+ Responder ao Tópico



  1. #1

    Padrão Provedor gratuito & Anatel

    Prezados,

    Estamos avaliando a possibilidade de lançar nosso serviço de acesso a internet gratuitamente, inicialmente sem cobrança, para realizar testes de demanda e estabilidade na rede na Zona Oeste.

    Iremos contratar um link de fibra de Intelig e a publicidade já envolverá os preços do serviço, na modalidade: Gratis durante 5 meses, e após o período R$ XXX por mês.

    Nossa regularização com a Anatel deverá estar pronta apos alguns meses, quando então cobraremos peço serviço.

    Entao pergunto:

    Tem implicação com a Anatel?

    Mesmo não explorando comercialmente, correremos riscos?

    Abracos a todos

  2. #2

    Padrão Re: Provedor gratuito & Anatel

    Olha so...apartir do momento que voce passa a cobrar R$ 0,01 (hum centavos), voce ja esta partindo para pratica comercial e outra, essa rede sera cabeada ou via radio, lembrando que para se poder ultilizar ondas de radio tem que ter regulamentacao da anatel, depois sendo cabeada, se for ultilar cabos nos postes de empresas de energia eletrica saiba que existe aluguel dos postes pelas empresas, aqui em Pernambuco custa R$ 12,00 cada poste mensal...entao espero ter ajudado, pois antes da sua regulamentacao sair corre o risco da propria anatel bater ai e lacrar os equipamentos...blza..abarcao e boa sorte.



  3. #3

    Padrão Re: Provedor gratuito & Anatel

    Não é só porque vc não esta cobrando quer dizer que não esta cometendo crime, seria como dirigir um carro sem cnh, vc sabe dirigir mas não tem licença pra isso. Não existe para outorga SCM como existe para a outorga de radio-comunicação ou TV um período de testes. Dependendo do fiscal ele pode encarar que vc esta operando sem scm e lacrar ou encarar que vc esta distribuindo sinal sem cobrar e não lacrar, ou seja vc vai contar com a sorte e bom censo do fiscal...

  4. #4

    Padrão Re: Provedor gratuito & Anatel

    Seria wireless mesmo. Acho q cabeamento de rua é algo mais complexo e caro. Tem como colocar uns nanostation nos postes na rua ?



  5. #5

    Padrão Re: Provedor gratuito & Anatel

    Usar poste de rua além de levar ferro da tia Ana vai levar ferro também da concessionária de energia elétrica, tendo em vista que ela não empresta espaço em poste, apenas faz locação por unidade e mediante projeto técnico.

  6. #6

    Padrão Re: Provedor gratuito & Anatel

    Citação Postado originalmente por evertonsoares Ver Post
    Usar poste de rua além de levar ferro da tia Ana vai levar ferro também da concessionária de energia elétrica, tendo em vista que ela não empresta espaço em poste, apenas faz locação por unidade e mediante projeto técnico.
    Hum achei q eles alugassem espaco em poste já existente. Então é impossível, aqui no Rio não tem mais espaço na rua nem pra pedestre, quiça poste.



  7. #7

    Padrão Re: Provedor gratuito & Anatel

    eles alugam espaço no poste existente, porem nao conheço empresa detentora de postes que alugue para empresa sem SCM.
    E pelo que o fiscal que me lacrou dia 17/02 disse vc para oferecer internet de graça tem que ter licença SLP, e ter total controle de quem usa, e se algum de seus clientes resolver reclamar na anatel que o serviço nao tem qualidade, ai vc tera problemas, pois ate de graça tem que seguir regras.
    em questao de vc começar a captar clientes para posteriormente cobrar, ja esta praticamente vendendo o serviço, pois o fiscal pode conciderar que vc cobrou os meses em cima do equipamento da instalação. ou que seus clientes tenham lhe pago sem comprovante, as mensalidades.

  8. #8

    Padrão Re: Provedor gratuito & Anatel

    O Serviço de Comunicação Multimídia, o SCM é sempre um serviço de carater oneroso, ou seja é um serviço comercial e não está previsto gratuidade.

    Quando você registra uma estação, você pode pedir uma autorização para operar em carater experimental. Está autorização é concedido pelo período máximo de 90 dias. Talvêz seja novidade para muitos mas é fato.
    Mas para isso há necessidade da previa outorga SCM.

    E o serviço de SCM não diferencia de é via rádio ou cabo. O que a Anatel regulamenta é o serviço e não a tecnologia.
    No seu caso, se a SCM ainda não saiu, ainda não dá para pedir 90 dias em carater experimental.
    Se chegar a fiscalização voce ainda não terá nada para amparar a atividade.

    Agora, nos conta aí como voce vai conseguir tanto patrocinio comercial para cobrir os custos. Normalmente o empresário vai investir na publicidade de alta rotatividade. Uma rede em hotspot com 100 , 200 usuários , se voce colocar publicidade numa página inicial, seus usuários logo vão aprender a cair fora dela e a publicidade não terá tanto efeito.
    Já o sistema de publicidade do Google, baseado em click nos banners é bem diferente. Mas ele funciona porque exite uma alta taxa de visitas.
    Conta aí como pretende fazer.



  9. #9
    tecnico chefe Avatar de naldo864
    Ingresso
    May 2010
    Localização
    Carapicuíba, Brazil, Brazil
    Posts
    3.104
    Posts de Blog
    1

    Padrão Re: Provedor gratuito & Anatel

    se aparece um provedor de rede sem fio e fala que a net vai ser de graça pelos primeiros 5 meses vai arrebentar a boca do balão vai ter instalção ate nao aguentar mas ,mas em compensação depois deste periodo que tiver que pagar vai perder 80% dos clientes ai vai ouvir de muito cliente que o serviço não prestava por isso que era de graça e por ai vai e uma pessima ideia .tudo que e de graça pode desconfiar eu penso assim e 99% dos brasileiros tambem

  10. #10

    Padrão Re: Provedor gratuito & Anatel

    todas as radios am e fm que são comunitaria sem fim lucrativo so muda forma de pagar impostos perante a lei ,mais processo na anatel,espera e custo para obter a autorização e o mesmo de um provedor de internet ou am fm com fins comercial



  11. #11

    Padrão Re: Provedor gratuito & Anatel

    Citação Postado originalmente por naldo864 Ver Post
    se aparece um provedor de rede sem fio e fala que a net vai ser de graça pelos primeiros 5 meses vai arrebentar a boca do balão vai ter instalção ate nao aguentar mas ,mas em compensação depois deste periodo que tiver que pagar vai perder 80% dos clientes ai vai ouvir de muito cliente que o serviço não prestava por isso que era de graça e por ai vai e uma pessima ideia .tudo que e de graça pode desconfiar eu penso assim e 99% dos brasileiros tambem
    Concordo. O cliente sempre usa algum atributo (negativo) como justificativa pra não pagar. Quem nunca viu aquele cliente q atrasou o pagto, e quando corta o serviço ele joga: "nao paguei pq caiu muito esse mes, o servico nao é bom.... mas preciso que reativem" rsrsrs

  12. #12

    Thumbs up Re: Provedor gratuito & Anatel

    Amigo, pelo que entendi você não cobrará pelos primeiros 5meses de conexão do cliente certo?
    Sendo assim entendo que vc terá um "cliente" com contrato assinado descrito no mesmo todos os valores e pormenores que venham a incindir em um contrato padrão de telecomunicações.
    Vejo assim que vc já estará comercializando o serviço e no entando só está dando um "brinde" aos clientes concedendo desconto de 100% da mensalidade nos primeiros 5 meses...
    Tome bastante cuidado com isso porque ao correr os olhos no seu post eu já entendi isso, se os fiscais da Tia Ana entenderem o mesmo vc pode ter sérios problemas!
    PS: Sem contar que a concorrência é sua pior inimiga, vc pode ter certeza que ao lançar essa publicidade vc estará tirando centenas de clientes de concorrentes, e quem gosta de perder clientes? Eu pelo menos não gosto que mexam no meu bolso...Com ctz vai ter um concorrente "lesado" abrindo uma denuncia contra vc!
    Espero ter ajudado!



  13. #13

    Padrão Re: Provedor gratuito & Anatel

    Paulo, pelo que eu ententi no post dele, ainda não tem SCM. E o serviço em carater experimental só pode ser concedido pelo período de 90 dias para quem já tem o SCM. Esta autorização é solicitada quando se cadastra no site da anatel o pedido de licenciamento da base.
    Ele poderá solicitar esta permissão e daí fazer um contrato próvisório, bem simples, mas que destaca que o serviço não será cobrado.
    Eu recebi esta licença , só que não pude utiliza-la pois já estava com o provedor em andamento e não teria como deixar todo mundo sem cobrança por até 90 dias, esperando sair a licença da estação.
    Daí que não tem como ele fazer isso agora.

    Mas ele ainda não nos contou como pretende sustentar tudo isso com propaganda no site. Se o número de assinantes for pequeno como é natural no início, dificilmente alguém vai anunciar na pa´gina do provedor .

  14. #14

    Padrão Re: Provedor gratuito & Anatel

    Tem que ter em mente o alto custo de tudo isso.

    Se for de graça a demanda vai ser altissima para instalações, então você teria um enorme custo com instalações durante todos os 5 meses.

    Com tantas instalações teria tambem um alto custo de link.

    Sem contar a tremenda logistica que precisaria ter por traz de tudo isso.Sem contar, como ja foi dito, a enorme quantidade de desistências apos os 5 meses o que iria sobrecarregar muito suas equipes.A não ser que haja um contrato de fidelidade tendo 5 meses gratis, ai ja seria uma pratica comercial como qualquer outra.

    É muito arriscado essa estrategia.



  15. #15

    Padrão Re: Provedor gratuito & Anatel

    Citação Postado originalmente por vie190 Ver Post
    todas as radios am e fm que são comunitaria sem fim lucrativo so muda forma de pagar impostos perante a lei ,mais processo na anatel,espera e custo para obter a autorização e o mesmo de um provedor de internet ou am fm com fins comercial
    Amigo, radio Am e Fm, não precisam link, não precisam aumentar link de acordo com a demanda de "ouvintes", não tem problema de latência, lentidão, cliente não liga pra dizer que ta lento, que não ta funcionando, não precisam de repetidoras, não tem problemas com o numero de clientes conectados nas estações, não precisam ir na casa do cliente para instalar, dar manutenção, manter callcenter, instaladores, manter kit client em estoque e se precisar utilizar radios de frequencia licenciadas, gastar todo ano nestes radios com lincença da Anatel.

    Então é melhor pensar nesta situação, pois os custos de um provedor de internet e de uma Radio, são completamente diferentes.