Página 2 de 4 PrimeiroPrimeiro 1234 ÚltimoÚltimo
+ Responder ao Tópico



  1. #21

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    Faça a conta da seguinte forma:
    Ex: Link de 40 MB
    Clientes com plano PNBL = 100 X R$ 35,00 = R$ 3.500,00
    Clientes sem PNBL = 700 (considerando 20 clientes/MB) X R$ 60,00 = R$ 42.000,00
    R$ 42.000,00+R$ 3.500,00 = R$ 45.500,00 Faturamento
    Link Telebras = R$ 4.560,00
    Faturamento - Link Telebras = R$ 40.940,00

  2. #22

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    Pedro, lá na reunião tinha gente bem pior que voce. Mas é isso, o PNBL vai dispor isso de verdade. Eu tambem duvidava, mas o pessoal da Telebras explicou direitinho como vai funcionar, todos os presentes tiveram a oportunidade de fazer perguntas, sobre as duvidas existentes, e todas foram explicadas pelo pessoal da Telebras. O que foi legal é que nesse encontro, o governo não mandou "PEÃO" mandou os caras que decidem, os chefões, e nós os provedores fritamos os caras com perguntas das mais diversas duvidas e pasmem... foram prontamente respondidas diretamente sem enrolação. Sai de lá convencido da oportunidade que teremos.



  3. #23

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    mais em relacao a franquia ou limite de transferencia, ja foi estabelecido!? é 300mb? ouvi dizer que seria 500mb!?
    isso ja esta estabelecido, ou nao!?

  4. #24

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    Voce precisa garantir 20% da banda para os usuários do PNBL ou seja, 200 kbps. Só isso



  5. #25

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    Jocave, lamento muito não ter ficado sabendo desse encontro de provedores, se ficasse sabendo com certeza teria ido. Minha visão perante o PNBL é também muito otimista, está me parecendo até agora que é a maior oportunidade de concorrermos de igual pra igual com as grandes operadoras, uma vez que o maior entrave para nosso crescimento era justamente o link por preços abusivos.

    O certo é o seguinte, não adianta ficarmos pensando que o Plano não vai dar certo, temos que traçar estratégias pensando que ele VAI DAR CERTO, quer gostemos ou não, pois caso contrário seremos "engolidos" pelas grandes teles ou por aqueles que se prepararam. .

    A minha cidade ainda não está prevista para ser atendida pelo PNBL, mas já estou preparando minha estrutura, aumentado a capacidade das bases para suportar o aumento expressivo de banda ofertada e também já está quase finalizando minha SCM. E aí é que surge uma coisa curiosa, me dei conta que esse mito de SCM é complicada, cara e burocrática, não passa de balela, pois é super tranquilo o processo e o investimento é razoavelmente baixo, pois eu não tenho nem 200 clientes e não estou me apertando pra pagar.

    Enfim, acredito que estamos numa fase de transição, onde a qualidade da banda larga no Brasil vai ter um salto na qualidade e um dos principais motivadores dessa melhoria seremos nós Pequenos Empreendedores. Precisamos acreditar mais nas potencialidades do nosso país e do nosso governo, mas principalmente das nossas próprias potencialidades.
    Última edição por SantiagoMG; 04-07-2011 às 22:52.

  6. #26

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    Brilhante colocação. É isso mesmo, invista na legalidade e acredite no seu potencial.
    O PNBL é uma boa, eu acredito nisso. Seus amigos mineiros estavam lá e muito otimistas. Outra boa notícia que a Diretora da Anatel nos disse é que a Licença SCM vai cair o preço. Quem sabe os Gatos não acordem e tirem as referidas licenças. Até lá eu vou faturando



  7. #27

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    Meu amigo ainda tem alguma esperança com o PNBL, no dia do encontro o mesmo secretario do ministro relatou que não sabia dizer nada sobre o termo, as 20 hs o JN divulgou o acordo. ACORDA BRAZIL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  8. #28

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    Oferta de link no atacado está restrita a um teto máximo de capacidade;

    A oferta de uma capacidade de rede no atacado como parte dos compromissos de oferta de banda larga popular firmada entre as concessionárias e o governo traz um problema intrínseco: ela está limitada às empresas que primeiro pedirem essa oferta, pois existe um teto de capacidade máxima comercializada dentro do que foi acordado com o Ministério das Comunicações. Segundo o detalhamento dos Termos de Compromisso obtido por este noticiário, a oferta no atacado é restrita a empresas cadastradas no regime fiscal SIMPLES e não se confunde com a oferta de acesso local ou linha dedicada (EILD). As ofertas serão sempre em links de 2 Mbps que custarão R$ 1,1 mil no caso da Telefônica e R$ 1,2 mil no caso da Oi, fora a taxa de instalação de pouco mais de R$ 2 mil. Em municípios com menos de 20 mil habitantes, a capacidade máxima a que a concessionária se compromete a oferecer é de 32 Mbps, não mais do que 20% da capacidade máxima ou 20 Mbps (o que for maior) para uma mesma empresa. Ou seja, considerando que cada empresa solicitante contrate o mínimo de 2 Mbps, no máximo 16 empresas poderiam ser contempladas por esta oferta no atacado. Em municípios com mais de 20 mil até 40 mil habitantes, o teto é de 64 Mbps por município; em municípios até 60 mil habitantes, o teto é de 128 Mbps; e em municípios acima de 60 mil habitantes, o teto é de 256 Mbps por município. Numa cidade de grande porte, portanto, no máximo 128 empresas seriam contempladas pela oferta no atacado. O período mínimo de contratação é de 2 anos e o prazo de instalação é de 60 dias. Quando não houver capacidade de rede, a concessionária terá 180 dias para atender aos pedidos. Ela poderá restringir a oferta mediante análise de crédito, exigir multa rescisória antecipada e o serviço decorrente do uso da capacidade só poderá ser ofertado ao consumidor final. A comercialização para as administrações municipais será restrita a 8 Mbps e limitada ao atendimento em locais públicos.

    fonte; Teletime



  9. #29

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    Bem amigo, ontem no encontro estava o Sr. Caio Bonilha Presidente da Telebrás, ele foi muito claro em dizer que o Telebras vai disponibilizar links de 100 Mb para qualquer provedor que queira comprar, e disse que vai usar os anéis opticos existentes das grandes estatais, como a Petrobras, Eletronet, etc. Explicou como será a conexão provedor-POP Eletrobras, os tipos de conexão se será fibra ou rádio e em nenhum momento mencionou operadoras. O Sr. Caio não iria colocar o dele na reta, afinal ele é o presidente da empresa, dai, confio mais nele que é a fonte do que no Teletime, pois papel e txt da imprensa aceita tudo.
    Última edição por jocave; 01-07-2011 às 17:08.

  10. #30

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    Rogério Santana também foi...... Leia o que está escrito apenas, na matéria do Teletime, calcule e revise os prazos, afinal o PNBL já começou, voce vai encontrar o produto relativo ao seu futuro e de seu negócio.
    "Palavras são facilmente esquecidas"
    Última edição por pp1wvc; 01-07-2011 às 17:15.



  11. #31
    Avatar de tecnologic
    Ingresso
    Jan 2011
    Localização
    Vera Cruz -RS
    Posts
    76

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    cara 1 mb por 35,00 limite 300 mb isso é piada 300 mb os meus clientes chegam tenhos clientes que chegam a passar de 1 gb que droga de plano.

  12. #32

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    Acho que tv não vai ser para nosso bico não, minha cidade e pequena uns 20.000 habitantes e a embratel já esta aqui oferecendo tv por 39,90!



  13. #33

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    .... Bernardo evita falar em "capitalização" da Telebrás, mas reconhece que o arranjo viabiliza o ingresso de investimento da Eletrobras na Telebrás e poderá ajudar a estatal de telecomunicações a alcançar as metas de investimento de R$ 1 bilhão por ano, previsto no início do PNBL. "Fizemos uma reunião e a Eletrobras deve entrar de sócia para termos mais recursos na exploração dessas fibras", disse ele. A Telebrás seria a responsável pela comercialização e relacionamento com os clientes.

    A ideia é que 100% dos municípios sejam atendidos pelo backhaul de banda larga da estatal até 2014.

    Fonte: Helton Posseti - Teletime



    Como eu disse, eu fico com o Presidente Caio

  14. #34

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    Citação Postado originalmente por tecnologic Ver Post
    cara 1 mb por 35,00 limite 300 mb isso é piada 300 mb os meus clientes chegam tenhos clientes que chegam a passar de 1 gb que droga de plano.
    Amigo, os 300 MB é um exemplo, voce pode criar o plano com a franquia que assim desejar. Esse é o grande barato do PNBL essa franquia, se não seria um tiro no pé.



  15. #35

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    Citação Postado originalmente por tecnologic Ver Post
    cara 1 mb por 35,00 limite 300 mb isso é piada 300 mb os meus clientes chegam tenhos clientes que chegam a passar de 1 gb que droga de plano.
    Mas esse limite 300 MB foi apenas uma sugestão do Alexandre, e que por sinal julgo muito coerente, entretanto não quer dizer que vc tem que obrigatoriamente oferecer esse plano.

    Caso você faça uma análise e julgue que consegue fornecer mais tráfego pela franquia de R$35,00, 1 GB por exemplo , ao invés de 300 MB, não há nada que proíba. E caso o cliente não deseje limite de tráfego você pode oferecer uma opção pra ele também, só que com um valor um pouco mais alto, uns R$50,00 por exemplo, e tenho certeza absoluta que se hoje eu conseguisse vender 1 Mega sem limite de tráfego por R$50,00 seria muito bom pros meus clientes, e pra mim também, rsrsrs, pois aumentaria muito o números de assinantes.

    Atualmente eu pago R$ 3.600,00 por um link de 6 Megas e o meu plano mais em conta é 300K (sem limite de tráfego) por R$ 50,00. Se hoje eu estivesse comprando link da Telebrás, com os mesmos R$3.600,00 eu poderia ter um link de mais de 30 Megas, ou seja 5 vezes mais do que tenho hoje. E com esse link de 30 Megas, seria muito mais fácil eu ofertar o plano que disse acima (1 Mega - R$ 50,00) do que 300K por R$50,00.

    Assim, no final das contas ganha o cliente e ganha o provedor, desde que haja um planejamento adequado. Na verdade o único que não ganha são as grandes Operadoras, que deixam de contar com a vantagem de possuir o monopólio sobre a venda dos links e com isso compensar a falta de gerência por parte deles.

    Há algum tempo estávamos muito defasados em relação à Teles no potencial tecnológico, pois posso dizer que há uns 03 anos não era fácil entregarmos um link de 1 Mega pra TODOS os clientes, mesmo que tivéssemos muito link sobrando, pois tínhamos muita limitação dentro da nossa própria rede local, que a maioria das vezes era em 2,4 Ghz, a qual na prática conseguíamos uns 4 megas por Interface, hoje em dia os equipamentos melhoraram a qualidade e conseguimos com facilidade trafegar 20 megas por interface, com equipamentos de baixo custo. Além disso ainda faltava experiência e conhecimento de nossa parte. Hoje em dia melhorou muito, estamos mais profissionalizados, e uma dos meios para essa melhoria é justamente este fórum, que é na verdade uma ferramenta de trabalho para quem trabalha com provedor no Brasil, nos ajuda a evoluir muito.

    Com essas melhorias dos equipamentos e também melhoria da nossa parte, como técnicos, vencemos uma etapa que nos colocava em desvantagem às operadoras, que era com relação à construção de nossa rede interna e estabilidade da rede.

    Mas em alguma coisas sempre estivemos muito a frente das operadoras, por exemplo, no quesito "Eficiência Administrativa", e principalmente na questão do atendimento ao cliente.

    Assim, fomos melhorando e ganhando força, sendo que atualmente, um dos únicos fatores que nos colocam em desvantagem em relação à operadoras é justamente o alto valor dos links, pois estão monopolizados.

    Por isso acredito, e devo mesmo acreditar, que o PNBL pode nos ajudar a quebrar esse monopólio. Afinal, se não for através dele o que mais é que vai fazer as Teles baixarem o preço dos Links?? Por boa vontade e camaradagem é que não vai ser...
    Última edição por SantiagoMG; 01-07-2011 às 19:13.

  16. #36

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    To na espera, hj já pago R$ 128,00 o Mega.



  17. #37

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    Citação Postado originalmente por SantiagoMG Ver Post
    Mas esse limite 300 MB foi apenas uma sugestão do Alexandre, e que por sinal julgo muito coerente, entretanto não quer dizer que vc tem que obrigatoriamente oferecer esse plano.

    Caso você faça uma análise e julgue que consegue fornecer mais tráfego pela franquia de R$35,00, 1 GB por exemplo , ao invés de 300 MB, não há nada que proíba. E caso o cliente não deseje limite de tráfego você pode oferecer uma opção pra ele também, só que com um valor um pouco mais alto, uns R$50,00 por exemplo, e tenho certeza absoluta que se hoje eu conseguisse vender 1 Mega sem limite de tráfego por R$50,00 seria muito bom pros meus clientes, e pra mim também, rsrsrs, pois aumentaria muito o números de assinantes.

    Atualmente eu pago R$ 3.600,00 por um link de 6 Megas e o meu plano mais em conta é 300K (sem limite de tráfego) por R$ 50,00. Se hoje eu estivesse comprando link da Telebrás, com os mesmos R$3.600,00 eu poderia ter um link de mais de 30 Megas, ou seja 5 vezes mais do que tenho hoje. E com esse link de 30 Megas, seria muito mais fácil eu ofertar o plano que disse acima (1 Mega - R$ 50,00) do que 300K por R$50,00.

    Assim, no final das contas ganha o cliente e ganha o provedor, desde que haja um planejamento adequado. Na verdade o único que não ganha são as grandes Operadoras, que deixam de contar com a vantagem de possuir o monopólio sobre a venda dos links e com isso compensar a falta de gerência por parte deles.

    Há algum tempo estávamos muito defasados em relação à Teles no potencial tecnológico, pois posso dizer que há uns 03 anos não era fácil entregarmos um link de 1 Mega pra TODOS os clientes, mesmo que tivéssemos muito link sobrando, pois tínhamos muita limitação dentro da nossa própria rede local, que a maioria das vezes era em 2,4 Ghz, a qual na prática conseguíamos uns 4 megas por Interface, hoje em dia os equipamentos melhoraram a qualidade e conseguimos com facilidade trafegar 20 megas por interface, com equipamentos de baixo custo. Além disso ainda faltava experiência e conhecimento de nossa parte. Hoje em dia melhorou muito, estamos mais profissionalizados, e uma dos meios para essa melhoria é justamente este fórum, que é na verdade uma ferramenta de trabalho para quem trabalha com provedor no Brasil, nos ajuda a evoluir muito.

    Com essas melhorias dos equipamentos e também melhoria da nossa parte, como técnicos, vencemos uma etapa que nos colocava em desvantagem às operadoras, que era com relação à construção de nossa rede interna e estabilidade da rede.

    Mas em alguma coisas sempre estivemos muito a frente das operadoras, por exemplo, no quesito "Eficiência Administrativa", e principalmente na questão do atendimento ao cliente.

    Assim, fomos melhorando e ganhando força, sendo que atualmente, um dos únicos fatores que nos colocam em desvantagem em relação à operadoras é justamente o alto valor dos links, pois estão monopolizados.

    Por isso acredito, e devo mesmo acreditar, que o PNBL pode nos ajudar a quebrar esse monopólio. Afinal, se não for através dele o que mais é que vai fazer as Teles baixarem o preço dos Links?? Por boa vontade e camaradagem é que não vai ser...
    Até que enfim alguém centrado para debater com profundidade a questão. Coméntários sem sustentação e perguntas sem compromisso do pensar fecundam esse Forum. As pessoas querem a coisa pronta, feito mágica, e se da errado, a culpa é do governo, da crise, do´mundo ele nunca é o culpado. Nem bem saiu o PNBL, os chamados empresários do ramo, metem o pau e condenam tudo. Não tiram a bunda da cadeira para saber nada, para obter a informação, pra que??? Depois algum idiota me conta. Alguem aqui já entrou no site da ANATEL para debater as consultas públicas? Aposto que nem sabem o que é isso. Pois é. Conforme nosso amigo, altamente informado menciona lá em cima, "Isto é Brasil" Parabéns

  18. #38

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    Citação Postado originalmente por jocave Ver Post
    Caro amigo, não se trata de fé, trata-se de investimentos e muito trabalho. Você deve ser novo no ramo, pois saiba que tenho provedor de internet desde os tempos da internet discada. Lembro-me que cobrava R$ 30,00 pela conexão e um belo dia apareceu o IG que ofereceu a Internet de graça para todos. Então, encarei o problema de frente e fui buscar soluções com trabalho e muita imaginação, e a prova que consegui passar pelo fato é que estou aqui prestando serviços de internet até hoje. Sempre fui legalizado e sou contra tudo que não é. A licença SCM é a parte mais barata de um provedor de internet, mas os gatunos não se preocupam com isso. Querem dinheiro a custo fácil, sem trabalho, sem investimento, poluindo as frequências e prestando serviços de péssima qualidade. Estive na reunião e o preço por Mb ofertado para nós os provedores será de R$ 114,00, é um preço excelente e posso colocar quantos clientes eu quiser e criar pacotes que eu quiser desde que respeite as regras estabelecidas de DECLARAR 5 clientes a cada 2 Mb, basta isso. Só que para usufruir desse preço, precisa ter a licença SCM. As grandes Teles podem oferecer o serviço e vão fazer isso, agora, ou você se entra no esquema e vende 1Mb a R$ 35,00 ou voce vai fechar as portas. Mas não me venha com esse papo de LUTAR CONTRA se nem ao menos voce é legalizado. Tambem fomos informados que em breve, estará liberado as emissões de licenças para quem quiser prestar seviços de TV a cabo. Foi apresentado muitos modelos de negocios de TV a cabo e quanto vai custar retransmitir o sinal dos canais. Uma excelente oportunidade de negocios.
    Parabéns, amigo!
    Afinal vc participou de uma reunião deste nível, e isto prova o que venho dizendo desde o início aqui no forum a respeito deste assunto. Só estava esperando tal definição exposta a alguma associação que nos represente dirimindo todos as minúcias em termos de dúvidas e esclarecimentos. Vi uma matéria, e até divulguei num tópico parecido aqui, onde o presidente da telebras celebrou o primeiro contrato do PNBL, porem anunciando um valor de 230,00 por mega contratado. Então pode ser que isto possa derivar-se conforme a região atendida, correto. Mas se for 114,00 melhor ainda, pois já estava me preparando para comprar a 230,00.
    Por favor, se tem algum material que explane melhor tal encontro, contribua conosco aqui divulgando tal conteúdo de forma mais elucidativa possível, ok.
    Abraço.



  19. #39

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    Caro, Jocave! Teria alguma diretriz ou explanação em material divulgado resultante de tal encontro? Caso tenha, publique aqui ou passe-nos o link. Como estou cansado de dizer, aqui tem muita gente que so dá pitacos e torcem para que tudo dê errado, mesmo que dando tiros no próprio pé. Portanto vamos ao lado prático, onde quem não acha o PNBL interessante, não tem que se preocupar com tal assunto, e nós que estamos esperando os links acessíveis do PNBL procuremos centrar o foco nas questões práticas e analíticas do processo de adesão e disponibilidade, inclusive partindo por regiões contempladas inicialmente.
    Para eu e muitos outros que tem de pagar 1.780,00 por mega (telemar) será uma verdadeira LIBERTAÇÃO. Como já analisei e vi anteriormente, o pop mais próximo de mim onde passa a rede da ELETRONET fica a 130km, mas buscarei lá com todo prazer.
    Afinal se já estão definindo as metas, e já começaram a entregar tais links, uns amando ou outros odiando, para mim já não importa. O que importa, de fato, é que mesmo sendo rebatido desde o início em vários posts, agora para o meu benefício e o de muitos outros Brasil afora, vejo isto se tornando REALIDADE.
    Abraço.

  20. #40

    Padrão Re: PNBL Está chegando a hora.

    Bem amigos, acho que a melhor maneira, de sanar todas as dúvidas é fazer uma consulta direta. Segue então o contato que nos foi passado. Basta enviar um e-mail diretamente ao homem que ele vai te responder prontamente.

    Claudio Santana Larangeira
    Assessor
    Diretoria Comercial
    Telecomunicações Brasileiras S.A. -TELEBRÁS
    SCS Qd. 9, Bl B, Torre B, Sala 301 - Ed. Parque Cidade Corporate
    Brasília/DF - CEP 70308-200
    +55 61 2027 1804
    +55 61 9554 0421
    [email protected]