empresa existente no mercado, estamos aí para ganhar dinheiro e crescer e só se cresce com solides se tiver uma boa estrutura familiar. O Sr. descreveu exatamente os custos de um SCM verdadeiro(100%), apenas se esqueceu dos incentivos fiscais que é uma das formas que usamos para ganhar dinheiro, sem isso realmente trabalharíamos no vermelho, bem pelo menos na franquia, já aqui no DF o faturamento é 70% da SHTURBO e usamos esse faturamento para cobrir quaisquer eventuais danos ou perdas numa franquia, como foi o caso de Mambai-Go que uma tempestade derrubou torres de clandestinos e nossa, felizmente pudemos reconstruímos tudo e financiar para o franqueado(investimento futuro).

    Ao Sr. NFnetwok;

    Prezado, boa noite;

    Trabalhamos sim de acordo com as normas da LEI 8955, porém não necessariamente somos obrigados a ter no CNPJ o codgo CNAE, pois não muda a carga tributaria. Porém estamos providenciando isso e o registro no conselho nacional de franchising mais não por problemas ou cobranças e sim para podermos financiar a franquia direto pelo banco, recentemente recebemos uma proposta do bradesco para faze-lo de modo que os franquiados interessados teriam crédito pré aprovado de 50mil, somente por isso estamos tomando essas medidas.

    Já fomos denúnciado no triagulo mineiro por conta destas alegações e não deu em nada, pois o departamento juridico da empresa provou para a prefeitura local que a lei não obriga, uma vez que a empresa já recolhe os tributos federais e estaduais e que apenas abririamos a local se tivessemos algum incetivo fiscal.(se fosse obrigatório, tadas essas PARCEIRAS SCM deveriam ter que reconher o ICMS local assim como a SHTURBO, muito me admira perguntarem isso e não questionarem isso ao outros, os que fazem PARCERIAS SCM, tem empresas alugarodas de Scm que detem 100, 200 e até 300 PROVEDORES SVA e elas, abrem as IEs em cada estado? Elas pelo menos recolhem o SCM sobre o valor real prestado ao CLIENTE? Será que elas tem o codgo CNAE? ....kkkkkkkkkkkkk.... ILARIO, kkkkkkkkkkk, de lascar mesmo....kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, puta que pariu, me acho mesmo um estupido.......kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk)

    Prezados a SHTURBo já sofreu todo tipo de denúncias, nenhuma vigou, pois trabalhamos de acordo com a lei e detro da lei. Nós não usamos contratos de gaveta nem formatamos formulas espetaculares de evasão fiscal, nem de ludribriar qualquer que seja o fiscal....

    Acho engrassado o pessoal aqui questionar, achar que é caro(caro e ter os equipamentos apreendidos e se prezo), tentar achar alguma coisa para pegar no pé, quando sabem das profundas irregularidade que convivem diariamento.
    Espero ter esclarecido suas dúvidas.

    Ao demais colegas, peço desculpas pelas informações um tanto agressivas e me retiro.
    Última edição por Shturbo Internet; 14-02-2011 às 21:45.






Tópicos Similares

  1. SCM Própria ou Associação?
    Por Zucchi no fórum Redes
    Respostas: 11
    Último Post: 10-01-2012, 15:10
  2. Respostas: 0
    Último Post: 27-02-2009, 16:37
  3. Parceria e ou Compartilhamento de outorga (licença scm) é ilegal.
    Por Shturbo Internet no fórum Servidores de Rede
    Respostas: 39
    Último Post: 12-01-2008, 21:29
  4. Tirar ou Compartilhar Licença SCM
    Por rmmnetwolf no fórum Redes
    Respostas: 0
    Último Post: 06-07-2006, 11:19
  5. Quero comprar uma Licença SCM própria.
    Por Portela no fórum Redes
    Respostas: 4
    Último Post: 18-01-2006, 08:13

Visite: BR-Linux ·  VivaOLinux ·  Dicas-L